Em Jarinu 43% dos eleitores ainda não fizeram o cadastro biométrico no Posto Eleitoral

Quase 10 mil eleitores de Jarinu ainda não compareceram ao posto da Justiça Eleitoral, no Terminal Rodoviário, para fazerem o cadastro biométrico obrigatório para as próximas eleições. Quem não comparecer terá o título cancelado após o prazo. O município de Jarinu conta com 21.769 eleitores, sendo que apenas 12.252 fizeram à biometria.

A partir do dia 09 de Maio o Posto Eleitoral não poderá fazer o cadastramento biométrico devido ao período das eleições, previsto em Lei, retornando apenas dia 07 de novembro. De acordo com os responsáveis pelo Posto Eleitoral os eleitores procuram cada vez mais o Posto de Atendimento, porém ainda não é o número esperado pelo Órgão Federal.

Quem não se cadastrar poderá ficar impedido de assumir cargos públicos, ao prestar um concurso, fazer matrículas em universidades, tirar passaporte, ter o CPF cancelado, conseguir créditos em instituições financeiras, além de terem benefícios do governo suspenso até a regularização.

Para realizar à biometria o eleitor deve ter em mãos os seguintes documentos: Documento de Identificação oficial, dentro do prazo de validade: RG/CNH, título de eleitor e comprovante de endereço. No caso de eleitores do sexo masculino deverão apresentar o certificado de quitação militar (reservista).

Em Jarinu o Posto Eleitoral fica anexo ao Terminal Rodoviário, e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 17h, ficando aberto – também – na hora do almoço. O telefone é (11) 4887-2153.

GOLPE

O Posto de Serviço Eleitoral informa a todos os eleitores que algumas pessoas estão passando nas casas para pegar o título e fazer agendamento. Esse procedimento não esta ocorrendo por parte da Justiça Eleitoral e pode ser um golpe. Todo e qualquer agendamento deve ser feito pessoalmente ou através do site. Não se deve fornecer documentos pessoais a estranhos. É crime.

AGENDAMENTO

Para fazer o cadastro biométrico é necessário agendar comparecendo pessoalmente ao Posto de Serviço, no Terminal Rodoviário ou através do site do TRE. http://www.tre-sp.jus.br/eleitor/agendamento-titulo-eleitoral-3. Sem agendamento não há como ser realizado o atendimento.

, ,

NOTA OFICIAL 02 – Aos Servidores Municipais

A Prefeitura de Jarinu, prezando pela transparência e honestidade com os servidores municipais, como sempre fez, desde o início da gestão, INFORMA que com o esforço da equipe que trabalhou nesta semana de recesso do Executivo, conseguiu a liberação do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), e – sendo assim – a parcela do salário de dezembro que estava prevista para o dia 10 de Janeiro será antecipada para o final da tarde do dia 02 de Janeiro. Dessa maneira a segunda parcela – que estava prevista para o dia 16 de janeiro também será antecipada para o dia 10 de Janeiro.

Cabe ao bom administrador zelar pelos seus colaboradores, com transparência e lealdade, sem omitir fatos. Essas medidas, infelizmente, são necessárias em razão da queda de arrecadação e aumento da demanda de serviços públicos provocados pela maior crise econômica da história recente do país.

Caminhamos para dias melhores. Acreditamos num 2018 bem melhor que 2017, cortando despesas, ajustando déficit e trabalhando com responsabilidade, transparência e lealdade.

,

NOTA OFICIAL – Aos Servidores Municipais

A Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria Municipal de Finanças, informa a todos os Servidores Públicos que pagou nesta quinta-feira, dia 28/12/2017, o valor referente ao vale alimentação (Cartão Sodexo Alimentação) de todos os Servidores Municipais. Os salários dos servidores da Educação, acrescido das suas respectivas férias letivas também foram efetuados.

Os salários referentes ao mês de dezembro/2017, dos demais Servidores públicos serão pagos em 2 (duas) parcelas sendo a primeira em 10/01/2018 e a segunda em 16/01/2018.

Sabendo a crise que o Brasil, seguido do estado e dos municípios pequenos, tem enfrentado neste ano de 2017, a Prefeitura de Jarinu sempre trabalhou com transparência junto a população e ao funcionalismo, para isso tentou – da melhor maneira – aumentar a arrecadação com o Programa de Refinanciamento – PREFIS, que garantiu desconto nas contas atrasadas junto ao Fisco Municipal, dessa maneira garantiu, o pagamento do 13º integral a todos os Servidores, além do salário referente ao mês de Novembro.

Cabe ao bom administrador zelar pelos seus colaboradores, com transparência e lealdade. Dessa maneira, essas medidas são necessárias em razão da queda de arrecadação e aumento da demanda de serviços públicos provocados pela maior crise econômica da história recente do País.

Reiteramos que em nenhum momento deixaremos os nossos Servidores Públicos sem qualquer informação, assim como fizemos desde o início quando voltamos o pagamento para o último dia útil do mês, e honrando com o 13º integral neste mês.

Não mediremos esforços para, sendo possível, antecipar as datas de pagamento das parcelas. Caminhamos para dias melhores. Acreditamos num 2018 bem melhor que 2017, cortando despesas, ajustando o déficit e trabalhando com responsabilidade, transparência e lealdade.

,

Prefeitura estabelece recesso administrativo

De acordo com o Decreto n.º 2.904, de 01 de dezembro de 2017, a Prefeitura de Jarinu “estabelece recesso administrativo no período das festas de final do ano de 2017 e dá outras providências”

Esse é o período que as Prefeituras encerram as atividades para o público porém continuam em atividades internas, com balanço de documentos e fechamento do período de 2017 contábil administrativo.

O Decreto ainda regula em seu Artigo 1º que “o Recesso administrativo será compreendido entre o período de 26 a 29 de dezembro de 2017”. As atividades retornam normalmente ao público, no dia 02 de Janeiro de 2018 a partir das 09h.

Os dispostos no Decreto não se aplicará aos serviços considerados essenciais e que não podem sofrer interrupção.

Download do Decreto ► DECRETO 2904-2017 (Recesso Administrativo 2017)

, ,

Câmara devolve R$ 700 mil para Prefeitura

Sobra do orçamento será utilizada para 13º salário dos servidores

Os vereadores de Jarinu se reuniram na manhã da segunda-feira, dia 11, para formalizarem a devolução da sobra dos duodécimos de 2017, parcela mensal que o Legislativo recebe do Executivo para custear suas despesas – no valor total de R$ 700 mil reais. O montante será empregado no pagamento do 13º dos servidores municipais.

De acordo com o Presidente da Câmara, Roberto Antonucci, o valor devolvido faz parte dos esforços que a Casa Legislativa fez para ajudar o Executivo nesse momento de crise que a cidade se encontra. “Sabemos da dificuldade do Executivo na realização das demandas solicitadas, por esse motivo economizados durante os meses do ano, deixamos de realizar algumas atividades, para ajudar a Prefeitura”, afirmou Antonucci em nome de todos os vereadores.

Para a chefe do Poder Executivo, Eliane Lorencini, o valor devolvido chega no momento certo. “Esse valor que a Câmara nos devolve chega no momento certo para colocarmos no montante que ajudará no pagamento do 13º salário dos servidores. Estamos com déficit financeiro na Administração que veio se arrastando ao longo do ano, por isso somos gratos ao Legislativo por entender nossa preocupação e – claro – a necessidade e nos ajudar”, finalizou.

, ,

Prefeita e Vereadores definem reajuste salarial e aumento no vale alimentação

Além do reajuste que faz parte do índice inflacionário, servidores terão aumento no vale alimentação.

Diante do atual cenário de crise vivido pelo País, sabido que – praticamente – 98% dos municípios brasileiros estão com dificuldades financeiras, a Prefeita Eliane Lorencini, ao lado do vice Cláudio Catroque, reuniu os vereadores na última segunda-feira, dia 11, para definirem o reajuste salarial, que nesse ano poderia ser apenas dentro do índice inflacionário de 1,83%, e aumento do vale alimentação destinado através do cartão magnético, passando de R$ 243 para R$ 328 reais a partir do pagamento de fevereiro de 2018.

“Sabemos que é muito pouco perto do que queremos aumentar, pois os funcionários são as peças fundamentais dentro da administração pública que devemos valorizar, porém estamos fazendo o máximo para que esse reajuste aconteça e, dentro da Lei de Responsabilidade, é o que podemos fazer no momento. Não é um aumento de salário é um reajuste inflacionário”, destacou Eliane Lorencini, na presença do vice-Prefeito, dos vereadores e do Presidente da Câmara de Jarinu.

Ainda de acordo com a Chefe do Executivo o benefício do vale alimentação não sofre reajuste, mas terá um aumento, aprovado por Lei, pelos nossos vereadores, no valor de R$ 85,00 a mais, ou seja, Eliane Lorencini destaca que a Lei começa a vigorar em Janeiro de 2018 e o primeiro crédito com reajuste de 35% acontece em fevereiro, sendo R$ 328,00. Ela ainda frisa que “a Prefeitura está agindo com responsabilidade, de forma a não comprometer o pagamento dos funcionários, e o benefício do Vale Alimentação.

Antes do término da reunião a Prefeita agradeceu a compreensão da Casa de Lei, representada pelos vereadores, além do acompanhamento das demandas da Prefeitura. “Esse ano foi muito difícil para a Administração Pública, e não falamos no tom de desculpas para população, mas passamos um ano inteiro pagando débitos atrasados, o que comprometeu o orçamento deixado na gestão passada. Esperamos um 2018 de muitas alegrias e de novas conquistas.”, finalizou.

COMUNICADO: VR Alimentação

A Prefeitura de Jarinu comunica todos os servidores que o crédito do Vale Alimentação já foi efetuado nos respectivos cartões.
Departamento de Recursos Humanos
Secretaria de Administração Geral

COMUNICADO vale alimentação

A Prefeitura de Jarinu comunica todos os funcionários que EXCEPCIONALMENTE neste mês de Dezembro/2017, o vale alimentação será creditado no dia 10 de Dezembro. A Secretaria de Finanças tem trabalhado constantemente para deixar todos os pagamentos em dia, sem prejudicar o andamento da máquina pública. Por essa questão, em nome da municipalidade, pedimos desculpas a todos os colaboradores concursados e comissionados, lembrando que dia 10 haverá o crédito. O pagamento referente ao mês 11/2017 já foi creditado no último dia 30 de novembro. Informações (11) 4016-8200

Prefeitura de Jarinu

01/12/2017

,

Prefeitura concede redução de 100% em multas e juros de débitos municipais

Entre dívida ativa e ajuizada os débitos chegam a R$ 55 milhões.

Os contribuintes que estão em débitos com a Prefeitura de Jarinu poderão quitar seus impostos e ficar em dia com o município. A Lei n.º 2.048, sancionada pela Prefeita Eliane Lorencini, em 31 de outubro de 2017, concede desconto de 100% no valor dos juros e multas de impostos municipais inscritos ou não na dívida ativa.

De acordo com a Prefeita de Jarinu a medida de pagamento dos débitos se faz necessária devido a situação em que o setor público se encontra, dentro do exercício de 2017, proporcionando a facilidade no pagamento de quem se tornou inadimplente, permitindo a recomposição dos cofres municipais. “Estamos num momento de crise muito grande. Herdamos uma dívida de aproximadamente R$ 49 milhões, metade do nosso orçamento, principalmente com fornecedores. Com a redução teremos como quitar parte das dívidas e deixar a Prefeitura ‘respirar’ normalmente, dando continuidade a setores primordiais como a Saúde”, enfatizou.

Para a secretária de Finanças, Marilsa Lorencini, a situação de crise em que o município se encontra fez com que a Prefeitura fizesse à redução dos juros e multas. “É o que fará aumentar a arrecadação da cidade, nesse momento de crise, além da possibilidade que o contribuinte tem de regularizar os débitos, evitando que caiam, novamente, na execução fiscal da Dívida Ativa.

COMO TER O BENEFÍCIO?
Para participar do Programa de Recuperação Fiscal – PREFIS o contribuinte que esta em débito com a municipalidade receberá a partir do dia 10 de novembro, em sua residência, através do endereço cadastrado no setor de Tributos da Prefeitura, o boleto para pagamento da parcela única (à vista), e vencimento até 08/12/2017, com 100% de descontos em juros e multas.

Se o contribuinte optar pelo pagamento com 70% de descontos, o pagamento do boleto poderá ser feito, à vista, até 20 de dezembro, como segunda opção. Para a primeira e segunda opção não precisa comparecer na Prefeitura. O boleto será enviado para a casa do contribuinte que esta em débito.

Já a terceira opção concede 10% de desconto em juros e multas, e pode ser parcelado em até 06 (seis) vezes o valor total, porém o contribuinte deverá comparecer no Paço Municipal, das 09h às 16h, para receber o boleto. A Prefeitura lembra que para efetuar o parcelamento é necessário comparecer a partir do dia 10 de novembro a 08 de dezembro de 2017.

De acordo com o Artigo 8º, da referida Lei, a quitação da primeira prestação do parcelamento implica na adesão ao Programa de Recuperação Fiscal – PREFIS, na expressa e irrevogável confissão de dívida e desistência de recursos administrativo.

IMPORTANTE LEMBRAR
Quem tem dívida ajuizada, no Fórum, depois de receber o boleto e fazer a quitação da dívida, deverá procurar a Prefeitura para fazer a Guia de Recolhimento DARE – Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais – que é paga para o Estado retirar e extinguir o processo judiciário de execução fiscal.

TENHO DÍVIDAS COM IPTU, ISS E TAXAS, DEVO PARTICIPAR?
Se você tem pendências com a Prefeitura agora é o momento de participar do Programa de Recuperação Fiscal, pois não haverá mais redução prevista para os próximos três anos. Com desconto de 100% de multas e juros, você será o grande beneficiado e ajudará a Prefeitura aumentar a arrecadação.

NÃO RECEBI O BOLETO ATÉ 17 DE NOVEMBRO de 2017
Se você não recebeu o boleto até 17 de novembro procure a Prefeitura de Jarinu, na Praça Francisco Alves de Siqueira Júnior, 111 – Jardim Saúde, no setor de Tributos, ou ligue para (11) 4016-8200 e peça para falar com no setor de Tributos. Também poderá enviar e-mail para iptu@jarinu.sp.gov.br

QUERO PARCELAR, COMO FAÇO?
O parcelamento poderá ser feito diretamente no balcão da Prefeitura de Jarinu até o dia 08 de dezembro de 2017. O parcelamento dará apenas 10% de desconto em juros e multas, e pode ser feito em até 06 vezes.

POSSO PAGAR À VISTA?
O contribuinte poderá pagar à vista em duas modalidades: Com o primeiro vencimento até 08 de dezembro de 2017, tendo 100% de descontos em juros e multas, ou a segunda opção à vista até 20 de dezembro, com 70% de abatimento em juros e multas

Informações:
Telefone (11) 4016-8200
E-mail iptu@jarinu.sp.gov.br
Paço Municipal – Setor de Tributos

,

Jarinu sobe para o ‘Grupo 1’ no Índice Paulista de Responsabilidade Social

Prefeita recebeu os cumprimentos do Presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris

Mais do que responsabilidade fiscal é a responsabilidade social com a população. Esse é o princípio fundamental da transparência e de sinônimo de que a gestão esta no caminho certo. Por esse motivo, na quarta-feira, dia 18, na Câmara dos Vereadores de Campinas, a ALESP lançou o Índice Paulista de Responsabilidade Social – IPRS, e a Prefeita Eliane Lorencini, de Jarinu, esteve presente para receber os cumprimentos e aplausos por Jarinu estar no Grupo 1, entre as cidades da Região Administrativa de Campinas.

De acordo com a Prefeita de Jarinu, o IPRS é como o IDH, pensado e adaptado as especificidades do município, sendo uma comparação saudável do município, e do território, em três dimensões: riqueza, escolaridade e longevidade.

“Essa é a nona edição ano. O conjunto dos dados apresentados nos mostra que estamos no caminho certo, investindo de maneira adequada e saudável, garantindo qualidade nos três fatores analisados, deixando Jarinu no Grupo 1”, disse Eliane Lorencini

Jarinu estava no Grupo 4, agora estamos no Grupo 1. Em síntese é possível afirmar que Jarinu teve seus indicadores agregados de riqueza e escolaridade crescentes, em oposição à queda na longevidade. Em termos de indicadores sociais, o escore de longevidade situou-se abaixo do nível médio, enquanto o de escolaridade superou a média estadual, em 2014.

Para finalizar, a Chefe do Executivo disse que estava muito feliz ao saber que os indicadores mostram uma cidade em crescimento ordenado. “A taxa de atendimento escolar de crianças de 4 e 5 anos manteve-se em 100%, e a média de proporção de alunos do 5º ano do ensino fundamental da rede pública, que atingiram o nível adequado nas provas de português e matemática, cresceu de 35,9% para 45,8%. Temos que comemorar, pois nossa cidade adicionou pontos em seu escore de escolaridade e, em consequência, o indicador agregado situou-se acima do nível médio do Estado”, finalizou.

IPRS

O Índice Paulista de Responsabilidade Social – IPRS -, é produzido pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, através do Instituto do Legislativo Paulista – ILP, juntamente com a Fundação Seade. O IPRS trata-se de uma estratégia ferramenta para avaliação e planejamento da gestão pública.

“Criado há 16 anos o indicador nasceu com incumbência, nada modesta, de mensurar o grau de desenvolvimento humano de todos os municípios paulistas. Assim sendo, era fundamental que se levasse em conta aspectos econômicos, mas não apenas: dimensões relativas à qualidade de vida das pessoas, vida social e envelhecimento também precisavam ser considerados”, disse Dalmo Nogueira Filho, diretor executivo da Fundação Seade.