Prefeitura e Senar realizarão cursos de qualificação profissional

Entre os cursos estão Turismo Rural, Apicultura, Pedreiro e Proer

Promover a qualificação profissional do pequeno produtor rural, e daqueles que querer saber como é a vida no campo, é um dos objetivos da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Jarinu que – em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – promoverá quatro cursos entre Fevereiro e Março.

O primeiro curso, que ocorre dia 26 de fevereiro e trata da sensibilização e do conhecimento sobre o assunto será o de Turismo Rural (primeira fase), com o objetivo de gerar, ao pequeno produtor rural, oportunidades de negócios no meio rural com os conceitos e modalidades turísticas.

Responsável pelos cursos, Nilde Ferrara, destacou prioridade aos produtores rurais

Em seguida, no dia 02 de Março, ocorre a sensibilização do curso de Apicultura, com a finalidade de trazer ao homem do campo técnicas de como implantar um apiário utilizando-se de equipamentos e técnicas apropriadas. Além disso, um dos objetivos é fazer com que agregue valor aos seus rendimentos proporcionando melhor qualidade de vida aos seus familiares.

Entre os dias 05, 06 e 07 de Março será oferecido o curso de Pedreiro Módulo I – Locação de Obra, fazendo com que o produtor economize com a mãos de obra e ainda adquira conhecimento que possibilite ter uma outra profissão para os tempos de entressafra.

Por fim, ainda em Março, mas somente no dia 26, acontece o curso PROER – que visa levar ao produtor uma visão empresarial de seu empreendimento, auxiliando-o no planejamento estratégico da sua empresa rural, e elaboração de projetos agropecuários de investimento de capital.

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Já um dos principais objetivos é assistir o pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente promoverá outros cursos durante o ano e, desde que iniciou em Jarinu, sempre teve turmas lotadas.

O endereço para inscrição é rua Contarini, 283, no bairro Trieste. O telefone de contato (11) 4016-3843 ou através do e-mail agricultura@jarinu.sp.gov.br para mais informações. Para inscrição é necessário ter 16 anos ou mais, e documentos pessoais.

Secretaria de Agricultura informa agenda de cursos

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR – a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente oferece diversos cursos para qualificar, não somente o trabalhador rural, mas todos aqueles que sensibilizam pelo assunto.

Confira cronograma de cursos ► Agenda de Cursos

Informações ligue para (11) 4016-3843 – agricultura@jarinu.sp.gov.br

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Rua Contarini, 283 – Trieste

Jarinu/SP

,

Prefeita inaugura Ecoponto na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Acompanhada do vice-Prefeito Cláudio Catroque e do Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Carvalho, a Prefeita Eliane Lorencini inaugurou na segunda-feira, dia 29, na Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente o primeiro ponto de reciclagem ambiental do papel Kraft.

De acordo com a Prefeita, que sancionou a Lei Municipal n.º 2.054 de 06 de dezembro de 2017 sobre a criação do Programa de Reciclagem Ambiental do Papel Kraft, em embalagens tipo sacos de cimento e similares, o objetivo do programa é tirar do meio ambiente esse material e dar uma destinação correta.

Prefeita, Vice e Secretário inauguraram o Ecoponto ao lado dos representantes da empresa que fará a coleta

“Somos a primeira cidade do Brasil a receber a certificação Green Friendly Construction, ou na tradução livre “construção verde e amigável”. Temos que dar um destino para o saco de cimento e similares, e é isso que vamos fazer. Imagine quantos sacos não são queimados ou enterrados no meio ambiente? Não queremos isso para nosso futuro”, disse.

Cláudio Catroque também falou sobre o Projeto dizendo que será um benefício para todos. “Estamos numa luta constante para defender o meio ambiente e esse programa de reciclagem chegou na hora certa”.

Para o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Carvalho, a partir da inauguração haverá conversas com os empresários, profissionais liberais, autônomos, pedreiros, para que façam o descarte corretamente e apoiem a iniciativa. “Queremos que em um curto prazo de tempo as empresas que usam cimento para confecção dos produtos estejam entregando as embalagens no Ecoponto. Vamos conscientizar as fábricas de blocos, empresários, pedreiros, grandes e pequenos empreendedores”.

Ao lado da Prefeita, do Vice e do Secretário, estavam presentes os representantes da empresa, detentores do projeto e da certificação GFC, entre eles Felipe Marcon.

ECOPONTO

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Rua Contarini, 283 – Trieste

(11) 4016-3843

, ,

Prefeitura e Senar formam 1ª turma de Turismo Rural

Formandos promoveram Festival Cultural e Gastronômico

Com o objetivo de fortalecer cada vez mais o turismo rural, mostrando o que a cidade tem de melhor a Prefeitura de Jarinu, juntamente com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, formou na quinta-feira, dia 30, a 1ª turma do curso de Turismo Rural, que aproveitam a ocasião para, sendo avaliados, promoverem o Festival Cultural e Gastronômico. As aulas foram ministradas por profissionais gabaritados, cujo objetivo foi de capacitar os interessados na área.

Expositores, comerciantes e produtores rurais mostraram para os convidados o que Jarinu oferece ao público: do artesanato ao turismo de bike, agência de ecoturismo, alimentação, uma infinita variedade que esta a serviço, não só da população, mas também dos turistas.

“Esse curso foi uma oportunidade para promovermos o turismo rural em nossa cidade, mas – além disso – divulgar o trabalho do homem do campo. Tivemos vários expositores, comerciantes e produtores mostrando seu trabalho. Isso nos orgulha muito. Vender o que produzimos em nossa terra e, com o Turismo Rural, será muito mais fortalecido”, disse Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu, além de agradecer ao Senar e sua equipe pelos diversos cursos ministrados no município qualificando, cada vez mais, o homem do campo”.

Para Jan Slatohlavek, aluno do curso, e um dos responsáveis pelo cronograma das atividades “o evento foi totalmente elaborado pelos próprios formandos que também puderam atuar no dia da formatura, sendo avaliados pela instrutora”.

Cláudio Catroque, vice-Prefeito, ao lado da Prefeita, pediu aos formandos que não desistam e nunca desistam dos principais objetivos que se propuseram. “Temos que avaliar como foi o curso e, daqui para frente, colher todas as sementes que plantamos. Hoje é uma semente, um broto, amanhã temos que colher esse fruto. Isso dependerá de cada um de nós”.

Já o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Carvalho, além de agradecer em especial sua auxiliar Nilde Ferrara, responsável pelo Senar em Jarinu, disse que “temos que colher os frutos da nossa terra”. Carvalho também motivou a todos para que não desistam de seus objetivos.

A cerimônia também contou com a participação do Secretário de Cultura, Turismo e Lazer, Rosiney Gesualdo, que parabenizou toda equipe, do Grupo Folklorístico Stella Bianca, que abrilhantou, ao lado do grupo reflorescer da Terceira Idade, o evento. A equipe da Romaria também contou sua história recheada de tradições, além dos vereadores do município.

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Meio Ambiente orienta quanto ao descarte de água servida

A Prefeitura de Jarinu, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, juntamente com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, pede a toda população uma conscientização relativa ao descarte das águas servidas que são lançadas diretamente nas ruas (pavimentadas ou não), ou em ligações diretamente nas galerias de águas pluviais.

Todas as residências têm água servida oriunda de lavagem de roupas, louças e dos banhos. Se for tratada, a fim de se remover a maior parte do conteúdo de sabão, toda esta água pode ser usada para irrigação de gramas e jardins. O uso de água servida pode ser simplesmente das residências ou empresas.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, é necessário a fiscalização e a denúncia desses casos para diminuir, principalmente, focos do mosquito Aedes Aegypti (mosquito proliferador do vírus da Dengue). A Lei Ordinária n.º 1947 de 05 de fevereiro de 2014, dispõe em seu Artigo 31, capítulo 5, seção III “Da Poluição de Águas”, no item II “é proibido lançar condutor de água servida ou efluente cloacal ou resíduos de qualquer natureza nos lagos, represas, açudes, arroios, poços superficiais ou em qualquer via pública”. Dessa maneira evita a proliferação de insetos.

A Secretaria de Meio Ambiente tem recebido diversas denúncias de moradores relatando o caso. A destinação correta da água servida é aquela em que há canalização direta para fossas sépticas, ou para uma rede de esgoto, se houver. A intenção da Prefeita é manter uma cidade cada vez mais limpa, por isso tem atuado junto à Sabesp para que inaugure, o mais rápido, a nova estação de tratamento.

Construção de fossas sépticas

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente orienta a população para que evitem sofrer penalidades contidas na Lei, construindo fossas sépticas, de acordo com o regulamento, bem como faça o tratamento da fossa. Caso o morador tenha dúvidas, baste se dirigir no órgão gestor para serem sanadas, ou ligar para (11) 4016-3843.

Limpeza de fossas

Fabiana Garutti, secretária de Desenvolvimento e Assistência Social informou que a Secretaria realiza limpeza de fossas para os moradores, porém é necessário fazer um cadastro, em seguida receberá as orientações necessárias, a visita de um Assistente Social para verificação do local, se necessário do Fiscal do Meio Ambiente, e a aprovação do serviço. Para mais informações é necessário ligar para (11) 4016-5577.

Imagens: Meio Ambiente

Prefeitura de Jarinu e Senar realizarão cursos de qualificação profissional

Entre os cursos estão de Minhocultura, Jardinagem e Orquídeas no mês de novembro

Promover a qualificação profissional do pequeno produtor rural, e daqueles que querer saber como é a vida no campo, é um dos objetivos da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Jarinu que – em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – promoverão mais três cursos no mês de novembro.

O primeiro curso é de Minhocultura, que acontecerá entre os dias 06, 07 e 08 de novembro. Em seguida é a vez do curso de Jardinagem – Implantação de Jardim, nos dias 07, 08, 09 e 10 de novembro, e por fim o curso de Orquídeas, entre os dias 20 e 22 de novembro.

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Já um dos principais objetivos é assistir o pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente promoverá outros cursos durante o ano e, desde que iniciou em Jarinu, sempre teve turmas lotadas.

O endereço para inscrição é rua Contarini, 283, no bairro Trieste. O telefone de contato (11) 4016-3843 ou através do e-mail agricultura@jarinu.sp.gov.br para mais informações. Para inscrição é necessário ter 18 anos ou mais, e documentos pessoais.

Secretaria de Agricultura abre vagas para cursos no 2º semestre

Pensando cada vez mais na qualificação dos produtores rurais e de toda população a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, da Prefeitura de Jarinu, abriu nesta semana vagas limitadas para cursos que serão ministrados neste segundo semestre de 2017. Entre os cursos oferecidos estão manejo, trato culturais e colheita na fruticultura básica, plantio para viveirista, implantação de jardim para jardineiros e reforma e manutenção de jardim também para jardineiros.

De acordo com Nilde Ferrara, responsável pelos cursos, oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR, um dos principais objetivos é assistir ao pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho.

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

O endereço para inscrição é rua Contarini, 283, no bairro Trieste. O telefone de contato (11) 4016-3843 ou através do e-mail agricultura@jarinu.sp.gov.br para mais informações. Para inscrição é necessário ter 18 anos ou mais, e documentos pessoais.

CRONOGRAMA 2º SEMESTRE

FRUTICULTURA BÁSICA – MANEJO, TRATOS CULTURAIS E COLHEITA  

DIAS: 20, 21 e 22 de setembro de 2017

VIVEIRISTA – HORTICULTURA – PLANTIO – MÓDULO I 

DIAS: 11, 12 e 13 de setembro de 2017

JARDINEIRO – IMPLANTAÇÃO DO JARDIM 

DIAS: 07, 08 e 09 de novembro de 2017

JARDINEIRO – REFORMA E MANUTENÇÃO DE JARDIM 

DIAS: 05, 06, 07 e 08 de dezembro de 2017

Secretaria de Agricultura presta homenagem ao Produtor Rural – 28 de Julho

Nesta sexta-feira, dia 28 de Julho, é comemorado em todo o país o Dia do Agricultor, por esse motivo, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Prefeitura de Jarinu, presta sua homenagem a todos os produtores e agricultores do município de Jarinu que – diariamente- dedicam o seu trabalho para que todos tenham garantido seu alimento na mesa.

De acordo com José Carvalho Pinto da Silva, secretário da Pasta de Agricultura, o produtor rural é um dos mais relevantes serviços prestados à sociedade. “É o homem do responsável por prestar o serviço mais relevante, dentro do seu contexto, para sociedade. Ele acorda cedo para plantar e colocar alimento na mesa de todo cidadão. É nele que colocamos todas as expectativas, e para ele nossos agradecimentos”.

Já a prefeita Eliane Lorencini destacou que o produtor “tem as mãos que alimentam a mesa”. Com essa frase ela diz resumir todos os serviços prestados pelo Produtor Rural ao povo Jarinuense e muito mais que isso, para nossa região e até outros países, com as exportações.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente presta diversas atividades a população Jarinuense, entre eles a Patrulha Rural, atendendo todos os produtores com trabalho de roçagem, manutenção da terra, e muito mais, além da análise gratuita do solo e de folhas. Para mais informações ligue (11) 4016-3843

Agricultores de Jarinu prestigiam 24ª Hortitec em Holamba

Com o apoio da Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, produtores rurais de Jarinu estiveram na cidade de Holambra para participarem da 24ª Hortitec – Feira Agrícola.

A HORTITEC reúne produtores, profissionais e técnicos dos setores de horticultura e fruticultura. O evento conta com as ultimas novidades em tecnologia de máquinas e equipamentos, bem como  novas tendências para o cultivo protegido de culturas intensivas.

 

Alunos da Rede Municipal recebem palestras e plantam árvores na Semana Mundial do Meio Ambiente

Conscientizar para garantir um futuro melhor é o objetivo da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Jarinu. Sendo esse o foco utilizado no Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 05 de Junho.

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Carvalho “informar as crianças é garantir um futuro melhor para as novas gerações, pois crescem sabendo o que podem e o que não podem fazer”, destacou.

Ainda durante a Semana os alunos da Rede Municipal receberam orientações através de palestras realizadas pela Engenheira Ambiental da Prefeitura, Beatriz Bonfim, que destacou principalmente a quantidade de lixo que são despejados no Meio Ambiente e que não ficam no lugar, mas percorrem quilômetros de distâncias prejudicando o ambiente.

Engenheira Ambiental palestrou sobre assuntos voltados ao Meio Ambiente, e explicou que a sala de aula também faz parte do Meio Ambiente

Na segunda-feira, dia 05, a convite do vereador Chikinho Lava Kar, os alunos da Escola Pilar Bonas estiveram na Rua Lucrécia Valério para realizar plantio de árvores frutíferas garantindo uma arborização no canteiro local. Para o vereador é uma maneira de incentivar os jovens a cuidarem do que é deles.

Alunos da Escola Pilar plantaram cinco mudas, na rua Lucrécia Valério, a convite do vereador Chikinho Lava Kar

 

Já, na quinta-feira, representando todos os alunos da Rede Municipal, a EMEF Rodolpho Soranz plantou um pé de pitanga, que levará um ano para começar dar frutos. O plantio contou com a presença da Prefeita Eliane Lorencini, do vice Cláudio Catroque, do secretário de Agricultura José Carvalho, e de Educação, Érica Silveira Lorencini Batistel.

“Temos que incentivar nossas crianças, e principalmente sermos incentivados por elas, para evitar o desperdício utilizando alternativas estratégicas, como plantio e reflorestamento de diversos pontos da nossa cidade”, finalizou Eliane Lorencini.

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

O dia 5 de junho foi escolhido pela ONU para ser a data em que a preocupação do meio ambiente seja a principal atividade. Criada em 1972, a comemoração foi assinada durante a abertura da Conferencia de Estocolmo sobre o tema, junto com outra resolução que criava o Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas.