Professores da Rede Municipal têm palestra com especialista

Valdete Zorate falou sobre Gêneros com os professores durante Horário Pedagógico

Foi realizado no último dia 04 de outubro, para os professores da Rede Municipal de Ensino de Jarinu, durante o HTPC – Horário de Trabalho Pedagógico – palestra com a especialista professora Valdete Zorate, sobre sexualidade e gêneros, com o objetivo de discutir – de forma clara – o assunto e transforma-lo em conteúdo pedagógico para ser tratado em sala de aula.

Durante a troca de experiências vivenciadas dentro da sala de aula entre os professores, a Especialista argumentou que “A Lei orienta que as escolas eduquem as crianças para que a responsabilidade das tarefas domésticas seja do casal, e que tal atribuição não afetará a masculinidade de ninguém. Nenhum filho será influenciado em seus comportamentos sexuais, se os pais fizeram-no lavar uma louça, varrer uma casa ou limpar seu quarto”.

Ao concluir, a professora Valdete Zorate frisou “se educarmos as crianças para a aceitação do outro, em sua essência, em sua forma de ser, se as educarmos para se colocarem no lugar dos outros, em seus conflitos e emoções, estaremos capacitando-as para serem profissionais do futuro”.

, ,

Obras da creche escola no Maracanã estão em ritmo avançado

Unidade Escolar contará com 12 salas de aula e 1.510,23 m² de área construída

A Prefeita Eliane Lorencini esteve na última semana, acompanhada do vice Prefeito Cláudio Catroque, no canteiro de obras da escola de educação infantil, creche escola, no bairro Maracanã. Na ocasião não foram encontradas irregularidades, e a prefeita parabenizou os responsáveis pelo ritmo do trabalho.

Segundo a chefe do Executivo “esta é uma grande obra que a Prefeitura pretende entregar antes do prazo.  Além disso, a Prefeita destacou que a construção dessa Unidade é para atender a demanda, não só do bairro, mas de toda região do Maracanã.

Durante a vistoria, juntamente com o Vice Prefeito, a Prefeita caminhou pela obra, com os engenheiros responsáveis, verificou se os procedimentos estavam sendo seguidos de acordo com o projeto, e solicitou que fosse feito imagens para arquivo no caso de futuras averiguações.

“Essa é uma conquista para o município. Toda cidade ganha e não apenas o bairro. Os alunos que hoje, por um motivo ou outro, se descolam para outras unidades, não irão mais precisar, quando a Escola for entregue”, finalizou Catroque.

A Unidade Escolar de Educação Infantil Tipo I, do Governo Federal, desenvolvido para o Programa Pro-infância, terá capacidade para atender até 396 crianças em dois turnos, e 188 em período integral, distribuída nas faixas etárias de 0 a 5 anos e 11 meses, da seguinte forma: Creche I- 0 até 11 meses; Creche II – 1 ano até 1 ano e 11 meses; Creche III – 2 anos até 3 anos e 11 meses, e Pré-escola para crianças de 4 até 5 anos e 11 meses.

Festa da Primavera foi comemorada com apresentações dos alunos da Rede Municipal

A Secretaria de Educação de Jarinu, através das EMEF´s Maria de Lourdes Negri de Oliveira, Julio Squizato, Oriella Sitio da Vovó, Julio Squizato, e das creches Maria Augusta, Antonio Pintor Galdeano e Gilberto Contesini, realizou no sábado, dia 07 de outubro, a Festa da Primavera, com o objetivo de aproximar – cada vez mais – a comunidade do núcleo escolar.

Durante o evento, os alunos fizeram apresentações musicais e de dança, além de encenações, com temas alusivos à Primavera. “É um momento de recepcionar a comunidade e trazê-los para o ambiente escolar”, disse Erica Silveira Lorencini Batistel, secretária de Educação de Jarinu.

Eliane Lorencini, prefeita municipal, acompanhou, juntamente com a secretária de Assuntos Parlamentares, Fátima Lorencini, as apresentações em todas as unidades escolares e manifestou sua alegria em ver o trabalho de todos os professores, diretores e funcionários das escolas.

“É um alegria ver o trabalho vocês (funcionários da escola), sendo realizado. O empenho das crianças mostram o quanto devemos trabalhar em prol de uma educação incentivadora. Parabenizo todos pelo carinho que tratam as crianças do nosso município”, disse a Prefeita.

O Grupo Folklorístico Stella Bianca também participou das comemorações nas escolas municipais emocionando, juntamente com o coral da EMEF Oriella, o público presente com as canções italianas executadas pelas crianças do idioma italiano. “A arte não pode ser deixada de lado, nem esquecida. Tradição se passa de pai para filho, é em casa que se aprende. Com isso temos aqui o resultado. Que nunca deixem morrer essa tradição”, afirmou Jederson Machado, maestro e professor de música.

A professora Erica Silveira Lorencini Batistel, e secretária de Educação, agradeceu a todas as escolas que realizaram o evento, algumas com o título de “Festival do Sorvete”, e a todos os funcionários envolvidos, além da presença da equipe da Ronda Escolar, da Guarda Municipal de Jarinu. “Não podemos esquecer que algumas escolas já fizeram suas festas, no mês passado, e isso não impede de agradecermos da mesma maneira. Estão todas as equipes de trabalho de parabéns”, finalizou.

, ,

EMEF Pedro Ferrara é invadida por vândalos e tem sala de aula queimada

Cerca de 500 alunos ficaram sem aula na segunda-feira, dia 25.

Na manhã do sábado, dia 23, os Guardas Municipais de Jarinu foram acionados para conter um foco de incêndio que testemunhas tinham visto numa das salas de aula da EMEF Pedro Ferrara, na Vila Primavera, em Jarinu. Ao chegarem se depararam – não com um foco, mas realmente com um incêndio que já havia destruído boa parte da sala.

“Os Guardas tiveram que arrombar a porta da sala e apagar o fogo, em seguida chamamos pela Defesa Civil que nos auxiliou e interditou o local”, disse Alexandre Garcia, comandante da GCM, que não descartou a possibilidade do incêndio ser criminoso. Já, de acordo com Thiago Buckvieser, da Defesa Civil, os agentes estiveram de prontidão, avaliaram e fizeram o laudo para ser entregue nas investigações. “Agradeço o empenho de todos os agentes e da GCM, no combate ao incêndio”.

Cadeiras, armários, carteiras e todo material didático utilizado nas aulas da Educação Infantil integral foram perdidos no incêndio, além dos trabalhos dos alunos e a dedicação de um semestre inteiro.

Na segunda-feira, dia 25, as aulas precisaram ser suspensas nos dois períodos para que a perícia e a manutenção da energia fosse reestabelecida. Cerca de 500 alunos deixaram de ir para escola. “Infelizmente temos que cancelar as aulas hoje. Não é o que gostaríamos, pois sabemos que os pais trabalham, mas não temos o que fazer, pois boa parte da merenda foi perdida enquanto estivemos sem a energia elétrica”, relatou a secretária de Educação, Erica Silveira Lorencini Batistel.

Ainda de acordo com a Secretária Municipal de Educação os 15 alunos que frequentam período integral, na sala incendiada, estão sendo transportados até a EMEI Durvalina Brossi Pauletto, no bairro Água Preta, distante 2 km da unidade prejudicada. “Imediatamente já solucionamos o problema. Os monitores acompanham nossos alunos, com todo cuidado, no transporte escolar municipal, até a escola mais próxima no bairro Água Preta. Ninguém terá prejuízo no conteúdo pedagógico”, reafirmou.

Durante a semana os funcionários da manutenção escolar trabalharam nas salas de aula da EMEF Pedro Ferrara reestabelecendo a energia elétrica, além da troca do quadro de energia, que estava na sala incendiada e precisou ser trocado de local.

“Sentimos muito com quem fez tudo isso, pois quem perde são os alunos. O responsável pelo incêndio não pensou nas 500 crianças que estudam aqui”, finalizou Erica Silveira Lorencini Batistel.

,

Alunos da EE Jerônimo de Camargo têm momento de interação com a Terceira Idade

Enquanto muitas cidades não têm a devida estrutura para promover a inclusão do Idoso, Jarinu sai na frente e mostra que esse quesito é dispensável quando se trata do assunto, pois o que não falta são atividades para Terceira Idade.

Por esse motivo, em comemoração à Semana Nacional do Idoso, e como parte curricular da disciplina de Filosofia, os alunos do segundo ano médio, da EE Jerônimo de Camargo, participaram na quarta-feira, dia 27, de um momento único de interação com o Grupo de Danças da Terceira Idade, além de assistirem a apresentação da coreografia “Vem Dançar Com a Gente”, da coreógrafa Eliana Brêga.

“Os idosos ainda são vistos como uma população que muito consome e pouco produz. Como, então, incluir pessoas da terceira idade, efetivamente na Sociedade? Pode ser desafiador, mas é plenamente possível. Os alunos estão trabalhando o conceito da Terceira Idade e do Estatuto do Idoso, por isso unimos a aula teórica com a prática da vivência para que a inclusão pudesse acontecer”, disse Flávio Basilio, professor de filosofia responsável pelo projeto.

A principal razão de trabalhar, em sala de aula com os alunos o tema para incluir os idosos na sociedade, é o fato de que o país está envelhecendo. De acordo com dados recentes do IBGE, a população na terceira idade vai quadruplicar até 2060. Isso se deve aos avanços da medicina e ao consequente aumento na expectativa de vida dos idosos. Esse, por si só, é um motivo para acolher e integrar esse grupo tão representativo da sociedade.

Para os alunos, que também prestigiaram a presença da prefeita Eliane Lorencini, do vice Cláudio Catroque, da secretária de Desenvolvimento Social, Fabiana Garutti, e de Esportes Francisco Casarin, foi um momento muito importante para entender o outro lado da situação, uma vez que – muitas vezes – não há como ter essa interação proporcionada – no momento – pela Escola.

Participaram do momento de inclusão, além dos alunos, a Guarda Municipal e o Departamento de Trânsito, acompanhando-os da Unidade Escolar até o Ginásio de Esportes, e as professoras Marlene Lorencini, de Língua Portuguesa, e Marlene Nelli, de Educação Física.

A próxima apresentação de dança do Grupo da Terceira Idade, acontece na segunda-feira, dia 02, no Teatro Polytheama, em Jundiaí, às 19h00. Mais informações (11) 4016-3232 com Eliana Brêga.

Secretaria de Educação abrirá inscrição para matrícula 2018

A Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria Municipal de Educação, abrirá no dia 02 de outubro, até o dia 31 de outubro, as inscrições para matrículas dos alunos que estão fora da escola, compreendendo crianças a partir de 04 anos de idade (a completar até 30 de Junho de 2018). As inscrições poderão ser feitas diretamente na secretária da Escola Municipal mais próxima da residência, inclusive para o EJA fundamental I.

No caso de estudantes que cursam a pré-escola pública, o cadastramento será automático, mediante consulta aos responsáveis sobre o interesse em matricular a criança no 1º ano do Ensino Fundamental na rede pública, sendo necessária apenas a atualização do endereço residencial.

A chamada escolar é destinada somente aos estudantes que estão fora da rede pública, tanto os ingressantes no Ensino Fundamental como os que irão cursar os demais anos/séries desse nível de ensino, inclusive a EJA. No caso de alunos que já estão matriculados em escolas municipais neste ano, não é preciso se cadastrar. Eles darão continuidade aos estudos na rede municipal ou pública automaticamente. Os pais devem aguardar as instruções que serão enviadas pelas escolas.

Para fazer a inscrição, basta o responsável pelo aluno comparecer a uma escola  municipal e fornecer nome completo do candidato, data de nascimento, endereço residencial e telefone para contato. É recomendável levar a certidão de nascimento e comprovante de residência.

Mais informações (11) 4016-0200 ou numa escola próxima a sua residência. Outras informações no prédio da Secretaria Municipal de Educação, Rua Eugênio da Silva Bressane, 240.

Rede Municipal de Ensino abre inscrição para Ensino de Jovens e Adultos

Período de inscrição encerra no dia 31 de outubro

A Secretaria Municipal de Educação de Jarinu esta com inscrições abertas para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Fundamental I (1ª a 4ª série). Para se inscrever é necessário ter idade mínima de 15 anos e apresentar documentos pessoais. Caso tenha abandonado os estudos e possuir documentos de escolaridade deverá apresenta-lo.

As inscrições poderão ser efetuadas nas Escolas Municiais de Jarinu até o dia 31 de outubro. Não haverá prorrogação da inscrição, ou na Secretaria de Educação, na rua Eugênio da Silva Bressane, 240, bairro Jardim Saúde – próximo a escola Jerônimo. Mais informações (11) 4016-0200.

Jarinu comemorou 7 de setembro com apresentações na Praça da Matriz

Dezenas de pessoas estiveram na Praça da Matriz, no Centro da cidade, para comemorar os 195 anos de Independência do Brasil.

O evento começou às 08h30 com o hasteamento das Bandeiras e prosseguiu com a fala das autoridades. A Banda Filarmônica 17 de Abril, acompanhada do coral Canto e Riso, entoou, com o público presente, o Hino Nacional Brasileiro e o Hino da Independência.

Primeiro a falar o presidente da Câmara Municipal, Roberto Antonucci, parabenizou a Prefeitura e a equipe da Educação pelo trabalho realizado com os alunos. “Neste dia festivo parabenizo a todos que estão, conosco, comemorando o 7 de setembro”.

Já o vice-prefeito Cláudio Catroque enfatizou a data e disse que é preciso sempre relembrar, mesmo com todos os acontecimentos, que o Brasil tem espaço para todos “Temos que ser patriotas, gostar do País, da cidade em que vivemos. Nesta data comemoramos não só o dia da Independência, mas a liberdade”.

Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu, agradeceu a presença de todos e disse que mesmo com todos os acontecimentos o espírito de união precisa prevalecer. “É importante que estejamos sempre unidos em prol de uma sociedade melhor. Nós trabalhamos por uma cidade melhor para nossa gente. Nesta data parabenizo a todos que contribuem para um espaço melhor”, em seguida a Prefeita fez menção as obras que estão em andamento no município.

“Peço licença a todos vocês para falar das construções das creches, obras de pavimentação e a obra na Praça da Matriz. Em oito meses de gestão conseguimos resgatar a autoestima dos moradores”, disse.

Após os pronunciamentos as crianças das creches municipais, e APAE, fizeram apresentações com temas voltados à Independência do Brasil, e também as professoras que faleceram nesse ano, através da presença de seus familiares. O Coral Canto e Riso, em nome de todos os servidores, também homenageou os demais funcionários que faleceram em 2017. “Agradeço a todos os funcionários públicos, sem exceção, pelo excelente trabalho prestado a comunidade Jarinuense”, finalizou Eliane Lorencini.

Participaram da solenidade o ao lado da Prefeita e do Vice, os secretários municipais, servidores, o sargento da Polícia Militar, Haroldo Nani Campos, o presidente da Câmara e todos os vereadores, representantes da Guarda Municipal, Polícia Civil, Resgate, Departamento de Trânsito e Defesa Civil, pais dos alunos, professores e transportadores escolares.

Alunos da Rede de Ensino aprendem como funciona uma empresa

Da teoria à prática, alunos montaram até um carro com produtos reciclados

Teve início nos dias 04 e 05 de setembro a programação do PROJETO STEM, sem fins lucrativos, elaborado pela Cooper Standard, um dos principais fornecedores mundiais de sistemas e componentes para a indústria automotiva, contemplando alunos do 5º ano da EMEF Professor Dirney José Rossi . O objetivo é desenvolver uma atividade educativa para inspirar e estimular os alunos sobre as carreiras STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) dentro da indústria.

As atividades foram iniciadas com palestras e dinâmicas, desde a revolução industrial, história da indústria, como é o funcionamento dentro da empresa, setores que a foram e quais profissionais trabalham nela. Além disso, os representantes da empresa enfatizaram aos alunos que “tudo o que temos em nossas casas vêm da indústria”.

Como atividade prática propuseram aos alunos que em grupos de 10 confeccionassem um carro, mas com a proposta de que cada grupo tivesse que solicitar material de outros grupos para essa confecção, mostrando aos alunos a interligação das industrias, negociação, compra de matéria prima e peças diversas que são necessárias para a fabricação de determinados produtos.

Os alunos se envolveram na atividade e terminaram a oficina motivados em partilhar com os amigos e familiares o que aprenderam. Dando continuidade à programação, aconteceu na terça-feira, dia 12, visita à fábrica e ao Teatro com os alunos. No 24 de outubro acontece a Culminância – Feira de Ciências.

,

Jarinu comemora 7 de Setembro com apresentações na Praça da Matriz

Quem estiver em Jarinu no dia 7 de Setembro poderá – juntamente com a Rede Municipal de Ensino da Secretaria Municipal de Educação, participar das comemorações alusivas ao Dia da Independência do Brasil.

De acordo com a Secretaria de Educa ção, pasta responsável pelo cerimonial e elaboração do cronograma, a cerimônia começa às 08h00 com hasteamento das Bandeiras do Brasil, do Estado e do Município, na sequência serão cantados os Hinos da Independência do Brasil, e o Hino Nacional Brasileiro.

Após a execução dos Hinos e pronunciamento das autoridades será dada início as apresentações do Núcleo de Educação Infantil, Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI) e Escolas Rurais, que farão agradecimento especial as três professoras da Rede que faleceram neste ano.

A Banda Filarmônica 17 de Abril, juntamente com o Coral Canto e Riso, alunos da Apae também farão parte das comemorações.

Sequência das apresentações

1 – APAE

2 – Homenagem a professora Isailda G Loiola da Silva

Escolas rurais / Línguas estrangeiras – Coral sob regência do maestro Jederson

3 – Homenagem a professora Vania Maria Oliva dos Santos

Creche Maria Rodrigues Navarro – Música “Sítio do Pica Pau Amarelo”

4 – Apresentação banda Filarmônica 17 de Abril

5 – Homenagem a professora Delma Alves Ribeiro

EMEI Jacintho Lúcio do Prado – Música “Música de Rua”

6 – NEI Elcio Dozinetti Spinassi – Música “Brasileirinho”

7 – Apresentação final – 3 escolas de Educação Infantil

Música Aquarela do Brasil

8 – Apresentação da Banda Filarmônica 17 de Abril.