, ,

Prefeitura de Jarinu fecha 5 bares e interrompe aglomeração em 9 chácaras

Pelo segundo final de semana consecutivo, visando conter o avanço do coronavírus e diante da preocupação com o aumento do movimento para o interior devido ao feriado, a Prefeitura de Jarinu intensificou as ações de monitoramento e conscientização da população desde quinta-feira, 01 de abril, para fazer valer as medidas mais restritivas do Decreto nº 3135/21.

Duas importantes medidas, que impactaram na diminuição do fluxo de pessoas de outras cidades para Jarinu, foram a proibição de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais, inclusive mercados, de sexta (02) até domingo (04), e da proibição em alugar chácaras para festas, eventos ou aglomerações.

Barreiras Sanitárias e Educativas foram montadas em pontos estratégicos da cidade. Os agentes de saúde aferiram a temperatura e instruíram sobre as restrições do decreto vigente de combate a COVID-19.

Contando com o triplo do efetivo nas ruas, a Guarda Civil Municipal, com apoio da Vigilância Sanitária e Fiscais de Postura, realizou ação educativa em 13 comércios (sendo um grande mercado) que descumpriam o Decreto nº 3135/21.

Quatro bares receberam auto de infração. Em caso de reincidência será aberto processo administrativo para aplicação de multas e penalidades.

A fiscalização em área de chácaras foi intensificada e contou com um drone para ronda aérea. Nove chácaras foram advertidas sobre aglomeração, sendo três delas com notificação e ato de infração.

A Guarda Municipal, por meio do telefone 153, recebeu 48 denúncias, entre quinta-feira (01) e domingo (04).

,

Jarinu é a segunda cidade que mais vacina contra COVID-19 no Aglomerado Urbano de Jundiaí

Segundo dados do Estado de São Paulo e considerando o número de primeiras doses aplicadas, a porcentagem de moradores de Jarinu vacinados está acima de outras cinco cidades que compõem o Aglomerado Urbano de Jundiaí.

Os números atualizados nesta segunda-feira (05), às 15h02, mostram Jarinu com 8,46% dos moradores vacinados com a primeira dose contra a COVID-19, na frente de Campo Limpo Paulista (6,61%), Louveira (6,49%), Várzea Paulista (6,21%), Cabreúva (5,60%) e Itupeva (5,56%). Jundiaí tem 11,25% da população que recebeu a primeira dose.

Jarinu se destaque na região pela agilidade, sem filas de espera presencial ou aglomeração no momento da aplicação das doses.

O plano de vacinação desenvolvido pela Secretaria de Saúde de Jarinu contemplou, na primeira fase, idosos com 80 anos ou mais que foram vacinados todos em domicílio, trazendo conforto e mais segurança para este público-alvo.

Na segunda etapa da vacinação, para idosos de 75 a 79 anos, via drive-thru na Praça Nossa Senhora do Carmo, no centro de Jarinu, mais de 500 doses foram aplicadas em menos de uma semana.

Já na terceira e atual fase, são cinco pontos descentralizados nas Unidades Básicas de Saúde nos bairros, apenas vacinando moradores com dia e hora marcados, seguindo a dinâmica de cadastramento on-line e agendamento posterior por telefone pela equipe da Saúde.

 

Atual fase da vacinação contempla idosos com 68 anos

A vacinação da primeira dose para idosos com 68 anos começou nesta segunda-feira (05), conforme agendamento.

Os moradores de Jarinu não devem comparecer nas UBSs para vacinação sem o agendamento realizado pelas equipes da Saúde. Não serão aplicadas doses em pessoas que não estiverem agendadas.

Para a vacinação, o cadastro no site oficial da Prefeitura de Jarinu (CLIQUE AQUI PARA ABRIR O FORMULÁRIO) é obrigatório, tendo em vista que o agendamento do dia, horário e local da aplicação da dose é realizado via contato telefônico por equipes da Secretaria de Saúde.

Os pontos de vacinação são no Ambulatório Central e nas Unidades Básicas de Saúde do Campo Largo, Maracanã, Nova Trieste e Primavera, em dias intercalados, para evitar aglomeração com atendimentos de rotina das UBSs.

,

Prefeitura de Jarinu prorroga pagamento de IPTU e Alvará sem multa e juros

Em razão da crise econômica decorrente da pandemia da COVID-19, a Prefeitura de Jarinu prorrogou o prazo de vencimento de tributos.

O pagamento do IPTU 2021 poderá ser efetuado por meio de cota única, com 10% de desconto, até dia 20 de maio de 2021, prazo prorrogado em mais de 2 meses (data original: 10 de março).

No caso do pagamento parcelado do IPTU, a 1ª e 2ª parcelas poderão ser quitadas no dia 20 de maio (vencimentos originais: 10 de março e 9 de abril), sem incidência de multa e juros. As demais parcelas (3ª em diante) seguem data original de vencimento.

A taxa de Alvará, licença de funcionamento, teve os vencimentos parcelados de março e abril prorrogados para 20 de maio de 2021, sem cobrança de multa e juros. Sendo assim, as parcelas de 10 de março e 9 de abril poderão ser pagas na nova data, em maio de 2021.

Os interessados em prorrogarem o prazo de pagamento, de acordo com a Lei nº 2.111 de 31 de março de 2021, sancionada pela prefeita de Jarinu, Débora Prado, deverão solicitar, no setor responsável, nova guia com a data de vencimento atualizada.

 

COMO SOLICITAR NOVA GUIA PARA PAGAMENTO

IPTU: iptu@jarinu.sp.gov.br

ALVARÁ: tributos@jarinu.sp.gov.br

Ou pelo telefone (11) 4016-8200

 

ACESSE AQUI a Lei nº 2.111/21 que dispõe da prorrogação do vencimento de tributos

, ,

Combate à COVID-19: festa interrompida, bares fechados e monitoramento ostensivo

Entre sexta-feira (26) e domingo (28), as ações de fiscalização e monitoramento em Jarinu, por meio de rondas ostensivas da Guarda Civil Municipal, somadas às denúncias via telefone 153, resultaram no fechamento de dois bares que funcionavam clandestinamente, além da interrupção de uma festa com mais de 30 pessoas em chácara na Vila Ypê.

Com o triplo do efetivo nas ruas, a Guarda Municipal contou com o apoio da tecnologia para monitorar áreas de chácaras: um drone sobrevoou os bairros para identificar possíveis aglomerações.

Já a Vigilância Sanitária visitou os comércios informando sobre as restrições quanto a venda de bebidas alcoólicas.

Equipes da Saúde e Segurança Pública montaram barreiras sanitárias e educativas em pontos estratégicos da cidade, visando monitorar o movimento nas vias, aferir a temperatura de todos no carro e informar sobre as restrições do decreto e a proibição de festas e aglomerações, passíveis de multas.

Vigente desde sexta-feira (26), o Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19, implantado pela Prefeitura de Jarinu por meio do decreto nº 3135/21, pioneiro na região do Aglomerado Urbano de Jundiaí, amplia as restrições na fase emergencial do Plano SP.

“O reflexo das ações no primeiro final de semana, com o Plano Emergencial em operação mostra adesão da população às regras e empenho da maioria dos moradores de Jarinu em colaborar com o combate à COVID-19. A conscientização da população neste momento tão grave da pandemia do coronavírus é tão importante quanto o empenho da Prefeitura em coibir aglomerações”, destaca a prefeita, Débora Prado.

O decreto continua vigente no feriado de 02 de abril e no sábado e domingo, dias 03 e 04 de abril. As ações serão intensificadas na sexta-feira, se estendendo pelo final de semana.

, ,

Prefeitura de Jarinu implanta o Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19

Com o agravamento da pandemia, e com as medidas mais severas impostas pela Fase Emergencial, e ainda, diante da preocupação com o aumento do movimento para o interior de pessoas vindas da cidade de São Paulo devido ao “feriadão”, a Prefeitura de Jarinu criou ações que visam proteger a cidade, inibir a circulação e propagação do coronavírus, além de cuidar das pessoas mais afetadas pelos desdobramentos das ações de proteção a COVID-19.

O Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19 engloba um esforço de todas as Secretarias e Departamentos da Prefeitura de Jarinu.

 

O que funciona com as novas medidas, a partir desta sexta-feira, 26 de março

APENAS COMÉRCIOS ESSENCIAIS podem ficar abertos com atendimento presencial:

  • farmácias e serviços de saúde
  • supermercados, mercados e padarias (mas sem consumo no local)

Demais comércios, incluindo restaurantes, somente com entrega em casa ou drive-thru (retirada sem sair do carro)

IMPORTANTE: PROIBIDA A VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS, em todos os estabelecimentos comerciais, inclusive mercados, nos dias 26, 27 e 28 de março e 02, 03 e 04 de abril, durante as 24 horas dos dias, e de 29 de março a 01 de abril, entre 20h e 05h.

APENAS SERVIÇOS ESSENCIAIS podem funcionar:

  • abastecimento e logística
  • construção civil
  • segurança

SUSPENSAS:

  • feiras livres
  • feiras de artesanato e similares
  • atividades de comércio ambulante de qualquer natureza

HOTELARIA deve respeitar capacidade reduzida em 40%, bloqueios em áreas comuns, áreas de lazer fechadas e refeições somente no quarto.

 

ATENÇÃO MORADORES DE CHÁCARAS E SÍTIOS:

  • proibido alugar seus imóveis para temporada, festas e eventos (a partir de 26 de março de 2021)
  • proibido promover festas e aglomerações

 

ATENÇÃO TODOS MORADORES DE JARINU:

  • proibido promover reuniões entre amigos e familiares, que agrupe mais de 10 pessoas

 

PUNIÇÕES E MULTAS: Para todos os detalhes, que incluem responsabilização junto a autoridades policiais e autuação com multas, veja o Decreto nº 3135/21

 

E o que a Prefeitura de Jarinu está fazendo nesse pico da pandemia?

Ações na Saúde:

  • Ampliação de leitos regionais de referência para enfermaria e UTI COVID-19 no Hospital de Clínicas, através de consórcio com Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista
  • Criação e sanção de Lei para participação no Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, para busca de outras fontes de recebimento de vacinas, visando ampliar a aplicação de doses e agilizar a imunização dos moradores de Jarinu
  • Descentralização da vacinação para Unidades de Saúde, perante agendamento, para evitar aglomeração e longas filas de espera
  • Implantação de 2 UBS sentinelas (Maracanã e Nova Trieste) para atendimento à COVID-19 ainda no mês de abril
  • Formulação de protocolo clínico para atendimento COVID-19 na Unidade Mista de Saúde (com qualificação técnica Dr. Fernando Max – infectologista e Diretor técnico SS).
  • Reabilitação Respiratória: Implantação de assistência em fisioterapia respiratória na Unidade Mista de Saúde e de Reabilitação Respiratória pós COVID-19 no Centro de Reabilitação
  • Saúde Mental: abertura de salas terapêuticas virtuais (grupos); rodas de conversa para apoio aos trabalhadores da saúde em sofrimento mental.

 

Ações de Combate à Aglomeração e Festas

  • Barreiras na entrada dos principais bairros de chácaras, no final de semana e feriado, para controle de fluxo e restrição apenas a moradores
  • Intensificação de rondas ostensivas, triplicando o número de efetivos da Guarda Civil Municipal nas ruas aos finais de semana, junto às equipes do Trânsito e Defesa Civil
  • Monitoramento aéreo com drone
  • Apoio do Gabinete de Gestão Integrada em ações de fechamento de festas clandestinas
  • Ampliação do disk denúncias, via 153, 24 horas por dia

 

Ações de Impacto Social

  • Parceria com Estado e Via Rápida para oferecer cursos com bolsa-auxílio
  • Entrega de cestas básicas em domicílio para assistidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, com ampliação do cadastro de pessoas em vulnerabilidade

Poder Judiciário julga ilegal pagamento de vale-alimentação a inativos, afastados e aposentados da Prefeitura de Jarinu

A Prefeitura de Jarinu informa que, diante da ação proposta pelo Ministério Público e julgamento procedente pelo Poder Judiciário, da ação que declara inconstitucionalidade da expressão “inativos, afastados e aposentados” constantes do artigo 2º, caput, da Lei nº 2.508, de 12 de dezembro de 2017, o benefício do pagamento de vale-alimentação será suspenso para servidores afastados da carreira, pensionistas, inativos ou que não estejam no efetivo exercício do cargo.

Lembramos que os servidores em teletrabalho, ou afastados apenas em razão dos riscos de trabalho presencial devido à COVID-19, continuam recebendo o vale-alimentação normalmente.

DECRETO Nº 3134/21

DECRETO Nº 3134, de 24 de março de 2021

Regulamenta a Lei nº 1.852, de 22 de novembro de 2010, que dispõe sobre a adoção de praças públicas, de esportes e áreas verdes, por entidades e empresas e dá outras providências.

Inscrições abertas para Curso de Assistente Administrativo com bolsa-auxílio de R$210

O curso gratuito de qualificação profissional de Assistente Administrativo, oferecido pela parceria entre a Prefeitura de Jarinu e o Governo do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas para moradores de Jarinu que tenham idade mínima de 16 anos e sejam alfabetizados.

Em 60 horas de aula, os alunos irão aprender sobre atividades de rotinas administrativas, organização de documentos e apoio logístico no ambiente de trabalho da empresa, de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade.

As inscrições devem ser realizadas SOMENTE pelo site www.cursosviarapida.sp.gov.br ou CLICANDO AQUI até o dia 30 de março.

Caso o número de inscritos seja superior as 20 vagas disponibilizadas, serão priorizadas as pessoas desempregadas, com baixa renda e com deficiência.

A convocação dos candidatos selecionados ocorrerá por e-mail e as aulas têm previsão de início em abril. Para receber o certificado, o aluno deve ter ao menos 75% de presença nas aulas.

Mais informações no telefone (11) 4016-3925, com Ronaldo.

Instabilidade no sistema

A Via Rápida informa que devido ao grande número de acessos, o servidor está apresentando instabilidade, o que pode ocasionar lentidão ou erro durante o preenchimento do cadastro e inscrição. A orientação é para que os usuários tentem novamente após alguns minutos, até conseguirem efetuar com sucesso.

Sobre a Bolsa-Auxílio

Os estudantes matriculados no curso de qualificação do programa Via Rápida receberão uma bolsa única de R$ 210 para ajuda em suas despesas durante a realização do curso. O auxílio será disponibilizado aos alunos que cumpram os requisitos e que tenham frequentado os 10 dias de aula.

Para receber a bolsa-auxílio, além de ser desempregado e estar frequente no curso, o estudante não pode estar recebendo seguro-desemprego ou outros auxílios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Paulo.

,

Prefeitura de Jarinu encaminha projeto de lei para integrar Consórcio Nacional de Vacinas

Visando dar celeridade à vacinação contra o novo coronavírus e ampliar a aplicação de doses a mais faixas etárias, a Prefeitura de Jarinu manifestou interesse em participar do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras.

Para adesão ao Consórcio, a Prefeitura de Jarinu encaminhou à Câmara Municipal projeto de lei.

A participação no Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, via Frente Nacional de Prefeitos, permite que a prefeita de Jarinu, Débora Prado, assine intenção de aquisição destas vacinas.

Jarinu e todo Estado de São Paulo entram na Fase Emergencial

Por determinação do Governo de São Paulo, todas as cidades do estado, incluindo Jarinu, a partir de segunda-feira, 15 de março, entram na Fase Emergencial de enfrentamento à pandemia.

Medidas mais duras de restrição se estendem até o dia 30 de março de 2021, para frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus e conter a sobrecarga em hospitais da região.

O Governo do Estado determina toque de recolher todos os dias, entre 20h e 5h. Também fica vetado o acesso a parques e praias. Haverá proibição completa a qualquer tipo de aglomeração, e o uso de máscaras deve ser intensificado em qualquer ambiente interno ou externo de acesso público.

A fase emergencial do Plano São Paulo mantém a fase vermelha de controle da pandemia e regulação de serviços não essenciais. Porém, para ampliar o distanciamento social e reduzir a circulação urbana, foram ampliadas as restrições de algumas atividades comerciais autorizadas na fase vermelha.

A restrição completa proíbe retirada presencial de produtos em restaurantes e lanchonetes, proíbe atendimento presencial em lojas de material de construção e veta celebrações religiosas coletivas e atividades esportivas em grupo.

Lojas e restaurantes só poderão fazer entregas pelo sistema em que o consumidor recebe o produto dentro de seu veículo (drive-thru), entre 5h e 20h, ou por serviços de entrega na residência (delivery) por compra via telefone ou aplicativo de internet.

Não haverá nenhuma restrição ao funcionamento de supermercados.

O teletrabalho (home office) será obrigatório para todas as atividades administrativas não essenciais. A imposição vale tanto para órgãos públicos como escritórios particulares.

O atendimento presencial na Prefeitura de Jarinu fica suspenso. Internamente, haverá revezamento presencial de funcionários para suprir as demandas de trabalho, e garantir o bom funcionamento da máquina pública, além de suporte ao fluxo administrativo de setores essenciais, como o da Saúde, Segurança e Educação.

Todas as medidas da fase emergencial visam reduzir a circulação pessoas pela cidade. Saia de casa somente se necessário.

 

Contatos importantes da Prefeitura de Jarinu

Visando suprir demanda dos atendimentos presenciais na Prefeitura de Jarinu, solicitações podem ser encaminhadas para o e-mail referente ao setor, de acordo com informações abaixo:

IPTU: iptu@jarinu.sp.gov.br

ISS/ALVARÁ: tributos@jarinu.sp.gov.br

SETOR DE OBRAS: obras@jarinu.sp.gov.br

RECURSOS HUMANOS: recursos.humanos@jarinu.sp.gov.br

 

Veja mais detalhes do funcionamento dos principais serviços:

 

ESCRITÓRIOS EM GERAL E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

 

COMÉRCIO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO – Proibido o funcionamento e atendimento presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

 

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS (COMÉRCIO EM GERAL) – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

 

RESTAURANTES, BARES E PADARIAS – Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados, com proibição de consumo no local.

 

EDUCAÇÃO ESTADUAL, MUNICIPAL E PRIVADA – Recesso da rede estadual por 15 dias. Suspensão das aulas presenciais nas escolas municipais e privadas, e aplicação de aulas remotas ou on-line.

 

SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

 

HOTELARIA – Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

 

ESPORTES – Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

 

TELECOMUNICAÇÕES – Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

 

ATIVIDADES RELIGIOSAS – Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.