,

Mais de 300 vagas de empregos foram preenchidas indiretamente pela Prefeitura através da Coordenadoria do Trabalho entre agosto e outubro

Coordenadoria do Trabalho recebe currículos e orienta população

A Prefeitura Municipal de Jarinu, através da Coordenadora de Trabalho preencheu, de forma indireta, 328 vagas de empregos fornecidas através das empresas que procuram o CDT para realização de entrevistas. É importante ressaltar que as vagas são disponibilizadas pelas empresas da cidade, entre elas do Centro Empresarial Brasileiro.

“Nós cedemos o espaço para que as empresas realizem as entrevistas e seleções dos candidatos, dessa maneira contribuímos ajudando indiretamente a população para o retorno ao mercado de trabalho. Além disso, num momento em que o país passa por crise financeira com milhões de desempregados, nossa cidade esta caminhando para o aumento nas contratações”, disse Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu.

Entre os meses de Agosto, Setembro e Outubro das 328 vagas preenchidas pelas empresas, 156 vagas foram de Auxiliar de Produção, seguida por cozinheira, auxiliar de cozinha e controlador de acesso.

Responsável pela Coordenadoria do Trabalho, Eduardo Matias, conta que não cabe ao Departamento determinar as vagas, pois são todas oferecidas pelas empresas, assim como a necessidade de experiência na área. “Nós oferecemos o espaço para as seleções e divulgamos as vagas. Não cabe ao departamento selecionar currículos ou critérios para vagas, como se é masculino ou feminino. Isso quem determina é a empresa de recrutamento”, disse.

Entre as vagas oferecidas não estão computados os números daqueles que procuram e conseguem o emprego diretamente, além disso as vagas são disponibilizadas de acordo com a demanda da empresa, entre elas para Portadores de Necessidades Especiais. Para acompanhar os processos seletivos os interessados devem acessar o site oficial da Prefeitura Municipal de Jarinu, www.jarinu.sp.gov.br e clicar no CDT (Coordenadoria de Trabalho), ou através da página da Prefeitura de Jarinu nas redes sociais. Novas vagas são disponibilizadas periodicamente.

A Coordenadoria de Trabalho esta localizada na Avenida Ernesto de Moraes, 450 (Rodoviária), e o atendimento é das 08h às 11h e das 13h às 16h30. Informações (11) 4016-2037.

Em Jarinu, 58% ainda não fizeram o cadastro biométrico no posto eleitoral

Quase 11 mil eleitores de Jarinu ainda não compareceram ao posto da Justiça Eleitoral, no Terminal Rodoviário, para fazerem o cadastro biométrico obrigatório para as próximas eleições. Quem não comparecer terá o título cancelado após o prazo. O município de Jarinu conta com 21 mil eleitores, sendo que apenas 9 mil fizeram o cadastramento, faltando 58% dos eleitores procurarem o Posto Eleitoral.

Com o término do cadastramento, previsto para Março de 2018, os eleitores estão procurando cada vez mais o Posto de Atendimento, porém ainda não é o número esperado pelo Órgão Federal.

Quem não se cadastrar poderá ficar impedido de assumir cargos públicos, ao prestar um concurso, fazer matrículas em universidades, tirar passaporte, ter o CPF cancelado, conseguir créditos em instituições financeiras, além de terem benefícios do governo suspenso até a regularização.

Para realizar o cadastramento biométrico o eleitor deve ter em mãos os seguintes documentos: Documento de Identificação oficial, dentro do prazo de validade: RG/CNH, título de eleitor e comprovante de endereço. No caso de eleitores do sexo masculino deverão apresentar o certificado de quitação militar (reservista).

Em Jarinu o Posto Eleitoral fica anexo ao Terminal Rodoviário, e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 17h, ficando aberto – também – na hora do almoço.

,

Confira o que abre e fecha no Feriado prolongado de 07 de Setembro

No feriado de 07 de Setembro as Unidades Básicas de Saúde (UBS), dos bairros, estarão fechadas, já o Pronto Atendimento 24h – Unidade Mista de Saúde “Monsenhor Jacob Conti” (Postinho da cidade), funcionará normalmente. Os Bancos não funcionam no Feriado, mas estarão abertos normalmente na sexta, dia 08.

Farmácias e supermercados funcionarão em esquema de plantão, o mesmo horário de funcionamento aos domingos. Supermercados abrirão na sexta e sábado normalmente e no feriado no mesmo horário dos domingos. Escolas Municipais e Públicas param na quarta-feira, dia 06 e retornam às atividades na segunda-feira, dia 11 de setembro.

Prefeitura e órgãos municipais não abrirão no feriado, retornando na segunda-feira, dia 11, conforme Decreto Municipal n.º 2861 de 02 de Janeiro de 2017.

 

, ,

Em São Paulo, Prefeitura assina renovação do Programa Cidade Legal

Após regularização moradores poderão ter lotes registrados em seu nome.

Com o objetivo de implementar, agilizar e desburocratizar as ações e os processos de regularizações de lotes em bairros com alto índice social, ou seja de baixa renda, a Prefeita Eliane Lorencini, acompanhada do vice-prefeito Cláudio Catroque, esteve na tarde da terça-feira, dia 08, na Secretaria Estadual de Habitação, em São Paulo, para renovação do convênio com o Programa Cidade Legal.

Prefeita assinou renovação do Convênio com Programa Cidade Legal

Para Prefeita a assinatura desse Convênio é um grande passo para que os trabalhos de regularização dos lotes possa começar, porém, outra reunião esta agendada para o próximo dia 15, que definirão metas e prazos para que isso possa acontecer, uma vez que o processo demanda tempo e ações burocráticas.

“O Convênio foi assinado pela primeira vez em 2009, depois ficou parado. Hoje, após contato com os responsáveis, tivemos a oportunidade de dar mais um passo que beneficiará muitos moradores do nosso município após aprovação. Com a regularização de seus lotes, e todo levantamento necessário, poderão ter a matrícula ou escritura”, disse Eliane Lorencini.

COMO FUNCIONA

O processo de regularização começa com a execução de levantamento topográfico, realizada pela equipe técnica do Programa Cidade Legal, acompanhada por engenheiros, advogados e representantes do poder público. A iniciativa realiza a busca documental, análise e diagnóstico da situação dos locais para a elaboração de um plano de regularização. Em seguida, é feita a emissão de certificados de regularização fundiária, que são as Declarações de Conformidade Urbanística e Ambiental (DCUAs) e possibilitam o registro dos loteamentos. Com isso, é possível registrar os documentos de posse dos proprietários no cartório de imóveis e obter as matrículas individuais e as escrituras das unidades.