Prefeitura de Jarinu compra 10 novos coletes à prova de balas para GCM

A Prefeitura de Jarinu realizou a compra de 10 coletes à prova de balas Nível III-A, renovando os Equipamentos de Proteção Individual antigos que estavam sendo usados nos últimos anos.

Os guardas civis municipais de Jarinu agora contam com modelo de coletes balísticos de qualidade superior e que suportam impactos de velocidade de 427 metros por segundo, equivalente a disparos de pistolas 9mm.

Além da renovação dos coletes à prova de balas, a Secretaria de Segurança Pública está realizando treinamentos de capacitação dos guardas civis municipais, com curso de pronto-socorrismo e palestra sobre abuso de autoridade e tortura.

Prefeitura de Jarinu inicia conversas com setor privado para monitoramento inteligente por câmeras

Visando criar uma central de monitoramento e garantir mais segurança para a população de Jarinu, a Secretaria de Segurança Pública estuda implantar câmeras em pontos estratégicos da cidade.

Atualmente, a fase inicial trabalha com levantamento dos pontos previstos para instalação das câmeras paralelo a conversa com empresários de Jarinu interessados em serem parceiros deste projeto.

Por intermédio do vereador João Lorencini, já foi realizada uma primeira reunião com o presidente da BBP, Vagner Borin, junto ao Secretário de Segurança Pública, Paulo Izauro, e com o Sargento Clayton, da Polícia Militar.

Acompanharam também a reunião o chefe da Defesa Civil de Jarinu, Aílton Macedo, o chefe de Trânsito, Valdinei Maia e o Cabo Legins, da Polícia Militar.

Segurança Pública de Jarinu faz treinamento com GM, PM, Defesa civil e Trânsito

A Prefeitura de Jarinu promoveu, na segunda-feira (17), o primeiro dia de treinamento especial de capacitação com guardas civis municipais, agentes da Defesa Civil e do Trânsito.

As aulas e cursos são ministrados por profissionais da cidade e região, por meio de parceria entre a Secretaria de Segurança Pública de Jarinu e a 3ª CIA da Polícia Militar de Várzea Paulista.

O Secretário de Segurança Pública, Paulo Izauro, ressaltou a importância do treinamento. “É fundamental para o desenvolvimento dos nossos guardas municipais e agentes da Defesa Civil e Trânsito essa capacitação. Ofertar esse treinamento é uma maneira de também valorizar estes profissionais.”

A programação do primeiro dia contou com aula sobre Trânsito, com o Cabo Givaldo da 3ª Cia da Polícia Militar, curso de pronto-socorrismo com o Tenente Aílton, chefe da Defesa Civil de Jarinu e palestra sobre abuso de autoridade e tortura, com delegado de Jarinu, Doutor Adalberto Ceolin.

A segunda turma realizará o treinamento na próxima segunda-feira (24).

, ,

Guarda Civil Municipal de Jarinu é vacinada contra a COVID-19

Seguindo o Plano de Vacinação Estadual, os guardas civis municipais de Jarinu receberam a primeira dose da vacina contra a COVID-19, nesta segunda semana de abril, em Jundiaí.

A cidade vizinha foi definida como sede para a aplicação das doses nos profissionais de Forças de Segurança do Aglomerado Urbano de Jundiaí.

Ao todo, 18 guardas civis municipais de Jarinu foram vacinados.

O plano de vacinação, definido pelo Governo do Estado de São Paulo, prevê contemplar 180 mil agentes de segurança.

 

, ,

Prefeitura de Jarinu fecha 5 bares e interrompe aglomeração em 9 chácaras

Pelo segundo final de semana consecutivo, visando conter o avanço do coronavírus e diante da preocupação com o aumento do movimento para o interior devido ao feriado, a Prefeitura de Jarinu intensificou as ações de monitoramento e conscientização da população desde quinta-feira, 01 de abril, para fazer valer as medidas mais restritivas do Decreto nº 3135/21.

Duas importantes medidas, que impactaram na diminuição do fluxo de pessoas de outras cidades para Jarinu, foram a proibição de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais, inclusive mercados, de sexta (02) até domingo (04), e da proibição em alugar chácaras para festas, eventos ou aglomerações.

Barreiras Sanitárias e Educativas foram montadas em pontos estratégicos da cidade. Os agentes de saúde aferiram a temperatura e instruíram sobre as restrições do decreto vigente de combate a COVID-19.

Contando com o triplo do efetivo nas ruas, a Guarda Civil Municipal, com apoio da Vigilância Sanitária e Fiscais de Postura, realizou ação educativa em 13 comércios (sendo um grande mercado) que descumpriam o Decreto nº 3135/21.

Quatro bares receberam auto de infração. Em caso de reincidência será aberto processo administrativo para aplicação de multas e penalidades.

A fiscalização em área de chácaras foi intensificada e contou com um drone para ronda aérea. Nove chácaras foram advertidas sobre aglomeração, sendo três delas com notificação e ato de infração.

A Guarda Municipal, por meio do telefone 153, recebeu 48 denúncias, entre quinta-feira (01) e domingo (04).

, ,

Combate à COVID-19: festa interrompida, bares fechados e monitoramento ostensivo

Entre sexta-feira (26) e domingo (28), as ações de fiscalização e monitoramento em Jarinu, por meio de rondas ostensivas da Guarda Civil Municipal, somadas às denúncias via telefone 153, resultaram no fechamento de dois bares que funcionavam clandestinamente, além da interrupção de uma festa com mais de 30 pessoas em chácara na Vila Ypê.

Com o triplo do efetivo nas ruas, a Guarda Municipal contou com o apoio da tecnologia para monitorar áreas de chácaras: um drone sobrevoou os bairros para identificar possíveis aglomerações.

Já a Vigilância Sanitária visitou os comércios informando sobre as restrições quanto a venda de bebidas alcoólicas.

Equipes da Saúde e Segurança Pública montaram barreiras sanitárias e educativas em pontos estratégicos da cidade, visando monitorar o movimento nas vias, aferir a temperatura de todos no carro e informar sobre as restrições do decreto e a proibição de festas e aglomerações, passíveis de multas.

Vigente desde sexta-feira (26), o Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19, implantado pela Prefeitura de Jarinu por meio do decreto nº 3135/21, pioneiro na região do Aglomerado Urbano de Jundiaí, amplia as restrições na fase emergencial do Plano SP.

“O reflexo das ações no primeiro final de semana, com o Plano Emergencial em operação mostra adesão da população às regras e empenho da maioria dos moradores de Jarinu em colaborar com o combate à COVID-19. A conscientização da população neste momento tão grave da pandemia do coronavírus é tão importante quanto o empenho da Prefeitura em coibir aglomerações”, destaca a prefeita, Débora Prado.

O decreto continua vigente no feriado de 02 de abril e no sábado e domingo, dias 03 e 04 de abril. As ações serão intensificadas na sexta-feira, se estendendo pelo final de semana.

, ,

Prefeitura de Jarinu implanta o Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19

Com o agravamento da pandemia, e com as medidas mais severas impostas pela Fase Emergencial, e ainda, diante da preocupação com o aumento do movimento para o interior de pessoas vindas da cidade de São Paulo devido ao “feriadão”, a Prefeitura de Jarinu criou ações que visam proteger a cidade, inibir a circulação e propagação do coronavírus, além de cuidar das pessoas mais afetadas pelos desdobramentos das ações de proteção a COVID-19.

O Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19 engloba um esforço de todas as Secretarias e Departamentos da Prefeitura de Jarinu.

 

O que funciona com as novas medidas, a partir desta sexta-feira, 26 de março

APENAS COMÉRCIOS ESSENCIAIS podem ficar abertos com atendimento presencial:

  • farmácias e serviços de saúde
  • supermercados, mercados e padarias (mas sem consumo no local)

Demais comércios, incluindo restaurantes, somente com entrega em casa ou drive-thru (retirada sem sair do carro)

IMPORTANTE: PROIBIDA A VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS, em todos os estabelecimentos comerciais, inclusive mercados, nos dias 26, 27 e 28 de março e 02, 03 e 04 de abril, durante as 24 horas dos dias, e de 29 de março a 01 de abril, entre 20h e 05h.

APENAS SERVIÇOS ESSENCIAIS podem funcionar:

  • abastecimento e logística
  • construção civil
  • segurança

SUSPENSAS:

  • feiras livres
  • feiras de artesanato e similares
  • atividades de comércio ambulante de qualquer natureza

HOTELARIA deve respeitar capacidade reduzida em 40%, bloqueios em áreas comuns, áreas de lazer fechadas e refeições somente no quarto.

 

ATENÇÃO MORADORES DE CHÁCARAS E SÍTIOS:

  • proibido alugar seus imóveis para temporada, festas e eventos (a partir de 26 de março de 2021)
  • proibido promover festas e aglomerações

 

ATENÇÃO TODOS MORADORES DE JARINU:

  • proibido promover reuniões entre amigos e familiares, que agrupe mais de 10 pessoas

 

PUNIÇÕES E MULTAS: Para todos os detalhes, que incluem responsabilização junto a autoridades policiais e autuação com multas, veja o Decreto nº 3135/21

 

E o que a Prefeitura de Jarinu está fazendo nesse pico da pandemia?

Ações na Saúde:

  • Ampliação de leitos regionais de referência para enfermaria e UTI COVID-19 no Hospital de Clínicas, através de consórcio com Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista
  • Criação e sanção de Lei para participação no Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, para busca de outras fontes de recebimento de vacinas, visando ampliar a aplicação de doses e agilizar a imunização dos moradores de Jarinu
  • Descentralização da vacinação para Unidades de Saúde, perante agendamento, para evitar aglomeração e longas filas de espera
  • Implantação de 2 UBS sentinelas (Maracanã e Nova Trieste) para atendimento à COVID-19 ainda no mês de abril
  • Formulação de protocolo clínico para atendimento COVID-19 na Unidade Mista de Saúde (com qualificação técnica Dr. Fernando Max – infectologista e Diretor técnico SS).
  • Reabilitação Respiratória: Implantação de assistência em fisioterapia respiratória na Unidade Mista de Saúde e de Reabilitação Respiratória pós COVID-19 no Centro de Reabilitação
  • Saúde Mental: abertura de salas terapêuticas virtuais (grupos); rodas de conversa para apoio aos trabalhadores da saúde em sofrimento mental.

 

Ações de Combate à Aglomeração e Festas

  • Barreiras na entrada dos principais bairros de chácaras, no final de semana e feriado, para controle de fluxo e restrição apenas a moradores
  • Intensificação de rondas ostensivas, triplicando o número de efetivos da Guarda Civil Municipal nas ruas aos finais de semana, junto às equipes do Trânsito e Defesa Civil
  • Monitoramento aéreo com drone
  • Apoio do Gabinete de Gestão Integrada em ações de fechamento de festas clandestinas
  • Ampliação do disk denúncias, via 153, 24 horas por dia

 

Ações de Impacto Social

  • Parceria com Estado e Via Rápida para oferecer cursos com bolsa-auxílio
  • Entrega de cestas básicas em domicílio para assistidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, com ampliação do cadastro de pessoas em vulnerabilidade

Trânsito mais seguro e novas vagas de estacionamento na região da E.E. Zambotto

Visando garantir mais segurança para a rotina dos alunos da Escola Estadual Orlando Maurício Zambotto e ampliar o número de vagas de estacionamento na região, beneficiando o comércio local, a Prefeitura de Jarinu alterou a mão de duas vias do bairro Maracanã.

Em frente à Escola Estadual Zambotto: mais segurança para os alunos

A mudança é uma solicitação antiga da diretoria da Escola Estadual, da população local e da maioria dos comerciantes.

Com a alteração, os transportes escolares terão mais espaço para o embarque e desembarque dos alunos, sem interferir no andamento do trânsito. O acesso à escola será mais seguro para os estudantes, e trará mais comodidade também aos pais e responsáveis.

A Rua Fábio passa a ser mão única, sentido Av. Conceição, enquanto a Rua José Eduardo será apenas sentido Av. Dinah de Barros.

Todas as respectivas vias estão recebendo nova sinalização vertical e horizontal.

As novas vagas para estacionamento contemplam também as exclusivas para idosos e pessoas com deficiência, de acordo com legislação vigente.

 

 

Força conjunta da Prefeitura atende ocorrências após fortes chuvas em Jarinu

A Defesa Civil de Jarinu está em alerta atendendo emergencialmente as ocorrências causadas pelas fortes chuvas neste domingo (07), com apoio de Serviços Públicos, equipe do Trânsito e Guarda Civil Municipal.

O volume de chuvas no domingo foi de 70mm, segundo medição da Defesa Civil de Jarinu.

As solicitações de desobstrução e liberação de vias já foram atendidas: retirada de árvore da Estrada da Bragantina, remoção de terra que deslizou sobre a rua Jacinto Marin e nivelação de cratera causada pelas chuvas no Recanto Silvana, rua Antônio Tafarelo.

   

A região central, ao redor do campo do Jarinu Futebol Clube, ficou parcialmente alagada. Ainda neste domingo, o volume de água baixou e a circulação pelas vias centrais retornou normalmente.

A Prefeitura de Jarinu informa que estão em fase de estudos, projetos e obras em pontos críticos da cidade, onde casas costumam ser invadidas pelas águas, como ocorre há anos. As ações de melhorias têm início previsto para após os períodos de chuvas intensas.

Nesta segunda-feira (07), equipes da Secretaria de Obras farão vistoria na região central, para analisarem os impactos de obras feitas nos últimos anos nas áreas próximas ao alagamento.

A Prefeitura ressalta a importância do munícipe comunicar ocorrências à Defesa Civil de Jarinu pelos telefones (11) 9.4536-9360 ou (11) 4016-2035.

Jarinu intensifica combate a aglomerações e festas clandestinas

Em reunião do GGI – Gabinete de Gestão Integrada de Jarinu, nesta sexta-feira (05), foram discutidas ações para coibir e encerrar aglomerações e festas clandestinas, além de implantar estratégias para conscientizar comércios mediante denúncias de não cumprimento às regras da fase vermelha do Plano SP.

Numa força-tarefa da Segurança Pública com Vigilância Sanitária e Fiscalização de Postura, as equipes estarão de plantão para atenderem as demandas da população.

A Guarda Civil Municipal de Jarinu, com apoio da Polícia Militar, atenderá as ocorrências e denúncias por ordem de relevância, dando prioridade a grandes aglomerações e festas clandestinas.

Além das ações de conscientização, serão abertos processos internos contra comércios e chácaras que não cumprirem as determinações referentes à fase vermelha do Plano SP.

O telefone para denúncias é o 153.