, ,

Cemitério Municipal de Jarinu sofre ondas de furtos

Placas, crucifixos, vasos e até puxadores foram furtados do Cemitério Municipal de Jarinu na última semana. De acordo com os zeladores do local ainda não foram contabilizados os números, mas o prejuízo para os donos dos jazigos é grande, uma vez que essas peças tem valor financeiro e, muito mais, sentimental.

O Secretário de Obras e Urbanismo, da Prefeitura de Jarinu, Cirilo de Alexandria Almeida, responsável pelo Cemitério informou que cabe ao Executivo a concessão de uso do espaço aos familiares, e a manutenção dos jazigos como limpeza, e demais cuidados, é de responsabilidade dos familiares.

“A Prefeitura faz a cessão de uso aos familiares, que pagam uma taxa a cada cinco anos, sendo renovado por mais cinco anos sucessivamente. Também é de responsabilidade do Executivo a manutenção do espaço, calçamentos, pintura e reforma de muros e a zeladoria. Não existe a possibilidade de fiscalizarmos todas as sepulturas”, afirmou Cirilo de Alexandria.

Providências

Ainda de acordo com o Secretário de Obras e Urbanismo a Prefeitura registrou um Boletim de Ocorrência para os furtos que aconteceram na última semana, e pede ajuda da população para fazer as denúncias, uma vez que não é comum alguém aparecer vendendo objetos de cemitérios. “Caso encontre alguém vendendo peças de cemitérios, que não seja legal, desconfie e denuncie”, finalizou.

SEGURANÇA

De acordo como Comandante da Guarda Civil Municipal, Alexandre Garcia, as vistorias já aconteciam e serão intensificadas durante o dia e à noite. “Vamos intensificar a passagem da Guarda Municipal nos arredores do cemitério e do bairro”. O Comandante também pediu que a população faça denúncias em caso de suspeitas, e agradeceu o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil.

O telefone da GCM é 153 | 4016-3099 ou WhatsApp 11-98950-8148

Polícia Militar 190

,

Máquinas da Prefeitura realizam manutenção em diversos pontos de Jarinu.

Aproveitando o período de estiagem a Prefeita Eliane Lorencini, e seu vice Claudio Catroque se reuniram com sua equipe e solicitaram providências imediatas nas estradas rurais e urbanas.  Prova disso encontramos com as máquinas trabalhando em diversos bairros do município, além do cuidado com a limpeza, poda de galhos e corte de mato alto. Uma campanha para manter a cidade limpa também esta sendo veiculada na mídia.

Na Estrada da Bragantina máquinas trabalham na recuperação da via que – por ser muito úmida e coberta de árvores, favorece o aparecimento de buracos. Recuperação da via, abertura de canaletas laterais para drenagem da água, cascalhamento e poda de galhos também são executadas pela equipe da secretaria de Serviços Públicos.

Outras duas máquinas trabalham na recuperação das ruas bairro Nova Trieste, que também contara com abertura de uma rua, que era uma solicitação antiga dos moradores. O bairro do Roseiral também esta sendo contemplado. Ruas que praticamente não existiam, devido a quantidade de matos e galhos, estão sendo recuperadas.

Máquinas já concluiram 60% dos trabalhos no Bairro Roseiral

Máquinas trabalham no bairro Nova Trieste

 

 

 

 

 

 

 

“Esse trabalho demanda tempo, pois o serviço precisa ser executado a contento. As vezes podemos achar que o serviço, por ter máquinas de grande porte será feito rápido, e isso é um engano, uma vez que o estado em que se encontram algumas ruas, pedem que as máquinas passem de duas a três vezes, além do cascalhamento e compactação do solo”, disse Eliane Lorencini.

Ainda de acordo com a Prefeita o município de Jarinu possui uma área territorial muito extensa o que dificulta algumas vezes a demanda de máquinas para realização das manutenções. “Isso não quer dizer que não serão feitas. Vamos fazer. Recebemos inúmeros pedidos através da Ouvidoria, das nossas secretarias, e buscamos melhorias constantes na prestação do serviço ao município”, finalizou.

Para o secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo, as vezes não parece que as máquinas estão trabalhando, devido a área territorial do município, que faz divisa com outros municípios, e muitos não conhecem. “Muitas vezes, como hoje, tem máquinas longe do centro, pois estão nos bairros que fazem divisas com outros municípios, pertencente a Jarinu, e sempre ouvimos que não estamos trabalhando, mas quem conhece nosso trabalho sabe que estamos fazendo”, destacou. Ele ainda completa agradecendo a todos os funcionários da Secretaria de Serviços Públicos.

, ,

Prefeitura solicita limpeza de terrenos e calçadas

Época de seca facilita o aumento de queimadas. 

A Prefeitura de Jarinu solicita aos proprietários de terrenos e lotes baldios, da zona urbana, para que façam a limpeza evitando multas. Assim, também, para as calçadas (passeio) de pedestres.

Segundo o departamento de fiscalização da Prefeitura existe uma grande quantidade de terrenos ocupados por vegetação daninha, o que representa perigo para a segurança e para a saúde pública.

A proliferação de animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões, nesses terrenos, é muito grande, principalmente nessa época do ano. Por isso os fiscais pedem aos proprietários para que mantenham seus terrenos limpos, com risco de serem notificados e, em seguida, autuados através de multa, conforme Anexo I do Decreto n.º 1.718/2000, que regulamentou a Lei Complementar Municipal n.º 18 de 17 de março de 1995, além do custo de regulamentação prevista no Artigo º do mesmo decreto.

De acordo com o Departamento a Prefeitura recebe reclamações constantes de moradores vizinhos a esses terrenos. Logo depois, encaminham uma notificação aos proprietários que têm um prazo de 30 dias para efetuar a limpeza.

Porém, assim que recebem a notificação é importante que – antes da roçada do terreno, consultem a Secretaria de Meio Ambiente, caso constem árvores no local, pelo número (11) 4016-8200

Para limpeza dos terrenos não é permitido o uso de fogo, sob pena de aplicação de multa prevista no Artigo 78 da Lei Complementar Municipal n.º 18, de 17 de Março de 1995, no valor de R$ 1000,00. As denúncias poderão ser feitas, sob sigilo absoluto na Prefeitura Municipal ou na Secretaria de Meio Ambiente, pelo telefone (11) 4016-8200

,

Defesa Civil e Departamento de Trânsito recebem treinamento

O período de estiagem esta chegando e nada melhor do que estar preparado. Pensando nisso a Defesa Civil e o Departamento de Trânsito da Prefeitura de Jarinu já saíram na frente e participaram, na quinta-feira, dia 25, no Ginásio de Esportes, de um treinamento – teórico e prático – realizado pelo Corpo de Bombeiros.

Com duração de cinco horas, das 09h às 15h, sendo uma pausa para o almoço, os funcionários dos departamentos de Defesa Civil e Trânsito foram orientados, pelos bombeiros Prestes e Altieri, com relação ao Método “Start”, Biossegurança, Análise Primária e Secundária, Primeiros Socorros, Prevenção, Combate ao Incêndio, e por fim Simulações de Acidentes

Os treinamentos são necessários como consequência da falta de chuva, pois se registra a queda da umidade relativa do ar, característico do inverno, com isso a população sofre com doenças respiratórias, infecções e viroses, além de queimadas irregulares, causando ardência e ressecamento nos olhos, boca e nariz.

 

 

 

 

 

Em Jarinu os funcionários da Defesa Civil recebem treinamentos constantes e buscam cada vez mais se aperfeiçoar para ajudar a população e suas ocorrências.

Para Prefeita Eliane Lorencini “o treinamento se faz necessário de forma contínua uma vez que surgem novas ocorrências diariamente. Além disso, a Prefeita aproveita para parabenizar os funcionários da Secretaria de Assuntos para Segurança Pública entre eles Trânsito, Defesa Civil e Guarda Municipal, pela atuação frente ao município.

Para conhecer mais sobre a Defesa Civil e os trabalhos que são realizados os moradores podem ligar para (11) 4016-2035 e agendar um horário.

Confira mais fotos aqui

, , ,

Manutenção nas estradas de Jarinu estão em ritmo acelerado

Após a manutenção das estradas é preciso que motorista e pedestres tenham atenção

A Prefeitura de Jarinu tem trabalhado de forma incansável para atender as demandas que são prioridades no município. Para tanto, a Prefeita Eliane Lorencini, aproveitou uma folga na sua agenda, na manhã da quarta-feira, dia 17, para vistoriar algumas obras que estão em andamento nos diversos bairros e, também, áreas que vão receber benfeitorias. Além disso, a Prefeita ouviu reivindicações e agradecimentos da população.

Para Eliane Lorencini “fiscalizar é um ponto primordial de toda administração, e torna-se, – até mesmo – uma questão de compromisso com a população que pode cobrar se perceber alguma anormalidade”.

A primeira parada da Prefeita, que estava acompanhada do secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo, e de Assuntos Parlamentares, Fátima Lorencini, foi na estrada da Alvorada, no bairro Água Preta, em seguida passou pela Vila Primavera, Vila Ipê, Vila Nova Trieste e seguiu para o bairro Fazenda Primavera, até a divisa com Itatiba. “Nossa cidade tem uma extensão muito grande em área territorial. São aproximadamente 600 quilômetros de estradas, não parece, mas temos muitas estradas para arrumar”, destacou.

Fresas asfálticas doadas garantem manutenção com mais durabilidade nas ruas do município

Após manutenção ruas recebem fresas e cascalhos para garantir durabilidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com o Secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo, os funcionários não param, todos estão empenhados em deixar a cidade cada vez melhor. “Eles sabem da dificuldade que temos principalmente com relação a negociação com fornecedores para entrega de materiais. Por isso, estão empenhados em nos ajudar, e trabalhamos com o que temos”.

Por outro lado a Prefeita ficou muito feliz com o resultado e a qualidade dos serviços. “Todos estão de parabéns pela execução dos trabalhos: motoristas, operadores de máquinas, ajudantes, enfim, parabenizo a todos, pois a união faz com que o trabalho seja feito sem pressa, e com muito mais qualidade. Hoje, alguns bairros já tiveram o serviço concluído, e assim vamos prosseguindo, até conseguirmos atingir 100% das ruas não pavimentadas”.

Na semana anterior, a Prefeita – que estava acompanhada do Vice Claudio Catroque, vistoriou a estrada da Bragantina, em toda extensão, no perímetro dentro do município. “Temos que refazer alguns trechos, pois existem muitas árvores que causam sombra, consequentemente, deixando o solo mais úmido, vindo a formar erosões. Certamente as máquinas voltarão para lá”, ressaltou.

ROÇAGEM

Outro serviço que vem sendo executado em conjunto com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente é a roçagem das laterais e barrancos das estradas. “Todo o serviço é feito em união com as Secretarias. Não adianta arrumar estrada e não roçar. Temos que fazer o serviço completo. Agradeço a todos”, destacou Eliane Lorencini.

PODA DE ÁRVORES

A Defesa Civil tem trabalhado para garantir a segurança de todos, por isso, após análise técnica também executa o serviço de podas de árvores, e lembra que não é permitido que cortem árvores sem a devida autorização e fiscalização do departamento responsável.

SERVIÇOS PÚBLICOS.

Enquanto uma equipe faz manutenção nas estradas, a outra equipe cuida da manutenção e escoamento das águas da chuva, com a colocação de tubos, boca de lobo (bueiros), e sangrias para que a água não volte para o meio da estrada.

“Para se ter ideia, uma rua apenas recebeu 150 caminhões de terra em dois dias. Há muito tempo ela não recebia manutenção. Não adianta chegar, jogar terra e passar a máquina. O trabalho tem que ser feito para durar”, lembrou o Secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo.

CONFIRA MAIS FOTOS AQUI