NÚCLEO DE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA SAÚDE

Conheça o Núcleo

 

O Núcleo de Prevenção à Violência e Promoção da Saúde é um setor da Secretaria de Saúde especializado no atendimento e prevenção da violência doméstica e sexual contra crianças e adolescentes, promovendo a saúde e o bem estar das vítimas e seus familiares.

A atividade principal do Núcleo é trabalhar integrado com a rede de atenção e apoio as crianças e adolescentes do município.

O Núcleo de Prevenção iniciou suas ações em 2006 e até o momento realizou algumas atividades como:

  • Fóruns de debates e Encontro Inter Setorial abordando temas como:
  • Importância do Núcleo no enfrentamento à violência.
  • Violência uma questão de saúde pública.
  • Importância da articulação da rede no atendimento e prevenção da violência doméstica.
  • Enfrentamento da violência na saúde pública.
  • Prevenção e Atendimento psicossocial.
  • A violência doméstica e o abuso sexual.
  • Detecção, Notificação e relação Inter Institucional.
  • O Impacto da Violência nas Relações Sociais e na Saúde da Sociedade.
  • Intersetorialidade no Enfrentamento da Violência e a Integração da Rede de Apoio.
  • Capacitações para profissionais da rede, onde foram instrumentalizados para serem agentes multiplicadores de ações preventivas à violência doméstica e sexual contra crianças e adolescentes.
  • Aprovação do Ministério da Saúde para Implantação e Estruturação do Núcleo de Prevenção à Violência e Promoção da Saúde.
  • Implantação da ficha de Notificação de Violência Interpessoal/Autoprovocada, conforme determinação do Ministério da Saúde aos municípios com Núcleo de Prevenção implantados.
  • Portaria Nº 7015, de 18 de outubro de 2011 que nomeia membros para Comissão de Enfrentamento á Violência Contra Crianças e Adolescentes e Promoção da Saúde no município de Jarinu.
  • Parceria do Núcleo com Fundação Abrinq, Instituto Sedes Sapientae e Instituto WCF Brasil (Início 2006).
  • Parceria com Conselho Tutelar local para realização de triagem nos casos que requerem atendimento psicológico para criança e/ou adolescente e seus responsáveis.
  • Avaliação Psicológica para crianças e adolescentes vítimas de violências com processo judicial (Início 2014).
  • Realização de psicodiagnóstico para crianças em atendimento com neuropediatra (Início 2014).
  • Criação de uma página com o tema Prevenção à Violência Doméstica no site da Secretária Municipal de Saúde (Início 2015).
  • Atendimento Psicológico: “Grupo Retocar”, onde as participantes, vítimas de violência doméstica tem a possiblidade de “rever” seu próprio “eu”, seus sentimentos, seus afetos, suas emoções e reconstruir a condição de paz interior (Início 2015).
  • Elaboração de um plano municipal de enfrentamento à violência intrafamiliar, possibilitando atendimento às vítimas, familiares e agressores (Início 2017).
,

Jarinu realiza “Fique Sabendo” com teste rápido para Sífilis, HIV e Hepatite

A Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Jarinu, através do departamento de Vigilância Epidemiológica, realizará entre os dias 27 de Novembro e 01 de Dezembro, mais uma edição da Campanha “Fique Sabendo”, com testes rápidos e gratuitos para HIV, Hepatites B e C, e Sífilis, em todas as unidades de saúde e no Ambulatório Central, no horário de expediente.

Para a Campanha não existe um número a ser atingido como meta, mas a Equipe da Saúde gostaria que os números ultrapassagem a marca das 500 procuras pelo teste rápido, uma vez que muito se fala sobre as doenças sexualmente transmissíveis, porém poucos procuram fazer os exames.

“Com o teste rápido é possível encaminhar o paciente para tratamento. Lembramos, também, que é totalmente sigiloso e ninguém precisa ficar constrangido de fazê-lo, mas sim por não fazê-lo. Prevenção é a porta para o cuidado com a saúde”, disse Antenor Gomes Gonçalves, secretário de Saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde e o Programa das Nações Unidas sobre Aids (Unaids) a cada hora, cinco pessoas são infectadas pelo vírus HIV no Brasil, em 2016, o País registrou cerca de 50 mil novos casos. Neste mesmo ano, a Vigilância Epidemiológica de Cotia registrou 51 casos de Aids/HIV e, de janeiro a 2 de outubro deste ano, foram anotados 78 novos casos

, , , ,

Semana do Bebê encerra neste sábado na Praça da Matriz

Com abertura oficial na segunda-feira, dia 31 de Julho, no Paço Municipal de Jarinu, a 6ª Semana do Bebê trouxe para pais, crianças e todos os familiares diversas atividades lúdicas com o objetivo de sensibilizar toda a sociedade com relação aos cuidados com as crianças, da gestação até a adolescência.  Além de ser uma oportunidade de envolver vários segmentos para a reflexão sobre todas as questões envolvidas na temática de cuidar com responsabilidade e carinho dos bebês e respeitar sua infância.

A Semana do Bebê faz parte do Programa Primeiríssima Infância, desenvolvido pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e pela Prefeitura Municipal de Jarinu, por meio das secretarias de Educação, Desenvolvimento Social e Saúde.

Para Prefeita Eliane Lorencini o projeto que começou em 2012 se mantém funcionando até agora porque é algo concreto que traz benefícios para todos. “Não estamos na gestão para acabar com projetos de um ou de outro prefeito que já passou. O que é bom para a população precisa continuar e esse projeto, que começou em 2012, certamente se perpetuará no município”.

Durante a Semana do Bebe as UBS e escolas municipais realizaram atividades com palestras, higiene bucal, corridas de saco, brincadeiras, contação de histórias, danças com bebês, pintura fácil, e orientação para mães e pais sobre os cuidados com a criança.

ENCERRAMENTO

No sábado, dia 05 de agosto, na Praça da Matriz, ocorre o encerramento da 6ª Semana do Bebê de Jarinu, com atividades gratuitas para toda população. De acordo com a articuladora do Programa em Jarinu, Maria Teresa, haverá informações sobre saúde, atendimento educacional especializado, informações sobre APAE, brincadeiras com corda, amarelinha, desenhos, além do espaço lúdico com massinhas, desenhos, roda de música e pintura facial.

A programação continua às 09h30 com aula de zumba, para fortalecimento do esportivo, em seguida, às 10h00, danças circulares, e às 11h00 teatro infantil.

SEMANA REGIONAL

Ainda na segunda-feira, dia 31, no Teatro Polytheama, em Jundiaí, aconteceu a abertura Regional da Semana do Bebê, com participação e apresentação especial do grupo Amira Dança e Movimento e Baby Fusion, além de palestra com o psiquiatra da infância, Gustavo Estanislau.

Participaram do evento, a Prefeita Eliane Lorencini, o secretário de Saúde, Antenor Gonçalves, articulares do Programa em Jarinu, colaboradores da secretaria de Desenvolvimento Social, Saúde, Educação, Cultura, além dos agentes comunitários de saúde da cidade.

, , , , ,

Jarinu recebe 6ª Semana do Bebê

Saúde, Educação e Assistência Social estão reunidas para tratarem de um único assunto: Primeiríssima Infância. Projeto implantado em 2012 e que já entrou em seu sexto ano consecutivo com a Semana do Bebê.

A 6ª Semana do Bebê de Jarinu começa na segunda-feira, dia 31 de julho, a partir das 09h, na Prefeitura de Jarinu, com abertura oficial e presença de autoridades, secretários municipais, assistentes sociais e representantes do Governo de Estado às 19h00, no Teatro Polytheama de Jundiaí.

Para Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu, os pais devem estar mais atentos aos seus filhos, além de participarem mais da vida deles e deixarem um pouco a tecnologia de lado para ficarem com as crianças. “Estamos num mundo muito moderno. A tecnologia tem tirado o contato entre pais e filhos e a própria família, devemos estar atentos a isso e não perder o que nossos pais e avós nos ensinaram. A acolhida, o carinho e o amor são os melhores remédios para uma criança”.

As atividades, que começam no dia 31 e encerram no sábado, 05 de agosto, serão realizadas durante toda semana nas creches, escolas municipais (EMEFS), Unidades Básicas de Saúde (ESF), e Unidade Mista de Saúde, durante todo o dia.

O evento é realizado com o objetivo de sensibilizar toda a sociedade com relação aos cuidados para com as crianças, desde a gestação até a adolescência.  Além de ser uma oportunidade de envolver vários segmentos para a reflexão sobre todas as questões envolvidas na temática de cuidar com responsabilidade e carinho dos bebês e respeitar sua infância.

A Semana do Bebê faz parte do Programa Primeiríssima Infância, desenvolvido pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e pela Prefeitura Municipal de Jarinu, por meio das secretarias de Educação, Desenvolvimento Social e Saúde.

Toda programação estará disponível na página da Prefeitura de Jarinu, CRONOGRAMA DA SEMANA DO BEBÊ DE JARINU  além das creches, escolas, unidades de saúde e Secretaria de Educação. Mais informação ligue para (11) 4016-0200 e fale com os responsáveis pela Primeiríssima Infância de Jarinu.

, ,

Conselho do Idoso de Jarinu pede mais conscientização contra pessoa Idosa

De encontro com o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado em 15 de Junho, o Conselho Municipal do Idoso (CMI) lembra a população para que se conscientizem mais sobre os assuntos relacionados a pessoa idosa.

De acordo com Zuleika Oliveira, presidente do CMI, o Conselho não trabalha apenas para combater denúncias, porque as pessoas procuram muito mais a Polícia ou a Guarda nesses casos, mas – além disso -, na defesa dos direitos, garantindo qualidade de vida.

“Hoje o Dia é lembrado para sensibilizarmos a sociedade em prol do combate à violência contra idosos, além da violação dos Direitos Humanos. O objetivo é garantirmos o envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade”, disse.

Em Jarinu o Conselho do Idoso se reúne na Secretaria de Assistência Social, todas as primeiras segundas-feiras do mês, às 10h, mas as ligações e denúncias, ou – até mesmo – o esclarecimento de dúvidas podem ser feitos diariamente, das 08h00 às 17h00.

Para se informar e saber como denunciar, saiba quais são as formas de manifestação da violência contra a pessoa idosa:

Física: Inclui abuso e maus tratos físicos, que constituem a forma de violência mais visível e costumam acontecer por meio de empurrões, beliscões, tapas ou por outros meios mais letais, como agressões com cintos, armas brancas (ex. facas, estilete) e armas de fogo.

Negligência/ abandono: Negligência é a omissão por familiares ou instituições responsáveis pelos cuidados básicos para o desenvolvimento físico, emocional e social do idoso, tais como privação de medicamentos, descuido com a higiene e saúde, ausência de proteção contra o frio e o calor. O abandono é uma forma extrema de negligência.

Sexual: É qualquer ação na qual uma pessoa, fazendo uso de poder, força física, coerção, intimidação ou influência psicológica, obriga outra pessoa, de qualquer sexo, a ter, presenciar ou participar, de alguma maneira, de interações sexuais.

Econômico-financeira e patrimonial: Consiste no usufruto impróprio ou ilegal dos bens dos idosos, e no uso não consentido por eles de seus recursos financeiros e patrimoniais.

Autoinfligida e autonegligência: Refere-se à conduta da pessoa idosa que ameaça sua própria saúde ou segurança por meio da recusa de prover a si mesma dos cuidados necessários. Nesse caso, não se trata de terceiros que provocam a violência, e sim da própria pessoa idosa.

Psicológica: Corresponde a qualquer forma de menosprezo, desprezo, preconceito e discriminação, incluindo agressões verbais ou gestuais, com o objetivo de aterrorizar, humilhar, restringir a liberdade ou isolar a pessoa idosa do convívio social. Pode resultar em tristeza, isolamento, solidão, sofrimento mental e depressão.

“Esquecer É Permitir, Lembrar É Combater”

“Dia 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes” Este dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de oito anos de idade que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média daquela cidade. O crime apesar de hediondo, até hoje está impune.

O Abuso Sexual acontece quando uma pessoa maior que a criança, seja ela quem for:

Faz brincadeiras passando a mão nas partes do seu corpo que, normalmente, ela não mostra a ninguém.

Quer mostrar-lhe ou mostra seus órgãos sexuais.

Convida ou obriga a tocar no órgão genital dela.

Encosta ou se esfrega na criança de maneira estranha deixando-a envergonhada, sem jeito ou com medo.

Tudo isso é abuso sexual, é errado e é crime.

, ,

Jarinu realiza palestras de combate ao abuso e exploração sexual de adolescentes

Na próxima quinta-feira, dia 18 de maio, comemora-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, por isso a Prefeitura de Jarinu, através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS – e o Núcleo de Prevenção à Violência, realiza uma semana repleta de palestras com o objetivo de orientar alunos e professores da Rede Municipal e Rede Estadual sobre o tema em discussão.

No dia 15 de Maio, das 14h30 às 16h30, a palestra será dirigida as crianças até 10 anos da EMEF Mario Covas; Dia 16 – das 08h00 às 10h30 as EMEF´s Maria Helena, Júlio Squizato, Fioravante Doratiotto, Rodolpho Soranz e Juvenal de Souza abrirão as portas para os especialistas falarem com as crianças.

O Centro de Convivência do Idoso – CCI – será palco das palestras para os alunos das EMEF´s Maria de Lourdes Negri de Oliveira e Pedro Ferrara, no dia 17, das 14h30 às 16h30.

Para os alunos de 11 e 12 anos, o assunto será abordado das 13h00 às 16h00 na EE Jerônimo de Camargo.

Você pode se perguntar o que será abordado nessa palestra. Segundo o CREAS o principal fator é orientar as crianças para que elas consigam perceber a diferença de um carinho natural para um mais abusivo, não dar atenção a estranhos, compartilhar sempre o que houve com os pais, professores, com as pessoas que a criança ou adolescente possam confiar.

PALESTRA GRATUITA PARA POPULAÇÃO

O Centro de Referência de Assistência Social (CREAS), e o Núcleo de Prevenção à Violência e Promoção da Saúde de Jarinu, convidam toda população para no próximo dia 18, às 19h00, no CCI, participarem da palestra sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra crianças e adolescentes. Na ocasião será apresentado um teatro, e em seguida as orientações com especialistas. Entrada é de graça, e o CCI fica na Rua José Moura Soranz, 111 – ao lado do ginásio de esportes.

Mais informações (11) 4887-2152