,

Secretaria de Saúde de Jarinu abre as portas para novo centro de Fisioterapia

Atendimento aos pacientes já começou no mesmo dia da inauguração

Dando mais comodidade e assegurando um tratamento mais humano, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Jarinu, inaugurou na manhã da terça-feira, dia 19, na rua Vereador Hermínio Contesini, 222, centro, um novo ambiente para atendimento aos pacientes de Fisioterapia.

Presente na cerimônia a Prefeita Eliane Lorencini disse que “nesse novo espaço os pacientes terão um atendimento mais humano”, uma vez que “o espaço é amplo e foi preparado pensando em criar condições para diminuir a fila de espera”.

Cláudio Catroque, vice-prefeito, também usou da palavra para agradecer e enfatizou o trabalho que o Executivo tem desenvolvido. “Não foi um ano fácil em nenhum setor. Temos conhecimento da crise que o país passa e que tem afetado as menores cidades, mas, juntos, vamos trabalhar para ter um município melhor para nossa gente”.

Acompanhado dos fisioterapeutas e dos funcionários, o secretário de Saúde frisou a importância de um espaço maior. “Precisávamos de um espaço maior e mais humanizado para nossos pacientes. A partir de Janeiro teremos mais novidades. Estamos estudando e, certamente, 2018 será bem mais produtivo que 2017”, disse.

A Prefeita agradeceu ao apoio de todos, saudou os presentes, entre eles os vereadores Everton Lorencini, João Lorencini, Clóvis Calixto, Eduardo Matias, Chikinho Lava Kar, Simone Gerez, Rodrigo Batistel, Eremirton Paraíba e Edson Bêgo.

Além de toda comodidade, os pacientes agora terão vagas para estacionar, banheiros adaptados, secretária e salas específicas para o tratamento necessário. Mais informações (11) 4016-8101.

Secretaria de Saúde informa: Dia D Mobilização Mosquito Dengue

Dia Nacional de Mobilização contra o Mosquito da Dengue

Download do briefing -> Briefing de apoio – Dia Nacional de Mobilizacao contra Mosquito (1)

Download do Ofício -> Of. Circ. ET 111-2017-Dia D

,

UBS´s e Ambulatório Central vacinam contra Febre Amarela

As Unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF/UBS), dos bairros Maracanã, Campo Largo, Nova Trieste e Vila Primavera, além do Ambulatório Central (antigo Pronto Socorro), continuam vacinando contra Febre Amarela, durante a semana.

De acordo com o Departamento Epidemiológico o município faz parte da área ampliada para os casos de febre amarela, isso significa que a cidade está próxima de áreas onde já existem casos da doença, além de ter um caso de macaco morto pelo vírus.

A Secretaria de Saúde informou, também que, até 26 de outubro foram aplicadas 12.876 doses da Vacina, e 25 macacos foram encontrados e encaminhados para análise, sendo apenas 1 caso positivo para o vírus em Animal Primata Não Humano, nesse caso o macaco foi encontrado no bairro Pitangal.

Desde o dia 29 de Abril a equipe de Saúde tem vacinado os moradores através de Campanhas ou diretamente nas Unidades Básicas. “É importante ressaltar que o macaco não transmite o vírus para o humano, e sim o mosquito. O macaco é apenas o vetor indicando que o vírus esta no local. É importante tomar a dose da vacina”, disse Antenor Gomes Gonçalves, secretário de Saúde.

Mais informações poderão ser encontradas no endereço eletrônico (www.jarinu.sp.gov.br), ou ligando para (11) 4016-8100 e 4016-5917

LOCAIS E HORÁRIOS DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AMARELA.

►ESF Vila Primavera – de segunda a sexta-feira -> das 08h30 às 11h30 (50 senhas) e das 13h às 16h (50 senhas)

►ESF Maracanã – de segunda a sexta-feira -> das 08h às 11h e das 13h às 15h (livre demanda)

►ESF Nova Trieste – de segunda a sexta-feira -> das 08h às 11h e das 13h às 15h – com exceção de 26/10 que a Unidade atenderá exclusivamente aplicações de Febre Amarela devido a demanda.

►ESF Campo Largo – de quarta e quinta-feira das 13h às 16h. Caso existam grupos de 6 pessoas em outros dias da semana a vacina será aplicada, para não perder as doses do fraco, que são 10.

►Ambulatório Central – de segunda a sexta-feira das 08h30 às 11h e das 13h às 15h

A DOSE é ÚNICA. Quem já tomou não precisa tomar a segunda dose de acordo com o Ministério da Saúde, através de boletim divulgado em Abril de 2017, com estudos feitos pela Organização Mundial da Saúde (OMS)