, ,

Combate à COVID-19: festa interrompida, bares fechados e monitoramento ostensivo

Entre sexta-feira (26) e domingo (28), as ações de fiscalização e monitoramento em Jarinu, por meio de rondas ostensivas da Guarda Civil Municipal, somadas às denúncias via telefone 153, resultaram no fechamento de dois bares que funcionavam clandestinamente, além da interrupção de uma festa com mais de 30 pessoas em chácara na Vila Ypê.

Com o triplo do efetivo nas ruas, a Guarda Municipal contou com o apoio da tecnologia para monitorar áreas de chácaras: um drone sobrevoou os bairros para identificar possíveis aglomerações.

Já a Vigilância Sanitária visitou os comércios informando sobre as restrições quanto a venda de bebidas alcoólicas.

Equipes da Saúde e Segurança Pública montaram barreiras sanitárias e educativas em pontos estratégicos da cidade, visando monitorar o movimento nas vias, aferir a temperatura de todos no carro e informar sobre as restrições do decreto e a proibição de festas e aglomerações, passíveis de multas.

Vigente desde sexta-feira (26), o Plano Emergencial de Atenção e Combate à COVID-19, implantado pela Prefeitura de Jarinu por meio do decreto nº 3135/21, pioneiro na região do Aglomerado Urbano de Jundiaí, amplia as restrições na fase emergencial do Plano SP.

“O reflexo das ações no primeiro final de semana, com o Plano Emergencial em operação mostra adesão da população às regras e empenho da maioria dos moradores de Jarinu em colaborar com o combate à COVID-19. A conscientização da população neste momento tão grave da pandemia do coronavírus é tão importante quanto o empenho da Prefeitura em coibir aglomerações”, destaca a prefeita, Débora Prado.

O decreto continua vigente no feriado de 02 de abril e no sábado e domingo, dias 03 e 04 de abril. As ações serão intensificadas na sexta-feira, se estendendo pelo final de semana.