, ,

Em Jarinu aulas presenciais só em 2021

Escolas continuam abertas para atender a comunidade

A Prefeitura de Jarinu publicou na segunda-feira, dia 28, o Decreto Municipal n. º 3.101 que dispõe sobre as atividades educacionais em todas unidades da rede pública e privado do município em virtude da pandemia causada pelo Novo Coronavírus, após interrupção das atividades desde março.

De acordo com o documento pesquisas realizadas pelas escolas, com pais e responsáveis, apontam que 76% deles são contrários ao retorno das aulas presenciais, por isso o Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus – CMPEC e a Comissão Municipal de Educação para Gerenciamento da Pandemia da Covid-19, que é composta por representantes de escolas municipais, estaduais, particulares, de pais de alunos, e das secretarias municipais de Educação e de Saúde, se reuniram na sexta-feira, dia 25, para discussão do possível retorno das aulas, de acordo com o Plano São Paulo.

José Ivan Musselli, secretário de Educação de Jarinu, destacou que as unidades municipais de ensino não estão desamparadas e têm todo o engajamento do corpo docente e da gestão para atendimento aos alunos, mesmo sem as aulas presenciais.

“Temos uma logística enorme com transporte e alimentação, e diante do que esta apresentado no Plano São Paulo, ainda não temos como retornar as atividades presenciais. As escolas continuarão abertas, com a equipe gestora, para orientações aqueles que precisarem, e os professores passam por capacitação para aperfeiçoar, ainda mais, as aulas online e produção de materiais”, frisou.

Após a discussão o assunto foi levado ao Executivo, para apreciação, que acatou o pedido. “Recebemos a discussão pautada pelos Comitês e, após análise, optamos, seguindo as medidas previstas, por vedar o retorno das aulas presenciais até 31 de dezembro de 2020”, destacou Anderson da Cunha, secretário de Administração Geral.