Alunos do curso de Teatro da Prefeitura apresentaram O Auto da Compadecida

Releitura da peça trouxe muita comédia e reflexão para um público de 350 pessoas

Os alunos do curso de teatro da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, da Prefeitura de Jarinu, apresentaram no sábado, dia 26, no Salão Paroquial Nossa Senhora do Carmo, Centro, uma releitura da peça “O Auto da Compadecida”, dirigida e escrita por Daniel Di Sevo.

No decorrer da peça os alunos atores mostram um pouco sobre as aventuras de João Grilo e Chicó, dois nordestinos pobres que viviam de golpes para sobreviver, enganando o povo de um pequeno vilarejo no sertão da Paraíba, inclusive o temido cangaceiro Severino de Aracaju, que os perseguia pela região.

Com um misto de religiosidade, comédia e emoção, somente com o aparecimento de Nossa Senhora foi que Chicó conseguiu ser absolvido de suas trapalhadas.

O evento contou com um público de aproximadamente 350 expectadores que puderam prestigiar a desempenho dos alunos atores, além da Secretária de Assistência Social, Fabiana Garutti, que destacou a importância do curso de teatro para sociedade jarinuense. “As aulas ajudam na socialização, no convívio com o outro, na leitura e interpretação. Parabenizo a todos”. O vice-prefeito Cláudio Catroque também compareceu, representando a prefeita Eliane Lorencini, e parabenizou a todos.

PROXIMAS APRESENTAÇÕES.

As apresentações acontecem no Salão Paroquial Nossa Senhora do Carmo, que fica na Avenida da Saudade, Centro, às 20h30. As peças são apresentadas por adolescentes, jovens, adultos e idosos com classificação mínima de 10 anos.

No dia 30 de Novembro os alunos atores apresentam a peça “A Gaivota: amor incondicional”, às 20h30, com classificação de 14 anos.

Encerrando as apresentações, no dia 06 de Dezembro, será apresentado o clássico Alice no País da Maravilha, às 19h, com classificação livre. Assim como as anteriores a peça será encenada pelas crianças e adolescentes.