,

RECEITA ARRECADA COM MULTA DE TRÂNSITO ANO BASE 2017

Texto do artigo 320 e seu § 2º, da Lei Federal nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, Código de Trânsito Brasileiro, (CTB):
Art. 320. A receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.
§ 2º  O órgão responsável deverá publicar, anualmente, na rede mundial de computadores (internet), dados sobre a receita arrecadada com a cobrança de multas de trânsito e sua destinação.

DOWNLOAD

,

Guarda Municipal divulga balanço comparativo 2016/2017

A GCM de Jarinu, da Secretaria de Assuntos para Segurança Pública, divulgou nesta semana o balanço referente aos serviços prestados à população entre 2016 e o comparativo com 2017. No total, houve um aumento no atendimento prestado a população de 31% com relação ao ano anterior.

Entre os mais de 45 diferentes tipos de ocorrências lançadas no balanço destaca-se um aumento no apoio ao policiamento militar e civil. Em 2016 foram apenas 8 contra 26 em 2017. Outro fator destacado foi o número de Boletins de Ocorrências lavrados na Delegacia de Polícia, com aumento de 57%, sendo 47 em 2016 e 74 em 2017.

O Relatório de Ocorrência (RO) saltou de 603 para 788 em 2017, e o atendimento a perturbação do sossego, atendidos, foi de 46 para 91, ou seja 98% a mais de casos resolvidos em 2017. O balanço da Guarda Civil Municipal também mostra que em 2016 foram localizados 4 veículos roubados, enquanto em 2017 os agentes conseguiram localizar 11, assim como o número de ligações atendidas pelo 153 quando em 2017 foram 258 e em 2016 aconteceram 207 atendimentos.

RODA ESCOLAR

Desde que o projeto Ronda Escolar iniciou, em meados de 2017, a guarda municipal atendeu e solucionou 38 ocorrências, contra apenas sete em 2016 quando não havia o projeto. Se comparado com o ano anterior o aumento ultrapassa os 100% em atendimento.

“Para a Guarda Municipal é motivo de orgulho contribuir com a sociedade. Trabalhamos em prol da sociedade jarinuense, tentando atender a todos da melhor maneira, zelando pelo patrimônio público – que é nosso dever -, e pela cidade. É um dever de todos contribuir para uma cidade cada vez melhor”, afirmou Alexandre Garcia, comandante da GCM.

DENÚNCIA PELAS REDES SOCIAIS

Implantada em Jarinu, inédito na região, o atendimento via aplicativo de mensagens instantânea (WhatsApp) recebeu, de setembro a dezembro de 2017 o equivalente a 105 chamadas. De acordo com a GCM todos foram atendidos. “Jarinu é pioneira no uso do aplicativo para receber denúncias e esperávamos, num prazo de três meses, após as fases de testes e recepção por parte da população, o aumento no número de atendimento”, completou o Comandante Garcia.

O Comandante da Guarda Municipal agradeceu o apoio da Prefeitura Municipal para os projetos desenvolvidos na GCM e, também, a comunidade por acreditar cada vez mais no trabalho da GCM.

Serviço

Guarda Civil Municipal

WhatsApp para denúncia (11) 98950-8148

Telefones (11) 4016-3099 | 3182-0030 | 153

Clique aqui – comparativo 2016 2017

,

Centro Empresarial de Jarinu faz doação de carro para Guarda Civil Municipal

A Prefeita Eliane Lorencini, acompanhada do vice-Prefeito Cláudio Catroque, e dos vereadores Everton Lorencini, Clóvis Calixto e Eduardo Matias, recebeu na tarde da quarta-feira, dia 13, um veículo modelo Gol, da Volkswagen, doado pelo Brazilian Business Park, o maior centro empresarial da América Latina, situado no município de Jarinu.

De acordo com a Prefeita o veículo chega em boa hora, além de ser um presente de natal para a população, e a cidade só tem a agradecer ao empresário do Grupo BBP. “Através do empenho dos três vereadores, que solicitaram a doação para o empresário, conseguimos aumentar nossa frota da GCM. O veículo vem em boa hora. Não é zero quilômetro, mas esta em bom estado de conservação e com baixa quilometragem, o que garante maior tempo de uso para a municipalidade”.

Após receber as chaves das mãos do empresário, Eliane Lorencini e Cláudio Catroque entregaram para o comandante da Guarda Municipal, Alexandre Garcia, que estava acompanhado do subcomandante Siqueira e do Secretário de Assuntos para Segurança Pública, Coronel Aparecido Mondim.

Para o empresário e dono do Centro Empresarial a contribuição é uma ajuda que ele pode oferecer ao Município. “Esse veículo é para vocês. Ficamos felizes por vocês”, disse em poucas palavras.

Os três vereadores, responsáveis pelo pedido, também agradeceram. “Esse é um presente de natal para população, que vem em boas horas. Não poderia ser diferente e vamos em busca de muito mais conquistas”, disseram.

O objetivo da Prefeitura é permanecer cada vez mais em busca de inovações para a segurança pública da cidade e da população.

CENTRO EMPRESARIAL BBP

Situado às margens da Rodovia Dom Pedro I, há mais de 20 anos no mercado, o BBP- Brazilian Business Park desenvolve, incorpora e constrói condomínios industriais e logísticos. Com uma infraestrutura condominial completa, oferece serviços adicionais as empresas, buscando sempre estar à frente das necessidades dos clientes ofertando novos serviços. Além disso, realiza a comercialização de espaços e a administração condominial e dos serviços para que as empresas foquem 100% no seu próprio negócio.

, ,

Alunos da Rede Municipal escolhem nome e brasão para Ronda Escolar da GCM de Jarinu

Guardiões da Paz foi o nome escolhido pela equipe da Educação e da Guarda Municipal.

Acompanhados de pais, amigos e familiares, quatro alunos, entre os mais de 900 participantes, dos 4º e 5º anos da Rede Municipal de Ensino, receberam – na última sexta-feira, dia 24, na Câmara Municipal – a premiação por terem participado do concurso que elegeu o nome para a Ronda Escolar da Guarda Municipal de Jarinu.

Depois de 23 dias de criação, e escolha, o nome eleito foi Guardiões da Paz, da aluna Sabrina Wendrilly Martins de Souza, da EMEF Maria de Lourdes. O Brasão, que traz um símbolo com uma pomba da paz, foi criado pela aluna Kauani Borges, da EMEF Fioravante Doratiotto. Agora, brasão e nome irão compor o fardamento da Ronda Escolar.

Representando a prefeita Eliane Lorencini, o vice-Prefeito Cláudio Catroque parabenizou os alunos vencedores e aos pais e professores, além da GCM por incentivarem o Projeto. “As crianças são o futuro da nossa cidade. Devemos incentivá-las, cada vez mais, a produzir projetos como este”.

Também participaram do evento vereadores, Guardas Municipais, secretários municipais, professores, coordenadores, Comandante e Subcomandante da Guarda Municipal de Jarinu

PROJETO

O objetivo do projeto foi dar uma identidade para Ronda Escolar, solicitando ideias aos alunos, fortalecendo, dessa maneira o vínculo já iniciado com as visitas, estimulando à criatividade, além de desenvolver a relação da Guarda Municipal com a comunidade em geral.

Acompanhada do comandante Alexandre Garcia, e do Subcomandante Siqueira, a GCM Alves e a GCM Isabel, responsáveis pelo projeto afirmaram que mostraram para os alunos “a figura do policial”, pois “não precisaram ter medo, uma vez que muitos têm medo ao verem a GCM ou a PM”, dando ênfase “aos valores que estão cada vez mais distorcidos na sociedade”.

PREMIAÇÃO

Brasão eleito – aluna Kauani Borges – EMEF Fioravante Doratiotto

Nome eleito “Guardiões da Paz” – aluna Sabrina de Souza – EMEF Maria de Lourdes

Destaque Brasão – aluna Isabela Brassioli – EMEF Mario Covas

Destaque frase – aluno Lucas Damasceno Vieira – EMEF Pedro Ferrara

Professora homenageada – Ana Paula Nucci de Camargo – aluna Sabrina

Professora homenageada – Kátia Renata Piscili da Silva – aluna Kauani

Agradecimentos – professores Cláudio Zara e Erenice de Moraes, GCM, professores e coordenadores, Secretaria de Educação.

Diretores – Selma e Karen

, ,

EMEF Pedro Ferrara é invadida por vândalos e tem sala de aula queimada

Cerca de 500 alunos ficaram sem aula na segunda-feira, dia 25.

Na manhã do sábado, dia 23, os Guardas Municipais de Jarinu foram acionados para conter um foco de incêndio que testemunhas tinham visto numa das salas de aula da EMEF Pedro Ferrara, na Vila Primavera, em Jarinu. Ao chegarem se depararam – não com um foco, mas realmente com um incêndio que já havia destruído boa parte da sala.

“Os Guardas tiveram que arrombar a porta da sala e apagar o fogo, em seguida chamamos pela Defesa Civil que nos auxiliou e interditou o local”, disse Alexandre Garcia, comandante da GCM, que não descartou a possibilidade do incêndio ser criminoso. Já, de acordo com Thiago Buckvieser, da Defesa Civil, os agentes estiveram de prontidão, avaliaram e fizeram o laudo para ser entregue nas investigações. “Agradeço o empenho de todos os agentes e da GCM, no combate ao incêndio”.

Cadeiras, armários, carteiras e todo material didático utilizado nas aulas da Educação Infantil integral foram perdidos no incêndio, além dos trabalhos dos alunos e a dedicação de um semestre inteiro.

Na segunda-feira, dia 25, as aulas precisaram ser suspensas nos dois períodos para que a perícia e a manutenção da energia fosse reestabelecida. Cerca de 500 alunos deixaram de ir para escola. “Infelizmente temos que cancelar as aulas hoje. Não é o que gostaríamos, pois sabemos que os pais trabalham, mas não temos o que fazer, pois boa parte da merenda foi perdida enquanto estivemos sem a energia elétrica”, relatou a secretária de Educação, Erica Silveira Lorencini Batistel.

Ainda de acordo com a Secretária Municipal de Educação os 15 alunos que frequentam período integral, na sala incendiada, estão sendo transportados até a EMEI Durvalina Brossi Pauletto, no bairro Água Preta, distante 2 km da unidade prejudicada. “Imediatamente já solucionamos o problema. Os monitores acompanham nossos alunos, com todo cuidado, no transporte escolar municipal, até a escola mais próxima no bairro Água Preta. Ninguém terá prejuízo no conteúdo pedagógico”, reafirmou.

Durante a semana os funcionários da manutenção escolar trabalharam nas salas de aula da EMEF Pedro Ferrara reestabelecendo a energia elétrica, além da troca do quadro de energia, que estava na sala incendiada e precisou ser trocado de local.

“Sentimos muito com quem fez tudo isso, pois quem perde são os alunos. O responsável pelo incêndio não pensou nas 500 crianças que estudam aqui”, finalizou Erica Silveira Lorencini Batistel.

,

Guarda Municipal de Jarinu previne violência no âmbito escolar

Ir além do patrulhamento ostensivo é o objetivo da Guarda Municipal de Jarinu que, desde o início do segundo semestre, tem atuado de maneira constante nas escolas municipais e estaduais do município. O órgão, vinculado à Secretaria para Assuntos de Segurança Pública, visa promover a construção de uma cultura de paz, prevenindo violências, evasões e a criminalidade.

Até o momento todas as escolas do município já receberam a GCM. Agora o trabalho que será realizado é para garantir a prevenção e inibir a presença de pessoas mal intencionadas nos arredores das Unidades Escolar.

“Trabalhamos em parceria com as diretoras das escolas. A Direção Escolar liga para Guarda e pede a presença. Fazemos o levantamento de tudo que esta acontecendo e apresentamos para os órgãos competentes”, disse Alexandre Garcia, comandante da GCM.

Garcia ainda informou que o efetivo da GCM tem recebido elogios, via canais de denúncias, parabenizando o trabalho efetuado. “Muitos estão utilizando os canais de denúncia para elogiar o trabalho do nosso efetivo. Isso é gratificante, pois estamos no caminho certo. Nossa missão é contribuir para uma sociedade cada vez melhor”, comentou.

Nas escolas, além da conversa com a Direção é feito um trabalho de palestras e conscientização por parte dos alunos, dessa maneira a aproximação da GCM na comunidade escolar é maior.

“Nós temos o trabalho de Ronda Escolar e agora vamos aprimorar muito mais frente aos obstáculos que estão aparecendo”, finalizou Comandante Garcia.

,

GCM disponibiliza novo canal de comunicação com a população

Aplicativo de mensagens instantâneas apenas receberá informações

Tendo como princípio a rápida resposta às demandas solicitadas pela população, a Guarda Civil Municipal de Jarinu disponibilizou desde a última quinta-feira, dia 31 de agosto, um novo número de telefone para que os munícipes possam enviar suas denúncias, reclamações e agradecimentos. Trata-se do aplicativo de troca de mensagens WhatsApp.

Comandante fala em dar agilidade no atendimento

De acordo com o comandante da GCM, Alexandre Garcia, os moradores poderão fazer uso do número enviando suas denúncias e reclamações e, mesmo aparecendo o contato de quem faz a denúncia, os números não serão divulgados. “Pelo nosso código de ética não divulgamos nenhum número. Esse novo contato proporcionará uma proximidade entre a GCM e a população”. Garcia disse também que “hoje a maioria das pessoa tem celular e usa o aplicativo. Isso dá agilidade na denúncia que pode ser fotos, vídeos ou mensagens”, destacou.

Jarinu é pioneira no uso do aplicativo para receber denúncias e espera, num prazo de três meses, após as fases de testes e recepção por parte da população, aumentar o atendimento em 20%.

Ainda de acordo com o Comandante Garcia os demais números da Guarda Civil funcionarão 24 horas e estão disponíveis para todos – que não sentirem a vontade usando o WhatsApp para denúncia, que façam suas ligações e serão atendidos da mesma maneira.

Serviço

Guarda Civil Municipal

WhatsApp para denúncia (11) 98950-8148

Telefones (11) 4016-3099 | 3182-0030 | 153

, ,

Cemitério Municipal de Jarinu sofre ondas de furtos

Placas, crucifixos, vasos e até puxadores foram furtados do Cemitério Municipal de Jarinu na última semana. De acordo com os zeladores do local ainda não foram contabilizados os números, mas o prejuízo para os donos dos jazigos é grande, uma vez que essas peças tem valor financeiro e, muito mais, sentimental.

O Secretário de Obras e Urbanismo, da Prefeitura de Jarinu, Cirilo de Alexandria Almeida, responsável pelo Cemitério informou que cabe ao Executivo a concessão de uso do espaço aos familiares, e a manutenção dos jazigos como limpeza, e demais cuidados, é de responsabilidade dos familiares.

“A Prefeitura faz a cessão de uso aos familiares, que pagam uma taxa a cada cinco anos, sendo renovado por mais cinco anos sucessivamente. Também é de responsabilidade do Executivo a manutenção do espaço, calçamentos, pintura e reforma de muros e a zeladoria. Não existe a possibilidade de fiscalizarmos todas as sepulturas”, afirmou Cirilo de Alexandria.

Providências

Ainda de acordo com o Secretário de Obras e Urbanismo a Prefeitura registrou um Boletim de Ocorrência para os furtos que aconteceram na última semana, e pede ajuda da população para fazer as denúncias, uma vez que não é comum alguém aparecer vendendo objetos de cemitérios. “Caso encontre alguém vendendo peças de cemitérios, que não seja legal, desconfie e denuncie”, finalizou.

SEGURANÇA

De acordo como Comandante da Guarda Civil Municipal, Alexandre Garcia, as vistorias já aconteciam e serão intensificadas durante o dia e à noite. “Vamos intensificar a passagem da Guarda Municipal nos arredores do cemitério e do bairro”. O Comandante também pediu que a população faça denúncias em caso de suspeitas, e agradeceu o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil.

O telefone da GCM é 153 | 4016-3099 ou WhatsApp 11-98950-8148

Polícia Militar 190

Relatório Ronda Escolar

Relatórios Ronda Escolar – visitas nas Escolas Municipais e Estaduais

O Projeto Ronda Escolar – Guarda na Escola começou em 01/06/2017

Junho 2017 

, ,

Jarinu promoveu diversas campanhas de trânsito durante o Maio Amarelo

O Mês de Maio é escolhido em todas as cidades do Estado para a conscientização e mobilização dos motoristas e pedestres quanto à segurança no trânsito, assim sendo, a Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Assuntos de Segurança Pública – Departamento de Trânsito, realizou diversas atividades, entre elas passeatas pelas ruas da cidade e dos bairros, em parceria com a Secretaria de Educação.

Consciente da Campanha, a Prefeita Eliane Lorencini afirmou que “a atenção no trânsito é uma via de mão dupla que precisa ser observada pelos dois lados, tanto pedestre quanto motorista”, e afirmou, ainda, que “durante todo o ano haverá campanhas para conscientização da população”.

Com apoio da Secretaria de Educação, o Departamento de Trânsito visitou as escolas da Rede Municipal e ministrou palestras orientando as crianças, uma vez que o objetivo maior é fazer com que elas sejam as multiplicadoras das informações para os pais ou responsáveis.

“Acreditamos que a criança consegue passar aos pais ou responsáveis essa dinâmica ao ver o que esta acontecendo e alertá-lo, muitas vezes, do que é certo e errado. A criança parte mais para o lado emocional, além disso, quando estiveram na fase de habilitação já estarão conscientes sobre o assunto”, frisou Eliane Lorencini.

A Prefeitura agradeceu a Secretaria de Assuntos de Segurança Pública e de Educação, juntamente com o Departamento de Trânsito e sua equipe, por apoiarem o Projeto.

O Amarelo

A cor amarela foi escolhida por simbolizar atenção, em referência à sinalização de advertência no trânsito. Já o mês foi escolhido por ter uma ligação com a história de segurança no trânsito, uma vez que foi em maio de 2011 que a ONU decretou a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.

CONFIRA GALERIA DE FOTOS