Agricultura e Senar realizam curso de Jardinagem

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Prefeitura de Jarinu, realizou entre os dias 26, 27, 28 e 29 de Novembro mais uma qualificação profissional voltada para o produtor rural. Dessa vez o curso foi o de Jardinagem voltada para condução, manutenção e reforma do jardim.

De acordo com a coordenadora dos cursos “os produtores tem aprendido muito com os cursos que a Prefeita, através da Secretaria, tem ofertado, juntamente com o Senar. Para nós é uma alegria ter a resposta positiva de cada um deles, por isso todos os meses oferecemos um curso diferente que agrega cada vez mais”, enfatizou Nilde Ferrara.

SENAR

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Já um dos principais objetivos é assistir o pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho.

O endereço para se inscrever nos cursos é Rua Contarini, 283, no bairro Trieste. O telefone de contato (11) 4016-3843 ou através do e-mail agricultura@jarinu.sp.gov.br para mais informações. Para inscrição é necessário ter 18 anos ou mais, e documentos pessoais.

Prefeitura e Senar formam 2ª turma de Turismo Rural

Formandos promoveram II Festival Cultural e Gastronômico

Com o objetivo de fortalecer cada vez mais o turismo rural, mostrando o que a cidade tem de melhor a Prefeitura de Jarinu, juntamente com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, formou na quarta-feira, dia 07, a 2ª turma do curso de Turismo Rural, que aproveitam a ocasião para, sendo avaliados, promoverem o Festival Cultural e Gastronômico. As aulas foram ministradas por profissionais gabaritados, cujo objetivo foi de capacitar os interessados na área.

Expositores, comerciantes e produtores rurais mostraram para os convidados o que Jarinu oferece ao público: do artesanato ao turismo rural, alimentação, uma infinita variedade que esta a serviço, não só da população, mas também dos turistas.

“Esse curso foi uma oportunidade para promovermos o turismo rural em nossa cidade, mas – além disso – divulgar o trabalho do homem do campo. Vender o que produzimos em nossa terra através do fortalecimento do Turismo Rural é a iniciativa”, disse Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu, além de agradecer ao Senar e sua equipe pelos diversos cursos ministrados no município qualificando, cada vez mais, o homem do campo.

Cláudio Catroque, vice-prefeito, ao lado da Prefeita, pediu aos formandos que não desistam e nunca desistam dos principais objetivos que se propuseram. “Temos que avaliar como foi o curso e, daqui para frente, colher todas as sementes que plantamos. Hoje é uma semente, um broto, amanhã temos que colher esse fruto. Isso dependerá de cada um de nós”.

Já o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, José Carvalho, além de agradecer em especial sua auxiliar Nilde Ferrara, responsável pelo Senar em Jarinu, disse que “temos que colher os frutos da nossa terra”. Carvalho também motivou a todos para que não desistam de seus objetivos.

A cerimônia também contou com a participação do representante da Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, Nelson Lisbão, que parabenizou toda equipe, Secretária de Educação, professora Erica Silveira Lorencini Batistel, Presidente da Câmara de Jarinu, Everton Lorencini, do Grupo Folklorístico Stella Bianca, que abrilhantou ao lado das musicistas Olga e Cinthia, o evento, realizado na casa dos senhores José Luiz e Nadir Bulgarelli, cedidos gentilmente, por serem alunos formandos.

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

ACESSE GALERIA DE FOTOS

Prefeitura realizou coleta de embalagens de defensivos agrícolas

A Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizou na quarta-feira, dia 17, no Parque do Morango “Duílio Maziero”, a 14ª Campanha de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos (defensivos agrícolas).

Em cumprimento da Lei Federal nº 9.974 de 06 de junho de 2000, art. 6º.  No total foram recolhidas 7.000 embalagens plástico-rígidas de 0,500 ml até 20 litros e embalagens flexíveis, ação aderida por produtores rurais de Jarinu e região. As embalagens foram destinadas a Unidade de Recebimento de Atibaia.

Participaram dentro das atividades de coleta as associações de  Produtores de Morango de Atibaia, Jarinu e Região, Associação Hortifrutiflores de Jarinu e Associação de Flores e Plantas Ornamentais de Atibaia, com apoio da Secretaria Agropecuária e Abastecimento de Atibaia, Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI – e ADIAESP.

Para a Prefeita Eliane Lorencini “Quando me solicitaram autorização de imediato já autorizei, pois temos que cuidar e destinar essas embalagens para locais específicos”, disse.

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, de Jarinu, o mais importante é a consciência do produtor rural e de todos. “Nós ajudamos coletando esse material sempre que é possível e destinamos para locais específicos de reciclagem. Os produtores colaboram entregando-as limpas e, assim, facilitando o trabalho para que não fique resíduos de defensivos para não causar nenhum dano à sua saúde e ao meio ambiente, durante o transporte, que é totalmente seguro”, finalizou.

 

Jarinu recebe 13ª campanha de coleta de embalagens de agrotóxicos

A Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizará no dia 17 de Outubro, no Parque do Morango “Duílio Maziero”, das 08h às 12h, juntamente com as associações de  Produtores de Morango de Atibaia, Jarinu e Região, Associação Hortifrutiflores de Jarinu e Prefeitura de Atibaia,  13ª Campanha de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos (defensivos agrícolas), em cumprimento da Lei Federalnº 9.974 de 06 de junho de 2000, art. 6º.

Você PRODUTOR RURAL, que tem embalagens vazias em sua propriedade, não perca a oportunidade de devolver, além de estar de acordo com a Lei, você estará contribuindo com a Preservação do Meio Ambiente.

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, de Jarinu, José Carvalho, é importante que as embalagens vazias também estejam limpas “Pedimos, aos produtores, que antes de devolverem as embalagens vazias verifiquem se não há resíduos de defensivos para não causar nenhum dano à sua saúde e ao meio ambiente, durante o transporte, que é totalmente seguro”, finalizou.

Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura proporciona dia de campo e capacitação técnica para agricultores

Cultura do Morangueiro foi discutida em Bom Repouso/MG

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente proporcionou a 12 agricultores da cultura morangueira, para uma capacitação técnica em Bom Repouso, estado de Minas Gerais, na última terça-feira, dia 29 de agosto, com o objetivo de agregar conhecimento rural à tecnologia.

Produtores conheceram tecnologia utilizada na plantação de morango

Lélio Moura, técnico da secretaria de Agricultura, que acompanhou o grupo, destacou que “O objetivo é trazer conhecimento para cidade e para os produtores rurais sobre esta tecnologia, uma vez que dentro das estufas o morangueiro pode produzir até três anos na mesma planta sem ser preciso trocar a muda como é feito no cultivo em solo aberto”. E, além disso, o Técnico Agrícola explicou que “com esse sistema o morangueiro fica suspenso a uma altura que varia de 0,80 a 1,00 metros do solo, facilitando o manuseio da planta, tratos culturais e colheita por ser produzido dentro de estufa, ficando menos favoráveis as intempéries e doenças”.

Os agricultores foram recebidos na empresa Coluci Frutas. Lá conheceram, na prática, a cultura do morango sem hidropônico. “Quem nos recebeu foi o gerente da empresa, na parte da manhã, levando nossos produtores para conhecerem as estufas, os substratos, variedades dos morangos, tratos culturais, sistema de ferti-irrigação automatizada, entre outros produtos da tecnologia do morangueiro”, frisou Lélio Moura, que agradeceu a Prefeita Eliane Lorencini pelo apoio.

 

Secretaria de Agricultura abre inscrições para cursos, no mês de setembro, em parceria com o Senar

Mês de setembro terá quatro cursos na agenda.

Qualificar o produtor rural é uma das missões da Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Pensando nisso, e mais uma vez, o Executivo reafirmou o compromisso e parceria com o SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – para promoverem mais 4 cursos no mês de setembro. As inscrições já estão abertas.

Nos dias 07, 08 e 09 ocorre o curso de Processamento Artesanal de Banana Verde, em seguida nos dias 11, 12 e 13 o produtor rural pode optar por aprender um pouco mais sobre as técnicas de Minhocultura – Produção de Húmus. Para quem gosta de cultivar Orquídeas as aulas ocorrem no período de 17 a 19 de setembro e, por fim, entre os dias 27 e 28 tem as atividades de Colheita e Comercialização – Olericultura Básica.

De acordo com a responsável pelos cursos, Nilde Ferrara, as atividades só terão início se formar turma, uma vez que é necessário um número mínimo na sala, só assim o SENAR envia os professores. “Não podemos iniciar o curso apenas com um ou dois alunos, temos que ter um número mínimo estipulado pelo Senar, que é parceiro da Prefeitura”.

As inscrições são gratuitas e realizadas diretamente na secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que fica na Rua Contarini, 283, no bairro Trieste, ou através do telefone (11) 4016-3843. É necessário ter 18 anos completos e ensino médio.

 

Secretaria de Agricultura abre vagas para diversos cursos de qualificação para o homem do campo

A Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR- dará continuidade aos cursos destinados aos produtores rurais e a população em geral, no caso de não preenchimento das vagas.

De acordo com a coordenadora dos cursos, em Jarinu, Nilde Ferrara, as atividades são voltadas, primeiramente, ao homem do campo, depois a população. “Os cursos são gratuitos e para todos, mas a prioridade do Senar é desenvolver e qualificar o produtor, o homem do campo, caso sobrem vagas, destinamos a população em geral”, disse.

Responsável pelos cursos, na Secretaria de Agricultura, Nilde Ferrara, fala da importância da qualificação para o produtor rural

Uma das missões do SENAR é o aspecto fundamental para o desenvolvimento do processo de Formação Profissional Rural (FPR), e de Promoção Social (PS), contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Já um dos principais objetivos é assistir o pequeno produtor rural, ensinando novos métodos para a execução de seu trabalho.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente promoverá outros cursos durante o ano e, desde que iniciou em Jarinu, sempre teve turmas lotadas.

O endereço para inscrição é Rua Contarini, 283, no bairro Trieste. O telefone de contato (11) 4016-3843 ou através do e-mail agricultura@jarinu.sp.gov.br para mais informações. Para inscrição é necessário ter 18 anos ou mais, e documentos pessoais.

CURSOS COM VAGAS ABERTAS E DATA DE INÍCIO

Fruticultura – Poda – 05 e 06 de Julho de 2018

Processamento Artesanal do Leite – 05, 06, 07 e 08 de Julho de 2018.

Aquaponia – Criação de Peixes – cultura hidropônica – 16, 17 e 18 de Julho de 2018.

Processamento Artesanal Carne Suína – 17, 18 e 19 de Julho de 2018.

Olericultura – Controle Alternativo de Pragas e doenças – 28 e 29 de Julho de 2018

Secretaria de Meio Ambiente inicia coleta seletiva de lixo eletrônico

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Prefeitura de Jarinu, inicia a partir da segunda-feira, dia 11 de Junho, o projeto piloto de Coleta Seletiva de Lixo Eletrônico, com ênfase nos resíduos que envolvem estritamente computadores, celulares, impressoras, monitores e televisores, DVD, tocador de CD, aparelhos telefônicos e placas de circuito.

“Acreditamos que o projeto será bem aceito pela população, por isso – nessa fase inicial – será um piloto. Em seguida, nos próximos meses, estudamos levar o projeto para os bairros, com coletas mensais, em pontos específicos, mas – primeiramente – será feito na sede da Secretaria de Agricultura”, disse José Carvalho, secretário da Pasta.

O objetivo é recolher estes tipos de materiais que normalmente as pessoas não sabem o que fazer e não devem ser descartados no lixo comum. Após o recebimento do material, os resíduos são separados e entregues em locais apropriados para descarte, eliminando do meio ambiente.

Caso haja dúvidas sobre os materiais a serem entregues, o munícipe pode entrar em contato pelo telefone (11) 4016-3843 – Meio Ambiente.

POSTO DE COLETA

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

Rua Contarini, 283 – Trieste – Jarinu/SP.

Telefone (11) 4016-3843

Segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h às 17h

Agricultura promove curso para cultivo de hortaliças

Com o objetivo de ensinar os produtores rurais, e população em geral, a desenvolver, classificar e padronizar as hortaliças, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente promoverá entre os meses de Maio e Agosto de 2018 o curso de Olericultura – Cultivo de Hortaliças.

“Temos um vasto calendário de atividades voltadas para o produtor rural e para população, mas as procuras pela qualificação ainda estão poucas. Esperamos aumentar cada vez mais, e que todos possam aproveitar as oportunidades gratuitas”, disse Nilde Ferrara, responsável e coordenadora das atividades no município.

Nilde Ferrara pede mais participação do público nos cursos oferecidos pela Secretaria.

Para participar dos cursos é necessário ter 18 anos ou mais e o Ensino Fundamental completo, residir no município e ser produtor rural, caso as vagas não sejam atendidas pelos agricultores, são abertas a população em geral. As aulas são ministradas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR.

CURSOS E PERÍODO

24 e 25 de Maio – Olericultura básica – Instalação de Lavoura

26 e 28 de Junho – Olericultura básica – Compostagem

28 e 29 de Julho – Olericultura básica – Manejo e tratos culturais

27 e 28 de agosto – Olericultura básica – Colheita e Comercialização

INSCRIÇÃO

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Jarinu

Rua Contarini, 283 – Trieste – (11) 4016-3843 ou (11) 9.9634-1950

Prefeitura garante qualificação profissional em parceria com Senar

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar – a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Prefeitura de Jarinu, divulgou nesta semana inscrições para mais dois novos cursos com início em Maio. Dessa vez os produtores rurais e a comunidade poderão aprender um pouco mais sobre Eletricista – Instalações Elétricas de baixa tensão, e Olericultura básica na instalação de lavouras.

De acordo com a responsável pelos cursos, Nilde Ferrara, para que as atividades tenham início é necessário um número mínimo na turma, só assim o SENAR envia os técnicos para ministrarem as aulas. “Não podemos iniciar o curso apenas com um ou dois alunos, temos que ter um número mínimo estipulado pelo Senar, que é parceiro da Prefeitura”.

Agora em Abril iniciaram os cursos de Turismo Rural, Pedreiro Fundação Módulo II e Proer de controle financeiro. “Esses cursos são voltados para os produtores rurais, para o homem do campo, mas não tem impedimento, caso sobre vagas para o público em geral. Nossa missão é capacitar todos e a Prefeitura tem ajudado muito nesse quesito”, finalizou Nilde Ferrara

As inscrições, que já estão abertas, são gratuitas e realizadas diretamente na secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que fica na rua Contarini, 283, no bairro Trieste, ou através do telefone (11) 4016-3843. É necessário ter 18 anos completos e ensino médio.

Demais cursos para 2018

Aquaponia – prática consorciada de produção agrícola com criação de peixes (utilizando os dejetos do peixe como insumo para a produção)

Eletricista acionamento de motores elétricos trifásicos em baixa tensão

Fruticultura – produtos agroindustriais como forma de agregação de valores

Hidráulica – rede de água – módulo I

Hidráulica – rede de esgoto – módulo II

Jardineiro – implantação de jardim

Jardineiro – condução, manutenção e reforma de jardim

Minhocultura – produção de humus

Monitoria na propriedade de turismo no meio rural

Olericultura básica- instalação da lavoura

Olericultura básica – compostagem

Olericultura básica – controle alternativo de pragas e doenças

Olericultura básica – manejo e tratos culturais

Olericultura básica – colheita e comercialização

Orquídea

Pedreiro paredes e forros – módulo III

Pedreiro – revestimento e piso – módulo IV

Processamento Artesanal de Banana verde

Processamento artesanal de carne suína

Processamento artesanal do leite

Turismo pedagógico no meio rural

Seminários de Meio Ambiente

Seminário Manutenção e Conservação de Minas e Nascenteso ro paredes e forros – mas

smo no meio rural