,

Prefeitura entregou mais de 180 certificados no último fim de semana

Através dos cursos oferecidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a Prefeitura de Jarinu, entregou na última sexta-feira, dia 09, no Centro de Convivência do Idoso, mais de 180 certificados de conclusão de cursos.

Presentes, ao lado dos formandos, a Prefeita Eliane Lorencini e seu vice Cláudio Catroque parabenizaram todos os alunos por mais uma etapa concluída. “Continuem atrás do objetivo de vocês. Esse é o primeiro passo e mais importante na vida de vocês. A qualificação não para por aqui e todos devem buscar o melhor”, disse a Prefeita.

Fabiana Garutti, secretária da Pasta de Desenvolvimento falou sobre o desenvolvimento do curso durante o ano e que se vê satisfeita com a realização das atividades. “Sabemos a dificuldade que as pessoas encontram ao ter que pagar um curso, mas os nossos são totalmente gratuitos, alguns com fila de espera, outros nem tanto, mas sempre tem vaga para quem quer se aperfeiçoar”, frisou.

A porta de entrada para os cursos é através do Centro de Referência e Assistência Social – CRAS. Lá os interessados encontrarão a listagem de cursos gratuitos oferecidos pela Secretaria de Desenvolvimento e também pelo Fundo Social de Solidariedade.

No total foram entregues certificados dos cursos livres de Arraiolo (08), Manicure (30), Maquiagem (30), Tecido (16), Feltro e Patch Aplique (01), Violão (39) e Teatro (43), mais 16 certificados do curso de iniciação a fotografia.

OFICINA DE FOTOGRAFIA

Já, no sábado, dia 10, na Casa da Cultura “Divanir Vitório Contesini”, os alunos da Oficina de Fotografia, oferecido pelo Governo do Estado, em parceria com a Poiesis e a Prefeitura de Jarinu, receberam seus diplomas. Na mesma ocasião, a Prefeita Eliane Lorencini, também fez uso da palavra para parabenizar e dizer que a “Prefeitura esta sempre de portas abertas para ouvir e aprimorar os trabalhos, com a ajuda da população”.

GALERIA DE FOTOS ENTREGA DOS CERTIFICADOS

 

Jarinu recebeu peça teatral O Casamento de Maria Feia

Maria Feia, a mulher que ninguém queria namorar, chegou a Jarinu no sábado, dia 10, atrás de um pretendente, já que o Zé das Baratas não queria nem papo com ela. Junto com ela também estavam seu pai, Lamparina, e sua futura cunhada Matilde, que durante uma hora e trinta minutos de espetáculo arrancaram gargalhadas do público.

Vindos direto do nordeste, para São Paulo, a peça, encenada pela Cia Galhofeiros, e inspirada no teatro da literatura de cordel, que é a legítima expressão popular da cultura brasileira, trouxe como pano de fundo a história entremeada nos dramas e peripécias de um casal, que após muita confusão, no serão nordestino, tentam se casar.

“Ficamos lisonjeados com a presença desses maravilhosos atores aqui em nossa cidade. Espero que venham mais vezes, com mais peças de teatro, trazendo sempre alegria para o nosso povo”, disse Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu.

Para o vice-prefeito, Cláudio Catroque, teatro é algo que todos deveriam valorizar, e a administração tem feito isso, mostrando que esta empenhada – cada vez mais – na valorização da cultura.

E quem ficou curioso se Maria Feia casou com o Zé das Baratas terá que assistir a peça, o que podemos adiantar é que terá muita risada, e o principal: Não existe mulher feia!

GALERIA DE FOTOS DA PEÇA TEATRAL

Jarinu apresenta a comédia teatral “O casamento de Maria Feia”

Uma adaptação das histórias do sertão de Ariano Suassuna

A Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, de Jarinu, apresenta no sábado, 10 de novembro, a partir das 20h, no Salão Paroquial “Nossa Senhora do Carmo”, a peça teatral “O Casamento de Maria Feia”, uma adaptação das histórias do sertão de Ariano Suassuna. A entrada é gratuita e tem classificação livre.

Sendo uma literatura de cordel aos recursos épicos de Bertolt Brecht, o roteiro tem como desafio lançar um olhar sobre questões escamoteadas pelo senso comum, como pobreza, liberdade, papel da mídia perante a interminável seca que ronda o nordeste, sem deixar de lado a resistência e o bom humor do nordestino.

“Será uma comédia para ficar na história. Teremos a oportunidade de assistir uma peça teatral de um dos grandes representantes do sertão nordestino, que foi Ariano Suassuna, e totalmente grátis”, disse Ney Tiara, secretário de Cultura de Jarinu.

SINOPSE DO ESPETÁCULO

Apresentado pela Cia Galhofeiros, com direção de Antonio Carlos Théco, e inspirada no teatro e na literatura de Cordel, legítima expressão popular de nossa cultura, Rutinaldo Miranda Batista Junior concebeu “O Casamento de Maria Feia” O pano de fundo é a história entremeada nos dramas das peripécias e muita Confusão no sertão nordestino envolvendo um cangaceiro sanguinário, que busca um marido para sua filha que não foi esteticamente favorecida pela Natureza, e um sujeito frouxo que descobre tarde demais em que enrascada se meteu. Mas, com a ajuda de sua esperta irmã, ele descobre que há uma luz no fim do túnel, pois nem tudo é o que parece.

Secretaria de Cultura realizará Oficina de Contos Literários

Aprenda a contar uma história de forma atraente e estruturada

A Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, da Prefeitura de Jarinu, realizará, em parceria com a Oficina Cultural e Poiesis – Organização Social de Cultura do Estado de São Paulo, a 1ª Oficina de Contos Literários, dando oportunidade àqueles que querem aprender ou desenvolver mais a aptidão para a escrita.

“Muitos jovens tem nos procurado com o interesse de escrever contos. Sabemos que aqui no município tem moradores com aptidões de escritores então entramos em contato com o Estado e eles nos cederam o curso”, disse Ney Tiara, secretário municipal de Cultura, Turismo e Lazer de Jarinu.

Para se inscrever é necessário ter 16 anos, ou mais, até o dia 01 de novembro, na Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, na Rua Independência, 111 – Centro. As vagas são limitadas, e o curso será oferecido entre nos sábados 10, 17 e 24 de novembro, das 09h às 12h, na Biblioteca Municipal, que fica na Rua Dr. Antenor Soares Gandra, 116, centro.

Sob coordenação de Jaqueson Luiz da Silva, a oficina buscará promover aos interessados um espaço de criação literária, a partir de uma dada ideia inicial até a finalização de uma peça literária: um conto, dando parâmetros e subsídios para quem se interessa pela criação literária em prosa.

MINICURRÍCULO 

Jaqueson Luiz da Silva Professor de Literatura, doutorado em Teoria e História Literária pelo IEL/UNICAMP. Psicanalista e membro associado na Tykhe Associação de Psicanálise de Campinas. Pesquisa, publica e orienta trabalhos nas áreas da Retórica e da Poética, nos campos da narrativa, do teatro e do cinema. Nos últimos anos, a partir deste escopo, tem colaborado com projetos de desenvolvimento da leitura em órgãos públicos e privados. Também assessora periódicos científicos e editoras especializadas em publicações acadêmicas e instituições avaliadoras de exames em larga escala. Artístico e culturalmente, também tem desenvolvido ações em projetos de escrita, atuação e direção em espetáculos teatrais, coordenação de cineclube e oficinas de leitura de criação literária.

 

,

Jarinu terá sábado cultural com apresentações de teatro e grupo de violão

Atividades são oferecidas pela Prefeitura de Jarinu

Neste sábado, dia 29 de setembro, Jarinu terá programação cultural especial realizada pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, da Prefeitura de Jarinu. Isso mesmo, pois os alunos atores do curso livre de teatro se apresentarão, mais uma vez, no Centro de Convivência do Idoso (CCI), a partir das 19h, com duas peças: Jardim das Rosas Vermelhas e Viva a Comédia, de autoria do diretor e professor Daniel Di Sevo. Ainda no CCI às 17h45 acontece apresentação do grupo de alunos do curso de violão.

A peça Jardim das Rosas Vermelhas foi escrita no ano de 2005 e surgiu da necessidade de passar aos jovens a valorização da vida através de forma poética os sentimentos humanos. Medo e Esperança travam um glorioso embate em um belo jardim de Rosas Vermelhas, enquanto “Viva a Comédia”, e uma homenagem à comédia Dell’arte, e contará casos narrados do cotidiano de forma alegre sempre convidando o público a participar da montagem e analisar as situações dentro do enredo que é o riso.

No sábado, 22, os alunos atores apresentaram a peça “Esperando Godot”, e contou com um público de aproximadamente 60 pessoas, entre eles a secretária de Assistência Social, Fabiana Garutti, a presidente do FSS, Fátima Lorencini, a prefeita Eliane Lorencini e seu vice Cláudio Catroque, além de secretários municipais e vereadores. A peça foi escrita por Samuel Beckett, um dos fundadores do teatro do absurdo, que é considerado um dos principais autores do século 20, tendo sua obra traduzida para mais de 30 idiomas.

Esperando Godot tenta ridicularizar a vida cotidiana para mostrar o absurdo de nossa existência em um mundo caótico, tendo como tema principal a espera, aquilo que nunca chega. O tempo paralisado. A peça convidou a sociedade a fazer uma análise do cotidiano, o quanto se espera e nunca se realiza as ações em busca dos objetivos.

Data 29/09/2018 – às 17h45

Apresentação Grupo de Violão

Local: Centro de Convivência do Idoso (CCI) ao lado do ginásio de Esportes.

 

Data 29/09/2018 – às 19h

Peça: Jardim das Rosas Vermelhas e Viva a Comédia

Local: Centro de Convivência do Idoso (CCI) ao lado do ginásio de Esportes.

 

Inscrições para oficina básica de fotografia terminam dia 06 de outubro na Secretaria de Cultura

Com o objetivo de proporcionar aos participantes os princípios básicos e fundamentais do manuseio de uma câmera fotográfica analógica, ou digital, a Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer, de Jarinu, em parceria com a Poiesis Organização Social de Cultura – Programa Oficinas Cultural esta com inscrições abertas até o dia 06 de outubro, quando ocorrerá o curso gratuito de Oficina Básica de Fotografia – Técnicas Básicas.

Para participar é necessário ter 16 anos, ou mais, além de um dispositivo fotográfico (câmera analógica, digital (profissional ou não) ou um aparelho celular com recursos para fotos). O curso será oferecido na Biblioteca Municipal de Jarinu, na Avenida Doutor Antenor Soares Gandra (Rua atrás da Igreja Matriz), e serão disponibilizadas 20 vagas para melhor aproveitamento da turma.

O foco é possibilitar que no ato de criativo o participante tenha dimensão da importância das imagens que produz e ampliar o discernimento para a leitura mais profunda do não verbal, exercendo um diálogo da fotografia com outras artes como: a Pintura, a Escultura, o Desenho, a Gravura, os Quadrinhos, o Vídeo, o Cinema, a Televisão, etc., respeitando o universo imagético de cada um e buscando ampliar o repertório de suas criações em função da gama de diferentes referências.

 

MINICURRÍCULO 

Aurélio Olimpio Trabalhou no SESC Pompéia de 1992 a 1994 como laboratorista fotográfico. Transferiu-se posteriormente para a PUCSP onde exerceu por 13 anos a função de técnico em ensino de fotografia e estudou Comunicação em Multimeios. Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas realizadas em espaços culturais da Capital e do Interior. Teve fotografias publicadas em jornais e revistas de grande circulação no Estado de São Paulo, bem como fotografou para diversas gravadoras na realização de capas de discos. No ano de 2010, lançou seu livro: Álbum Imagens Musicais pelas Edições SESCSP. Em 2015 teve sua trajetória filmada em documentário intitulado: Entre o Traço e a Luz, pelo diretor Zeca Ferreira, o qual segue participando de mostras em festivais.

 

Jarinu leva cultura tradicional para o XXI Revelando São Paulo

Rezas,  música, dança e exposição de orquídeas fazem parte do evento.

O maior evento de cultura tradicional paulista – Revelando São Paulo – teve início nesta quarta-feira, dia 19 de setembro, no Parque do Trote, na Vila Guilherme em São Paulo.

Convidado para revelar suas tradições e deixar o gostinho de quero mais Jarinu apresentará, até domingo, dia 23, aos visitantes, danças, orações, artesanatos, além da cultura local.

Presente na abertura do evento, acompanhada do vice-prefeito Cláudio Catroque, a prefeita Eliane Lorencini, juntamente com o secretário de Cultura, Turismo e Lazer, Ney Tiara, parabenizou toda equipe do Revelando pelo trabalho que vem sendo feito. “Com o Toninho Macedo a frente não poderia ser melhor. Mais uma vez o evento vem mostrar para todos o que suas cidades têm de melhor. O nome já diz tudo: revelar as culturas muitas vezes esquecidas”.

Além da tradicional cerimônia de abertura, o Revelando trouxe uma área exclusiva para o turismo.  O descerramento da faixa contou com a participação dos Secretários estaduais de Turismo, Júnior Aprillanti, e de Cultura Romildo Campello, além de autoridades e representantes do Turismo, como a prefeita de Monteiro Lobato, e o idealizador do Revelando SP, Toninho Macedo. Na ocasião o Grupo Folklorístico Stella Bianca, de Jarinu, foi convidado para se apresentar na solenidade.

No Festival participam mais de 300 cidades com seus grupos de cultura tradicional, como batuques, folias, jongos, congos, grupos folclóricos de comunidades de imigrantes, cururus, comunidades indígenas, trança fitas, bandas e fanfarras, irmandades religiosas, quilombolas, violeiros e orquestras de violas, ciganos, fandangos, além da rica culinária paulista e também seu rico artesanato.

, ,

3ª Etapa da Copa Penks de Mountain Bike atraiu diversos atletas para Jarinu

Mais de 300 atletas participaram no último domingo, dia 16, na 3ª Etapa da Copa Penks de Mountain Bike, entre eles atletas de Jarinu, Vale do Paraíba, Vale do Ribeira, Pedro Gonçalves e toda região.

Realizado pela Soco Bikers Produções, em parceria com a Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Esportes, com apoio do vereador Rodrigo Batistel, a prova foi dividida em três largadas, sendo às 08h30 para categoria Pró 65 km, às 09h10 para categoria Sport 40 km e, na sequência, para a garotada que se inscreveu, a prova Circuito Eco Kids, no entorno da Praça da Matriz Nossa Senhora do Carmo.

Presente durante toda realização das etapas, do início ao fim, na Praça da Matriz, a Prefeita Eliane Lorencini, acompanhada do vice Cláudio Catroque, e do Secretário de Esportes, Chiquinho Casarin, parabenizou as equipes e convidou para que os atletas possam retornar para a cidade em outras oportunidades, competindo ou não, pois o município sempre estará de portas abertas. “É uma alegria tê-los conosco durante este dia. Nossa cidade estará sempre aberta para recebê-los, e dessa forma incentivando outras pessoas a praticarem a modalidade”.

Para o vereador Rodrigo Batistel o percurso da prova foi parabenizado por todos os atletas. “Eles se surpreenderam com o percurso que montamos. Saíram todos satisfeitos e isso nos engrandece, pois levarão para os demais e conseguiremos cada vez mais melhorar e realizar atividades como essa”.

GALERIA DE FOTO

CLASSIFICAÇÃO ATLETAS JARINU

1°lugar- Orlando Alves pró elite masculino

1°lugar- Osmair Bulgarelli sport master E

2°lugar- William Parise sport sub 23

2° lugar-Verena Peixoto Affonso Silva sport feminino A

3° lugar- Ednaldo Yoshikawa/ Cleiton Pereira da Silva pró dupla masculino

3°lugar- Mário P. G. Fogaccia Sport master E

4°lugar- Edmilson Thompson pró elite masculino

4°lugar- Edna M. Dos S. Cardoso Sport feminino A

5° lugar- Vinícius Ribeiro sport Júnior

5° lugar- Diogo De Moraes leme sport master A

6°lugar- Victor Peixoto Affonso Silva pró sub 30

7°lugar- Edson Akira Shigematsu sport master A

7°lugar- Caique Bueno Rosa sport Júnior

8°lugar- Felipe otomura Sport master A

8° lugar- João Victor Polipoli sport master A

9° lugar- Gregory Guimarães Sport master  A

9°lugar- Lucas Colombo Lopes sport master C

10°lugar- José Francisco Alves Sport master C

12° lugar- Alexandre C. De Almeida Sport master d

13°lugar- Valdir Borges Pinto sport master C

16° lugar- Marcos Paulo Teixeira Sport master C

18° lugar- Walmir Mendonça sport master C

21° lugar- Marco Antônio dos Santos sport master C

Obs: Ademir Pereira da Silva ( abandonou a prova com problemas mecânicos).

Festival de Orquídeas de Jarinu bate recorde de público e de vendas

Mais de 10 mil plantas foram vendidas durante o feriado prolongado

Superando todas as expectativas a 21ª edição do Festival de Orquídeas de Jarinu atraiu mais de cinco mil visitantes, e teve uma venda recorde de orquídeas, suculentas e cactos que ultrapassaram a marca de 10 mil vendas, sendo a maior realizada durante exposição em Jarinu, com expositores de Jarinu, Jundiaí, Pindamonhangaba e Viçosa/MG.

De acordo com Clodoaldo Censi, organizador do Festival de Orquídeas, da Bella Orquídea, “essa foi a melhor exposição que Jarinu já teve. Todas as nossas expectativas foram superadas, quanto ao público e quanto a venda. O evento estava completo e fomos elogiados por isso”, disse.

Censi destaca também, em tom de brincadeira, que “era tanta gente que fazia até barulho do povo conversando, ainda mais dentro do salão paroquial que é enorme e precisa de muita gente e rotatividade para encher”, frisou.

Presente na abertura do evento, que ocorreu entre os dias 7, 8 e 9 de setembro, a Prefeita Eliane Lorencini, acompanhada do vice-prefeito Cláudio Catroque, e de vereadores, destacou a beleza da exposição e o comprometimento da realização do evento que já é previsto no calendário da cidade.

“Todos os anos temos a exposição (agora é Festival), e já faz parte do nosso calendário de eventos. Chegar aqui vir às maravilhas, a beleza dessas flores não tem como resistir e não levar uma, ou algumas para casa”, finalizou.

Ainda durante a abertura do evento a Prefeitura de Jarinu, juntamente com a Bella Orquídea, homenagearam a senhora Anézia Tofanin Soranz pelo apoio e dedicação a orquidofilia jarinuense.

Jarinu recebe 21ª Exposição de Orquídeas

Exposição traz a expressão das flores

A cidade ficará mais colorida no próximo  final de semana, de feriado prolongado, isso porque a Bella Orquídea, com o apoio da Prefeitura de Jarinu, realizará nos dias 07, 08 e 09 de Setembro a 21ª Exposição de Orquídeas, no salão paroquial Nossa Senhora do Carmo”.

Clodoaldo Censi, organizador da Exposição, espera receber cerca de 5 mil visitantes nos três dias de evento

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com o responsável pela exposição, Clodoaldo Censi, o evento contará com a participação de expositores de várias cidades, dentre elas Jarinu, Jundiaí, Pindamonhangaba e Viçosa do estado de Minas Gerais. “A novidade ficará por conta da venda de cactos e suculentas, e ainda contará com praça de alimentação completa, artesanatos, wi-fi grátis, variedades de flores, com entrada e estacionamento gratuitos”, completou Censi.

Para Eliane Lorencini, prefeita do Município, a exposição já faz parte do calendário de eventos da cidade e, com isso, Jarinu passa a receber muitas pessoas de cidades vizinhas e de outros estados. “São três dias de exposição o que garante uma visitação maior. Quem não pode ir na sexta-feira, tem o final de semana para apreciar as belas orquídeas”, disse.