,

Prefeitura e Sabesp aumentarão captação de água em Jarinu.

Projeto esta estimado em R$ 5 milhões com prazo de término de 24 meses

Com um orçamento estimado em R$ 5 milhões de reais e prazo de 24 meses para conclusão, atendendo as solicitações da Prefeita Eliane Lorencini, a Sabesp iniciou as obras de ampliação, reforma e aumento da captação de água na Estação de Tratamento de Água, localizada na estrada João Gerez Perez, entre os bairros Maracanã e Água Preta.

Em vistoria ao início das obras, acompanhada dos responsáveis técnicos da Sabesp, e do vice-prefeito Cláudio Catroque, a Prefeita Eliane Lorencini destacou a importância desta obra para o município.

,

 

 

 

 

 

 

“Com o aumento da captação e distribuição de água – que será dobrado – conseguiremos levar água e atender muitos outros bairros do município. A Sabesp nos entregará um estudo com esse levantamento que passará de 70 litros por segundo (L/S) para 150 litros por segundo, ou seja, o aumento na captação será dobrado”, frisou Eliane Lorencini, prefeita.

Wilson Stocco, gerente da divisão da Sabesp, na região, explicou que o projeto tem duração de dois anos (até 24 meses), pois envolve a preservação e cuidado com os mananciais, a melhoria geral da E.T.A, a parte de construção civil, montagem de equipamentos, sistema automatizado, testes de precisão e – por último o aumento na captação. “É todo um trabalho complexo de várias frentes com prazo previsto de dois anos para conclusão”, explicou o representante da Sabesp.

“Mesmo diante da crise que estamos vivendo, na economia do país, que tem refletido em nosso município, que é pequeno, estamos caminhando, não como gostaríamos, mas como Prefeita quero fazer o máximo pela minha cidade, e este projeto da Sabesp, depois de muitas cobranças, certamente nos dá ânimo e fôlego, pois compreendemos estar no caminho certo que é o melhor para nossa gente”, finalizou a Prefeita Eliane Lorencini.

,

Prazo para concessionários de terrenos no Cemitério Municipal regularizarem situação termina na sexta, 14.

A convocação é apenas para os que já estão com recadastramento vencido.

Aberto desde Maio de 2018 a regularização das sepulturas do Cemitério Municipal de Jarinu não atingiu nem 10% do montante de 2000 regularizações. Somente 120 responsáveis pelas sepulturas procuraram o setor responsável.

Os familiares das pessoas que estão sepultadas no Cemitério Municipal e ainda não compareceram no Paço Municipal para recadastramento dos jazigos deverão aproveitar o prazo que termina às 17h do dia 14 de Setembro, e esta aberto há 4 meses.

A regularização faz parte da Lei Municipal n.º 1574 de 07 de Junho de 2003. O titular da concessão deve comparecer com seus documentos pessoais, o nome do (s) falecido (s) e o comprovante do último recadastramento para revalidação e pagamento da taxa de renovação.

O Cemitério Municipal tem cerca de 8 mil pessoas sepultadas, e somente no ano passado foram construídas mais 150 jazigos, somados aos mais de 2 mil existentes que precisam ser regularizadas. Além disso, a manutenção é imprescindível pelos familiares e pelo Executivo.

De acordo com a Lei Federal n.º 6015, de 31 de Dezembro de 1.973, que fala sobre a concessão de sepulturas perpétuas, em seu artigo 9º os túmulos não poderão ser objeto de qualquer transação ou transferência, ou seja, não se pode vender.

“A Prefeitura faz a cessão de uso aos familiares, e esse processo tem validade de cinco anos, porém muitos não retornam para recadastrar, os túmulos estão esquecidos, com matos, principalmente os jazigos antigos, com isso a Prefeitura tem que destinar a ossada ao ossário vertical. Com exceção daqueles que já estão sepultados em túmulos perpétuos”, disse Cirilo de Alexandria, secretário de Obras e Urbanismo.

Além do aspecto legal, a manutenção das concessões e das sepulturas cabe aos familiares. A Prefeitura tem como obrigação o cuidado do espaço público. “Muitos estão abandonados e isso causa um impacto para saúde pública, além de servirem como criadouros do mosquito transmissor da Dengue, e precisamos de espaço para outras carneiras, já que estamos no limite”, finalizou o Secretário de Obras.

Serviço:

Paço Municipal

Praça Francisco Alves de Siqueira Júnior, 111

Jardim Saúde – Jarinu/SP – 11-4016-8200

Obras para escoamento de águas pluviais e canalização de córrego garantirão melhorias em duas avenidas

Com o intuito de evitar alagamentos, melhorar o acesso e o escoamento das águas pluviais a Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, iniciou nesta semana as obras de drenagem das Ruas Vereador Osvaldo Damásio de Oliveira, no bairro Alambique, e Avenida Ângelo Bernucci, no centro.

De acordo com a Prefeita Eliane Lorencini as obras no bairro Alambique precisam ser executadas antes da pavimentação, uma vez que a empresa precisa deixar tudo pronto para não ter nenhuma intervenção após o término do asfalto.

“Nesse momento eles iniciam a colocação de tubos que receberão toda a água da chuva que desce do bairro Alambique até o Jarinu Futebol Clube, em seguida continuam com o processo de pavimentação”, destacou Eliane Lorencini.

CANALIZAÇÃO DO CÓRREGO

Outro ponto que também será executado a drenagem é na Avenida Ângelo Bernucci, com a Rua João Pessoa, passando pelo cruzamento do campo do Jarinu FC. Lá serão assentadas 31 aduelas de 2,50 x 3,50 e 60 unidades no tamanho de 2,00 x 2,50, além disso, serão demolidas e refeitas as calçadas, muros, guias e sarjetas, e a construção de um novo pavimento.

“Essa era uma reinvindicação antiga dos moradores. Agora, conseguiremos garantir melhorias com a canalização do córrego e a drenagem das águas”, finalizou Eliane Lorencini, prefeita.

 

 

 

Prazo para concessionários regularizarem sepulturas e terrenos no Cemitério Municipal é prorrogado

A convocação é apenas para os que já estão com recadastramento vencido

Os familiares das pessoas que estão sepultadas no Cemitério Municipal de Jarinu e ainda não compareceram à Secretaria de Obras e Urbanismos para recadastramento dos jazigos deverão aproveitar o prazo prorrogado fazê-lo até a segunda quinzena de setembro. A regularização faz parte da Lei Municipal n.º 1574 de 07 de Junho de 2003. O titular da concessão deve comparecer com seus documentos pessoais, o nome do (s) falecido (s) e o comprovante do último recadastramento para revalidação e pagamento da taxa de renovação.

O Cemitério Municipal tem cerca de 8 mil pessoas sepultadas, e somente no ano passado foram construídas mais 150 jazigos, somados aos mais de 2 mil existentes, por esse motivo a manutenção é imprescindível pelos familiares e pelo Executivo.

De acordo com a Lei Federal n.º 6015, de 31 de Dezembro de 1.973, que fala sobre a concessão de sepulturas perpétuas, em seu artigo 9º os túmulos não poderão ser objeto de qualquer transação ou transferência, ou seja, não é passível de venda.

“A Prefeitura faz a cessão de uso aos familiares, e esse processo tem validade de cinco anos, porém muitos não retornam para recadastrar, os túmulos estão esquecidos, com matos, principalmente os jazigos antigos, com isso têm que destinar a ossada ao ossário vertical. Com exceção dos que já estão sepultados em túmulos perpétuos”, disse Cirilo de Alexandria, secretário de Obras e Urbanismo.

Além do aspecto legal, a manutenção das concessões e das sepulturas cabe aos familiares. A Prefeitura tem como obrigação o cuidado do espaço público. “Muitos estão abandonados e isso causa um impacto para saúde pública, além de servirem como criadouros do mosquito transmissor da Dengue, e precisamos de espaço para outras carneiras, já que estamos no limite”, finalizou o Secretário de Obras.

Serviço:

Secretaria de Obras e Urbanismo
Paço Municipal

Praça Francisco Alves de Siqueira Júnior, 111

Jardim Saúde – Jarinu/SP – 11-4016-8200

 

 

Prefeitura assina convênios para pavimentação da Carlos Gomes e Dante Alighieri no valor de R$ 790 mil

Foram assinados na última semana, junto a Caixa Econômica Federal, dois convênios de pavimentação, sendo o primeiro no valor de R$ 230 mil destinados pelo deputado Marcelo Squassoni, para o término do asfalto na Avenida Dante Alighieri, e o segundo no valor de R$ 560 mil, do Deputado Miguel Haddad, para o asfaltamento da Avenida Carlos Gomes.

Prefeita assinou Convênio para término de pavimentação da Avenida Dante Alighierre

De acordo com a Prefeita a assinatura do Convênio não é a assinatura do Contrato, por isso é preciso deixar claro que a obra não terá início neste instante. “Os Convênios têm vigência de três anos, porém entraremos no período eleitoral, temos restrição dentro da Lei, não podemos iniciar nenhuma obra com recursos do Governo Estadual e do Governo Federal”.

Eliane Lorencini explicou também que a previsão de início das obras para pavimentação das ruas conveniadas é para 2019, uma vez que dentro do período eleitoral serão feitos os projetos, a licitação e – após as eleições, espera-se estar com tudo concluído apenas aguardando assinatura.

Avenida Carlos Gomes também receberá pavimentação a partir do próximo ano

“Após a entrega da ordem de serviço, no próximo ano, temos o prazo de seis meses para execução do contrato. Tudo é feito dentro dos trâmites legais, portanto não podem pensar que estamos anunciando e não vamos fazer, queremos fazer e será feito, porém dentro do que manda a Lei”, esclareceu a Prefeita.

 

,

Em menos de 40 dias mais de 1200 lâmpadas foram trocadas no município

 

Desde que o processo para troca de lâmpadas foi finalizado, no mês de Maio – uma das metas da gestão da Prefeita Eliane Lorencini desde que assumiu a Administração, com todos os problemas envolvendo a Companhia de Energia, mais de 1250 lâmpadas já foram substituídas.

“Corríamos contra o tempo. A cidade estava ficando cada vez mais escura e não tínhamos o que fazer. O processo ficou parado por muito tempo na justiça e no Tribunal de Contas, isso dificultou o andamento da Licitação. Agora, depois de um mês já fizemos mais da metade das substituições, não só de lâmpadas, mas de reatores, chaves, bases e soquetes”, afirmou Eliane Lorencini.

A Prefeitura tem fiscalizado diariamente a troca de lâmpadas e recebido elogios dos moradores, que – antes nas escuras – agora já conta com iluminação em frente a suas casas. De acordo com a Prefeita assim que as trocas forem encerradas, começa outro processo para instalação de novos pontos de iluminação.

Balanço 40 dias

Material

Quantidade trocada

Lâmpada L 70 de 70W 996
Lâmpada L 100 de 100 W 140
Lâmpada L 150 de 150 W 0
Lâmpada L 250 de 250 W 112
Reator R 70 de 70 W 233
Reator R 100 de 100 W 40
Reator R 150 de 150 W 0
Reator R 250 de 250 W 34
Relês 950
Chaves Magnéticas 6
Base dos Relês 22
Soquetes 1
Total de trocas efetuadas 2534

Prefeita esclarece andamento de obras de pavimentação

A Prefeita Eliane Lorencini, de Jarinu, explicou nesta semana que o atraso nas obras de drenagem para pavimentação e sinalização de ruas nos bairros Vila Primavera, Vila Nova Trieste, Alambique e Morada Alta, aconteceram devido demora no repasse de verbas do Governo Federal.

“Os engenheiros e os fiscais, juntamente com toda equipe engajada nas pavimentações, fazem todo o trabalho necessário para que as obras não sejam paralisadas, porém quando se trata de convênios com o Governo Federal o repasse demora a acontecer”. Por outro lado Eliane Lorencini explicou que os fiscais do Governo – responsáveis pela vistoria da obra – demoram a aparecer, e quando chegam, analisam e demoram em liberar o restante do recurso.

Mesmo assim, a Prefeita pede a paciência de todos. “Não vamos atropelar o andamento dos processos. Quando atrasa nossa função dentro do que a Lei manda que é notificar a Empresa nós fazemos. Não estamos deixando de lado. Peço um pouco de paciência de todos, principalmente nessa fase que o País esta passando”, disse Eliane Lorencini.

OUTRAS OBRAS

Além dos esclarecimentos, a Prefeita contou que a Prefeitura já abriu licitação para reforma das UBS do Maracanã e do Bairro Vila Nova Trieste, e que agora esta em fase de recurso até a próxima semana.

Além da reforma das unidades básicas de saúde, a Ordem de Serviço para reforma do Ginásio de Esportes “Jairo Lorencini” foi assinada na última semana e tem prazo de quatro meses para término.

Já o Departamento de Licitação disponibilizou os editais para obras de drenagem, sinalização e construção de passeios em outro trecho da Rua Firenze, além das obras de drenagem das águas pluviais na Ângelo Bernucci próximo ao Jarinu FC,

Prefeitura convoca concessionários de terrenos no Cemitério Municipal para regularização

A convocação é apenas para os que já estão com recadastramento vencido

Os familiares das pessoas que estão sepultadas no Cemitério Municipal de Jarinu e ainda não compareceram à Secretaria de Obras e Urbanismos para recadastramento dos jazigos deverão fazê-lo até o final do mês de Junho. A regularização faz parte da Lei Municipal n.º 1574 de 07 de Junho de 2003. O titular da concessão deve comparecer com seus documentos pessoais, o nome do (s) falecido (s) e o comprovante do último recadastramento para revalidação e pagamento da taxa de renovação.

O Cemitério Municipal tem cerca de 8 mil pessoas sepultadas, e somente no ano passado foram construídas mais 150 jazigos, somados aos mais de 2 mil existentes, por esse motivo a manutenção é imprescindível pelos familiares e pelo Executivo.

Quem esta com recadastramento vencido deve se dirigir até o setor de Obras e Urbanismo, da Prefeitura.

De acordo com a Lei Federal n.º 6015, de 31 de Dezembro de 1.973, que fala sobre a concessão de sepulturas perpétuas, em seu artigo 9º os túmulos não poderão ser objeto de qualquer transação ou transferência.

“A Prefeitura faz a cessão de uso aos familiares, e esse processo tem validade de cinco anos, porém muitos não retornam para recadastrar, com isso a ossada é destinada ao ossário vertical. Com exceção dos que já estão sepultados em túmulos perpétuos”, disse Cirilo de Alexandria, secretário de Obras e Urbanismo.

Além do aspecto legal, a manutenção das concessões e das sepulturas cabe aos familiares. A Prefeitura tem como obrigação o cuidado do espaço público. “Muitos estão abandonados e isso causa um impacto para saúde pública, além de servirem como criadouros do mosquito transmissor da Dengue, e precisamos de espaço para outras carneiras, uma vez que estamos no limite”, frisou o Secretário de Obras.

Serviço:

Secretaria de Obras e Urbanismo
Paço Municipal

Praça Francisco Alves de Siqueira Júnior, 111

Jardim Saúde – Jarinu/SP – 11-4016-8200

 

,

Prefeitura entrega ordem de serviço para reforma do Ginásio de Esportes

A Administração Municipal entregou na última terça-feira, dia 22, a Ordem de Serviço (OS) para a reforma do Ginásio de Esportes “Jairo Lorencini”, que funciona apenas 50% desde que sua estrutura foi danificada pelo vendaval em 2016.

De acordo com a prefeita, Eliane Lorencini, que estava acompanhada dos secretários de Esportes e Obras e Urbanismo, assim como a reconstrução da Praça à reforma do Ginásio também é muito aguardada pela população, e a Gestão aguardava a liberação dos recursos, pelo Governo Estadual, e a conclusão dos trâmites licitatórios.

“Agradeço o apoio dos vereadores quando estivemos juntos na Secretaria Estadual de Esportes, Lazer e Juventude, em São Paulo, e fizemos a solicitação ao secretário da época, juntamente com o apoio do Deputado Edmir Chedid. Os trâmites na gestão pública, muitas vezes são lentos, mas ficamos na torcida para que dê tudo certo e agora as obras possam iniciar sem intervenções”, disse Eliane Lorencini.

A Empresa vencedora do processo licitatório é a Engemil Construções EPP, e seu responsável técnico, que recebeu a Ordem de Serviço, é o engenheiro José Carlos Uler. O prazo para entrega da reforma, que contara com nova pintura, reforma das paredes, do teto, área administrativa, será de quatro meses.

QUADRA SOCIETY

Ainda na mesma terça-feira, 22, a Administração fez a entrega da Ordem de Serviço para construção da base para a Quadra Society, no Parque Orestes Lorencini, com prazo de término de 01 mês.  Após a preparação de base, a Quadra será implantada pela SELJ e cabe à Prefeitura apenas a preparação do terreno.

Imagem ilustrativa, Governo do Estado de São Paulo. Foto: Alexandre Moreira/A2IMG

Os convênios fazem parte das indicações dos deputados estaduais Edmir Chedid e Junior Aprillanti. Juntos, ao lado dos vereadores e do Poder Executivo, agraciam à cidade com as conquistas do projeto “100% Esporte para todos”, do Governo Estadual.

, ,

Prefeita vistoria construção de creche na Vila Nova Trieste e manutenção nas estradas

Acompanhada do vice-prefeito Cláudio Catroque, a prefeita Eliane Lorencini saiu para vistoriar as obras no município e manutenção nas estradas na última segunda-feira, dia 21. Sua primeira parada foi na construção da creche no bairro Vila Nova Trieste.

“Tudo esta caminhando dentro dos trâmites legais. Já conversei com os técnicos, os engenheiros nos mostraram o projeto, que vem da FDE [Fundação para o Desenvolvimento da Educação], não é nosso, então tudo tem que seguir os parâmetros legais, por isso é necessário à vistoria. Às vezes os trabalhos demoram um pouco, porque nem tudo depende do Executivo, mas estamos empenhados na finalização dessa e de todas as construções que estão paradas”, disse a Prefeita.

O Vice-Prefeito elogiou o trabalho que viu. “Podemos dizer que esta em ritmo acelerado. O muro esta praticamente concluído, as paredes na altura da laje, e assim vamos continuar, entregando obras em nossa cidade. Tudo o que for melhor para nossa gente”, afirmou Claudio Catroque.

ESTRUTURA

A nova creche, após ser entregue a população, atenderá 140 crianças do maternal 1 e 2 e berçário.  Os demais continuarão na creche Gilberto e no Núcleo Élcio Spinassi, que também terá berçário e minigrupo, além do pré e jardim.

No total serão 06 salas de aula, para maternal 1 e 3, divididos em três salas para cada grupo, uma sala de múltiplo uso, dois berçários sendo 1 para repouso e outro para atividades, e um lactário, além de recepção, secretaria, almoxarifado, direção, fraldário, sala de educadores, cozinha, lavanderia, sanitários infantis e família, toda parte administrativa e pedagógica para atendimento à população do bairro e adjacências.