Secretaria de Serviços Públicos avança na limpeza de vias

A Secretaria de serviços Públicos, da prefeitura de Jarinu, aproveita o período de estiagem para avançar na limpeza urbana e revitalização de ruas e avenidas.

Nesta semana os funcionários da Pasta trabalham entre as proximidades do centro e bairro do Maracanã.  De acordo com Secretario de Serviços públicos, Beto Bêgo, os serviços compreende limpeza de vias, remoção de entulhos, pintura de guias,, poda de galhos e roçada.

“Aproveitamos o período de estiagem, e o aumento do quadro de funcionários, com os novos concursados para avançar nos trabalhos de zeladoria do município. Após o Maracanã seguiremos para os demais bairros. Agradeço o empenho dos nossos servidores que trabalham sempre em prol da população”, finalizou.

Prefeitura de Jarinu faz campanha e solicita limpeza de terrenos e calçadas

174 terrenos foram notificados nos 5 primeiros meses de 2019

 

 A Prefeitura de Jarinu, através do Departamento de Fiscalização, solicita aos proprietários de terrenos e lotes baldios, na zona urbana, a sua limpeza,  como, também, que mantenham limpas as calçadas de pedestres, evitando multas.

Segundo o Departamento há terrenos ocupados por vegetação daninha, o que é prejudicial para a segurança e saúde publica. Até esta semana, foram enviadas 174 notificações para que os proprietários fiquem cientes e providenciem a limpeza, sob risco de serem multados.

A proliferação de animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões, nesses terrenos é muito grande. Por isso, os fiscais pedem aos proprietários para que mantenham seus terrenos limpos, com risco de serem notificados e, em seguida, autuados através de multa, conforme Anexo I do Decreto n.º 1.718/2000, que regulamentou a Lei Complementar Municipal n.º 18 de 17 de março de 1995, além do custo de regulamentação.

De acordo com o Departamento a Prefeitura recebe constantes reclamações da vizinhança destes locais. Após receberem a reclamação encaminham uma notificação aos proprietários e eles têm um prazo de 30 dias previstos em lei, para efetuar a limpeza.

Porém, assim que recebem a notificação, caso existam árvores no local, é importante que – antes da roçada consultem a Secretaria de Meio Ambiente, através do número (11) 4016-3843.

Para limpeza dos terrenos não é permitido o uso de fogo, sob pena de aplicação de multa prevista no Artigo 78 da Lei Complementar Municipal n.º 18, de 17 de Março de 1995, no valor de R$ 1000,00. As denúncias poderão ser feitas, sob sigilo absoluto na Prefeitura Municipal ou na Secretaria de Meio Ambiente, ligar para (11) 4016-8200/ 4016-3843 ou enviando um e-mail para meioambiente@jarinu.sp.gov.br

Manutenções de vias continuam em vários trechos

A equipe de Serviços Públicos, da Prefeitura de Jarinu, não para com as manutenções nas estradas e avenidas de terra, do município. Nesta semana as máquinas atenderam trechos da Estância Marília, Machadinho, Fazenda Primavera, Parque Florença – atrás da antiga fábrica de pão, além das ruas Cabreúva e Manacás, no Soares.

De acordo com o Secretário de Serviços Públicos e Transporte, Beto Bêgo, é preciso aproveitar o momento de estiagem para deixar as estradas conservadas. Depois vem a chuva e atrapalha o trabalho da equipe. “Sabemos da dificuldade de todos e também que temos que atender todo o município. Temos quatro equipes efetuando a manutenção nas vias, e ficamos tristes quando acabamos de passar a máquina – em alguns trechos e o morador faz uma valeta em frente a casa. Isso prejudica a todos”, finalizou.

 

Serviços de manutenção em vias não pavimentadas são intensificados

Aproveitando o período com poucas chuvas a Secretaria de Serviços Públicos e Transportes, da Prefeitura de Jarinu, intensificou o trabalho de manutenção em vias não pavimentadas, compreendendo 70% do município.

Nesta semana as equipes de trabalho estão no bairro Vila Primavera, em toda sua extensão abrangendo compactação do solo, construção de galerias para escoamento das águas pluviais, colocação de materiais.  De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos há uma máquina também na estrada do Pinhal sentido Fazenda Primavera, aonde darão continuidade.

“Temos uma área territorial muito grande, maior que nossas cidades vizinhas, sendo que grande parte, aproximadamente 70% ainda não receberam pavimentação. Por isso, temos intensificado a manutenção em vários trechos, entre eles para escoamento do produto agrícola, e outras de grande circulação e veículos”, disse Beto Bêgo, secretário de Serviços Públicos.

Os trabalhos seguem um cronograma elaborado pela Secretaria de Serviços Públicos através das demandas recebidas e, também, das vias em piores condições de tráfego.

“Não podemos começar e parar no meio a manutenção para dar continuidade em outro trecho, a não ser que seja caso urgente, pois as máquinas estão em determinada via e levam um tempo para se deslocar até outro bairro”, concluiu o Secretário Beto Bêgo que agradeceu o apoio e o trabalho executado pelos funcionários da garagem municipal, e também com apoio da Secretaria de Agricultura. “Eles não medem esforços para ajudar o município, e isso nos dá orgulho em ter uma equipe de excelência. Agradeço a todos os nossos funcionários publicamente”.

Informações e dúvidas o morador poderá utilizar a Ouvidoria Online www.jarinu.sp.gov.br clicando em Ouvidoria Online, ou fazer o download no celular utilizando o aplicativo pcom o nome E-Ouve.

 

Serviços Públicos executam manutenções nas estradas

A equipe da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, da Prefeitura de Jarinu, que executa a zeladoria na cidade, trabalha constantemente para manter as ruas, avenidas e – principalmente – as estradas com boa manutenção. Muitas vezes não conseguem atender a todos, em todos os momentos, mas trabalham sempre pelo melhor para o município.

Nessa semana quatro equipes estiveram em diferentes pontos, a começar pela estrada municipal Ernesta Biasin Ferrara, que liga o bairro do Breu até o Tijuco Preto. Quem passou por ela na quarta-feira, dia 24, já notou a diferença. A segunda equipe, com patrol e carregadeira, trabalha na manutenção de toda extensão da Estrada Municipal Liberato Spinassi – conhecido como Santa Paula, e suas adjacências.

Do outro lado da cidade, na região do bairro Maracanã, Estância Comandante Barros, as equipes trabalham entre as ruas L. Felipe e Carmem Silva, e também na Estância São Luís e seguirá para as demais regiões nos próximos dias.

O secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo, destaca que a cidade possui 207 km² de área territorial e atender a todos de uma vez é impossível, por isso há um planejamento que – em situações de emergência, pode ser remanejado. “Temos que atender todos os moradores, por isso é necessário o entendimento. Primeiro como é de praxe fazemos as estradas com maior movimento de veículos, em seguida continuamos para os demais bairros. Quando chove e necessita de um trabalho emergencial também atendemos, muitas vezes mudando a escala”, ressaltou.

Ainda de acordo com o Secretário, quando as máquinas estão em determinada região, por exemplo no Campo Largo, a equipe só pode mudar de planejamento quando encerra os trabalhos, devido ao deslocamento do maquinário.

Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu, parabenizou a equipe “agradeço o empenho dos servidores que trabalham na zeladoria da cidade mantendo nossas estradas, ruas e avenidas sempre em ordem. Sei que às vezes é difícil e entendo esse lado, mas peço a colaboração de todos para o momento, e em caso de dúvidas nos procure diretamente na Prefeitura ou na Garagem Municipal”, finalizou.

 

Serviços Públicos intensifica manutenção com Operação Tapa Buracos

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Jarinu retomou a operação Tapa Buracos na segunda-feira, dia 18 e pretende atender o maior número de ruas nos próximos dias.

“Retornamos nesta semana com os equipamentos que temos e conseguimos tapar os buracos entre o trevo e o centro do Maracanã seguindo pela Comandante Barros até o Realengo e Figueira Brancas, na terça-feira estiveram entre a “ponte do Musselli” passando pelo centro entre o Fórum, Praça e subindo para o Breu. Em seguida daremos continuidade na Atílio Squizato e Roseiral e nas vias adjacentes”, disse o Secretário Beto Bêgo.

Mesmo com poucos recursos e enfrentando a crise que assola o país, chegando aos pequenos municípios, a Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Serviços Públicos, tem feito o possível para atender todas as vias pavimentadas e que necessitam de manutenção constante.

Diante disso e tendo que atender todo o município, com seus 207 km² de extensão, a Secretaria de Serviços Públicos tem planejado o calendário de manutenção priorizando sempre as estradas com maior movimento de veículos e pedestres, dentro dos padrões estabelecidos, em seguida vem o de menor fluxo, mas isso não quer dizer que as demais ficarão de fora, pelo contrário, o Secretário da pasta, Beto Bêgo, lembra que todos são atendidos, mesmo que demore.

“O trabalho acontece de acordo com as prioridades. Sabemos que todas as ruas são prioridades, só que é previsível que podemos, muitas vezes, atender a estrada que tem mais fluxo de veículos do que àquela que o fluxo é bem menor, isso não quer dizer que não vamos atender, pois o deslocamento de um bairro para outro, com máquinas e tratores, demora um pouco, mas chega”, finalizou Bêgo.

Para manifestar reclamação ou serviço de Ouvidoria os moradores podem utilizar o serviço da Ouvidoria Online no link Serviços Públicos acessando www.jarinu.sp.gov.br.

Prefeitura faz campanha e solicita limpeza de terrenos e calçadas

120 terrenos foram notificados somente em 2019


A Prefeitura de Jarinu solicita aos proprietários de terrenos e lotes baldios, da zona urbana, para que façam a limpeza evitando multas. Assim, também, para as calçadas (passeio) de pedestres.

Segundo o departamento de fiscalização da Prefeitura existe uma grande quantidade de terrenos ocupados por vegetação daninha, o que representa perigo para a segurança e para a saúde pública. Até o fechamento desta edição o Departamento contabilizou 120 notificações enviadas para que os proprietários tomem ciência e efetuem a limpeza sob pena de serem multados.

A proliferação de animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões, nesses terrenos, é muito grande, principalmente nessa época do ano. Por isso os fiscais pedem aos proprietários para que mantenham seus terrenos limpos, com risco de serem notificados e, em seguida, autuados através de multa, conforme Anexo I do Decreto n.º 1.718/2000, que regulamentou a Lei Complementar Municipal n.º 18 de 17 de março de 1995, além do custo de regulamentação prevista no Artigo º do mesmo decreto.

De acordo com o Departamento a Prefeitura recebe reclamações constantes dos vizinhos desses terrenos. Após receberem a reclamação encaminham uma notificação aos proprietários e eles têm um prazo de 30 dias para efetuar a limpeza.

Porém, assim que recebem a notificação, caso existam árvores no local, é importante que – antes da roçada consultem a Secretaria de Meio Ambiente, pelo número (11) 4016-3843.

Para limpeza dos terrenos não é permitido o uso de fogo, sob pena de aplicação de multa prevista no Artigo 78 da Lei Complementar Municipal n.º 18, de 17 de Março de 1995, no valor de R$ 1000,00. As denúncias poderão ser feitas, sob sigilo absoluto na Prefeitura Municipal ou na Secretaria de Meio Ambiente, pelo telefone (11) 4016-8200 / 4016-3843

Serviços de manutenção e conservação de estradas não param mesmo com tempo ruim.

Prefeitura de Jarinu trabalha na manutenção das estradas danificadas pela chuva

Ao contrário de muitas notícias falsas, as chamadas “fake news”, que circulam pelas redes sociais, a Secretaria de Serviços Públicos e Transporte (garagem) não parou a manutenção nas estradas, ruas e avenidas da cidade durante o período de chuvas. Os funcionários se empenham para que as chuvas não se transformem em problemas para quem trafega pelas estradas, muitas vezes atendendo de urgência pontos com mais de 20 quilômetros de distância, entre um bairro e outro.

De acordo com o Secretário da pasta, responsável pela manutenção das estradas, o acúmulo de chuva registrado nos últimos dias continua sendo o principal problema enfrentado pela equipe de trabalho de recuperação de estradas. “Temos uma área territorial muito grande. São quase 700 quilômetros em toda cidade, de uma ponta a outra, Quando chove dobramos a atenção, tentamos atender a todos, mas infelizmente não conseguimos, de imediato, porém não deixamos de lado, como muitos têm falado”, ressaltou Beto Bêgo.

Ainda segundo o Secretário “Nesse primeiro instante, de chuva, as ações não ficam apenas na manutenção das estradas, tem tubulações que precisam ser desentupidas, pois muitos moradores jogam lixos e entulhos, e a água da chuva acaba levando. Agradeço a todos os funcionários que trabalham para melhoria do nosso município. Temos a certeza de grandes resultados, e para isso não estamos parados”.

Os serviços não param e a Prefeitura espera ampliar ainda mais, uma vez que tem entendimento dos problemas enfrentados pelos moradores, nessa época da chuva. “Sabemos da dificuldade de todos. Recebo inúmeras mensagens e ligações, e todas são repassadas ao nosso pessoal. Quando não esta chovendo tentamos fazer o máximo de manutenção em todas as estradas, e agora continuaremos realizando o trabalho com as máquinas em todas as estradas do município, inclusive para minimizar os impactos das chuvas.”, finalizou Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu.

 

Prefeitura pede apoio da população para não descartar lixos e entulhos de forma irregular.

Ações tem o objetivo de manter bairros mais limpos e coibir descarte irregular de lixos e entulhos.

Através da Secretaria de Serviços Públicos e Transportes, a Prefeitura de Jarinu, tem realizado limpezas constantes em diversos pontos que estão sendo utilizados para descarte irregular de materiais de construção, lixos, móveis residenciais e eletrodomésticos. A Secretaria tem feito à limpeza, mas alerta que o descarte irregular é crime e prevê multa ao infrator.

“Nossa equipe tem trabalhado constantemente para coibir esse tipo de descarte. Recebemos inúmeras denúncias e sempre estamos atuando nos locais com limpeza, colocação de placas, cercas e aterramento quando é preciso, porém percebemos que eles retornam e jogam o lixo novamente, com isso voltamos, fazemos a limpeza, e acabamos por atrasar a limpeza em outro ponto da cidade. ”, informa o secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo.

O descarte irregular de lixo, além de deixar o ambiente com uma aparência ruim, serve de criadouro para o mosquito transmissor do vírus da Dengue, aparecimento de escorpiões e outros insetos, além do mau cheiro que fica no local. “Temos que conscientizar que os locais públicos não são para descarte de material, mas sempre que fazemos a limpeza, em menos de 24 horas aparecem mais entulhos no mesmo local. É questão de cidadania e educação com o meio ambiente”, ressaltou Beto Bêgo.

É importante esclarecer que a Secretaria de Serviços Públicos não recolhe entulhos de construção civil, obras em geral de propriedades particulares, nem eletrodomésticos, neste caso o morador deve contratar um serviço particular de caçamba junto às empresas devidamente credenciadas. A Prefeitura cabe à limpeza e coleta de lixo, roçada, varrição, por isso é importante que todos colaborem com a manutenção da limpeza urbana, proporcionando um menor índice de aparecimento de animais peçonhentos, além de garantir uma vida mais saudável a todos. Uma cidade mais limpa fica agradável para todos.

 

Serviços Públicos executa limpeza e roçagem de vias e canteiros

Em seguida trabalhos serão executados nos bairros

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos retomou, após o recesso administrativo, na última semana, o serviço de roçagem, limpeza de jardins e canteiros públicos na região central. Em seguida os trabalhos seguem para os bairros.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Beto Bêgo, os serviços estão sendo executados com material e maquinário próprio, por isso é necessário à compreensão da população, pois algumas máquinas estão no conserto. “Estamos com algumas máquinas no conserto, que não e assim que ficarem prontas teremos várias frentes de trabalho nos bairros facilitando as tarefas”, afirmou.

O pedido da Prefeita é para que as prioridades sejam atendidas, uma vez que o mês é propício para muita chuva, dificultando, às vezes, a tarefa. “Estamos dando prioridades para ás áreas urgentes, pois precisamos começar e terminar. Não quero que iniciem o trabalho e deixem para depois. Vamos fazer tudo com planejamento”, disse Eliane Lorencini.

A Prefeitura lembra que para os serviços de podas ou retiradas de árvores é necessário protocolo e seguir os procedimentos estabelecidos pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, disponível na página www.jarinu.sp.gov.br.