Em semana de chuvas intensas Prefeitura parabeniza servidores pelo trabalho que realizam em todo município.

Todas as máquinas, tratores e caminhões, estão na rua. Chuva já chegou a 50% do esperado

A chuva não deu trégua nesta semana. Uma massa que veio do Sul e esta sob a região sudeste tem castigado muitos municípios. Até a grande São Paulo não escapou dos problemas com as enchentes. Jarinu, com suas características rurais e do interior, tendo 70% de sua área não pavimentada, também sofreu com as estradas lamacentas, pontos de alagamentos e desmoronamento de barrancos. Não houve vítimas, apenas transtornos.

Esses transtornos foram minimizados com o trabalho dos servidores públicos e equipe dos Serviços Públicos, Defesa Civil, Trânsito, Meio Ambiente e Agricultura. Juntos, desde a madrugada da última segunda-feira, dia 10, trabalham incansavelmente desobstruindo estradas, podando galhos, recolhendo árvores que caíram nas estradas, liberando vias.

“Estamos todos os dias com máquinas, caminhões, tratores, todos os nossos servidores estão nas vias efetuando limpeza, desobstruindo as vias, podando árvores, orientando motoristas, não tem ninguém parado, como algumas pessoas dizem. Temos que parabenizar e agradecer o empenho de todos, e não apenas criticar, como alguns fazem”, disse o Secretário de Serviços Públicos Beto Bego.

Ainda de acordo com o Secretário o município conta com uma área de 207 quilômetros quadrados, têm 70% de área não pavimentada. “Quando vem o período de estiagem procuramos atender todas as ruas, com isso minimizamos os transtornos nas estradas. Algumas, devido às características do solo, ficam piores que outras, sabemos disso, porém, se colocarmos máquina e cascalho encharcado fica pior do que esta, mesmo assim estamos realizando todo o trabalho emergencial, com os cascalhos que temos, diminuindo os transtornos para a população”, ressaltou.

A equipe da Defesa Civil também atende todos os trechos emergenciais do município, em parceria com o departamento de Trânsito. “Somos uma equipe. Temos que interditar algumas estradas para realizarmos os trabalhos de poda e corte de árvores que foram prejudicadas e, com o apoio do trânsito, o serviço é mais rápido, pois interditam as vias, dando oportunidade para que nossos servidores atendam várias localidades rapidamente”, frisou Thiago Mathias, da Defesa Civil.

Em outro ponto, 14 quilômetros do centro, a equipe do Meio Ambiente e Agricultura realizam o corte e recolhimento dos galhos que obstruíram a estrada da Bragantina, junto com a equipe dos Serviços Públicos e Transporte. “Todas as equipes estão fazendo o máximo por nossa cidade. Felizmente não tivemos perdas nem danos maiores, foram apenas transtornos para os moradores que circundam essa região. Continuaremos trabalhando, na rua, como sempre estamos. Pedimos e agradecemos, desde já,  paciência para todos os moradores”, finalizou o Secretário Bêgo.