“Esquecer É Permitir, Lembrar É Combater”

“Dia 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes” Este dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de oito anos de idade que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média daquela cidade. O crime apesar de hediondo, até hoje está impune.

O Abuso Sexual acontece quando uma pessoa maior que a criança, seja ela quem for:

Faz brincadeiras passando a mão nas partes do seu corpo que, normalmente, ela não mostra a ninguém.

Quer mostrar-lhe ou mostra seus órgãos sexuais.

Convida ou obriga a tocar no órgão genital dela.

Encosta ou se esfrega na criança de maneira estranha deixando-a envergonhada, sem jeito ou com medo.

Tudo isso é abuso sexual, é errado e é crime.