, ,

Jarinu consegue liberação de CND após mais de um ano suspensa.

Com “nome limpo” Prefeitura poderá buscar recursos estaduais e federais

A Prefeitura de Jarinu conseguiu a liberação da Certidão Negativa de Débitos (CND) que estava suspensa desde o início de 2016. A novidade foi anunciada pela Secretária de Finanças, Marilza Lorencini, e pela Prefeita Eliane Lorencini, na manhã da quarta-feira, dia 23. Agora, com a situação regularizada (ou “nome limpo” no Estado e na Federação), o município poderá firmar convênios e ainda voltar a receber repasses (verbas) estaduais e federais para melhoria em todos os setores da cidade.

Para que a Certidão fosse liberada foi necessário o parcelamento de todo o débito de 2016, que chegava a R$ 13 milhões de reais, porém a Prefeitura já contava com um débito de R$ 19 milhões, que precisou ser reparcelado.

“Sem esse documento não conseguimos firmar nenhum convênio com o Governo Estadual nem com o Governo Federal. Por isso tivemos que agrupar todos os débitos para parcelamento, os que já existem e o de 2016. Sabemos que sem os convênios firmados fica muito difícil administrar, pois dependemos de ajuda dos deputados estaduais e federais. Agora, com o “nome limpo” da Prefeitura nesses órgãos, poderemos buscar recursos em todas as esferas”, disse Eliane Lorencini, prefeita de Jarinu.

Ainda de acordo com a Chefe do Executivo, para conquistar a liberação da CND foi um longo percurso, visto o tamanho da dívida deixada pelo governo anterior. “Tivemos que nos ater a vários débitos, mas o principal era a liberação da CND que corresponde aos encargos no Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS. Apesar de tudo, estamos no caminho certo, e em busca de muitas outras conquistas para população. Esse é nosso dever”, reafirmou a Prefeita.