Vigilância Sanitária de Jarinu esclarece sobre Escabiose, a sarna humana

Vigilância Sanitária de Jarinu esclarece sobre Escabiose, a sarna humana

Escabiose, a sarna humana, é uma parasitose da pele causada por um ácaro cuja penetração deixa lesões em forma de vesículas, pápulas ou pequenos sulcos, nos quais ele deposita seus ovos.

As áreas preferenciais da pele onde se visualizam essas lesões são: regiões interdigitais, punhos, axilas, região umbilical, órgãos genitais. Em crianças e idosos, podem também ocorrer no couro cabeludo, nas palmas e plantas. O prurido é intenso e maior durante a noite. (Chamada também de sarna). Tem ocorrência universal e pode ou não estar vinculada a hábitos de higiene. Geralmente, ocorre sob a forma de surtos em comunidades fechadas ou em grupos familiares.

 

Sobre a Escabiose

  • Etiologia: Sarcoptes scabiei
  • Reservatório: O homem
  • Modo de transmissão: Contato direto com doentes, roupa de cama de doente e relações sexuais
  • Período de incubação: De 01 dia a 06 semanas
  • Período de transmissibilidade: Durante todo o período de doença. São necessários, geralmente, dois ciclos de tratamento, com intervalo de uma semana
  • Tratamento: Medicamentoso, com orientação médica

 

Recomendações

  • Procurar o médico para o tratamento específico;
  • Lavar as roupas de banho e de cama com água quente;
  • O doente deve ficar em casa, enquanto durar a infestação;
  • Lavar as mãos antes e depois de lidar com o doente;
  • Comunicar a escola no caso de confirmação do diagnóstico em crianças;
  • Realizar a limpeza dos objetos manipulados pela criança doente com água e sabão e posteriormente com álcool 70%.