Prefeitura cobra melhorias da SABESP e entrega abaixo assinado

A Prefeita Eliane Lorencini, de Jarinu, acompanhada do vice-prefeito Cláudio Catroque, entregou para a Sabesp, na última quarta-feira, dia 27, um abaixo assinado, dos moradores da Estância São Luís, pedindo melhorias para o bairro.

“São melhorias que a Sabesp precisa fazer. Fizemos o convite para reunião e a Sabesp sempre pronta nos atendeu para receber e analisar a solicitação, que contém – além de várias solicitações que fizemos – a implantação da rede de água e esgoto”, disse Eliane Lorencini.

Além disso, a Prefeita disse que também cobrou melhorias em outros bairros para que sejam estendidas as redes de água e esgoto. “Temos bairros que não possuem rede de água e esgoto e cobramos dos responsáveis que sejam feitos os estudos para que possam ser contemplados”.

De acordo com a Sabesp os estudos técnicos serão realizados, e também será realizado um estudo de implementação de tratamento isolado de esgoto no bairro Roseiral, tendo visto a área de proteção ambiental que o bairro possui em sua extensão lateral.

A Sabesp já trabalha na Estação de Tratamento de Água, no bairro Água Preta, que aumentará a captação e vazão para o município, numa obra orçada em R$ 5 milhões. Wilson Stocco, gerente da divisão da Sabesp, na região, explicou, em setembro de 2018, durante lançamento da obra, que o projeto tem duração de dois anos (até 24 meses), pois envolve a preservação e cuidado com os mananciais, a melhoria geral da E.T.A, a parte de construção civil, montagem de equipamentos, sistema automatizado, testes de precisão e – por último o aumento na captação. “É todo um trabalho complexo de várias frentes com prazo previsto de dois anos para conclusão”.

Por fim, a equipe da Sabesp composta pelo superintendente Antonio Carlos Teixeira (o Carlão), o gerente de divisão da Sabesp, Wilson Stocco, e o gerente de Jarinu, Júlio, solicitaram que os moradores do bairro Vila Nova Trieste que ainda não fizeram a ligação do esgoto devem entrar em contato com a Companhia para que os trabalhos possam ser executados.