Prefeitura de Jarinu adere ao programa Parcerias Municipais da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado

O Governo do Estado vai oferecer bonificações financeiras a todos os municípios paulistas que melhorarem indicadores sociais por meio de políticas públicas eficazes e inovadoras. O projeto Parcerias Municipais foi apresentado pelo Governador João Doria a prefeitos e representantes de cerca de 450 das 645 cidades nesta quinta-feira (22), em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes.

“Fui eleito como um governador municipalista e descentralizador, minha responsabilidade é igual para com as 645 prefeituras de São Paulo. Para o nosso governo, todos os municípios têm tratamento igual, não há nenhuma discriminação. É um governo global, mas que age localmente e respeita todos os prefeitos e prefeitas”, afirmou Doria.

JARINU

Eliane Lorencini compareceu ao evento e destacou a importância da adesão. “Através desse Programa podemos atuar junto com outros municípios. O que é bom para um pode ser para o outro. Não precisamos reinventar a roda, quando ela já esta feita. Um prefeito se torna parceiro do outro no projeto que esta melhorando sua cidade”, disse.

Dentro dos indicadores para o município, através de levantamento estadual, Jarinu se destaca na área de educação nos últimos 10 anos (2008-2018). Em 2018 47,5% das crianças estavam matriculadas na creche (em relação ao total de crianças de 0 a 3 anos). A média estadual é de 48,2 e a melhor cidade, no Espírito Santo, atingiu 71,3%. Por outro o município se destaca com 100% das matriculas na pré-escola, com relação ao total de 4 a 5 anos, contra 97,6% do Estado.

O IDED de Jarinu saltou de 4,9 em 2007 para 6 em 2017, contra 6,5 do Estado. A melhor cidade foi Joinville, em Santa Catarina com 7,2.

Na saúde a Atenção Básica atingiu no ano de 2017, um total de 97,2% da cobertura populacional das equipes de atenção. O Estado ficou com 59,7%.

O PROGRAMA

O programa foi elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional, com apoio das pastas da Educação, Saúde e Segurança Pública. Trata-se da colaboração entre Estado e prefeituras para otimizar as políticas públicas de cada cidade, respeitando as características de cada localidade e reduzindo desigualdades regionais.

“Se uma cidade reduzir índices de roubo, por exemplo, poderá receber verba para investir em sistemas inteligentes de monitoramento. O governo vai incentivar o intercâmbio de experiências bem-sucedidas entre todos os municípios”, afirmou Vinholi, secretário de Estado de Desenvolvimento Regional.

Colaborou o Estado de São Paulo.