Prefeitura realiza 1ª Audiência Pública para revisão do Plano Diretor

Depois dos encontros realizados nos bairros Vila Nova Trieste, Maracanã e Centro, divididos em regiões, para entender as necessidades locais,  a Prefeitura de Jarinu, através da Secretaria de Obras e Urbanismo, realizou na segunda-feira, dia 25, a 1ª Audiência Pública para revisão do Plano Diretor, na Câmara Municipal.

Durante a Audiência Pública, aberta e com participação popular, foi apresentado e colocado discussão o diagnóstico técnico retirado durante os encontros. “Essa foi a 1ª audiência pública da revisão do Plano Diretor e da elaboração da Lei de Parcelamento, zoneamento, uso e ocupação do solo e plano de mobilidade urbana de Jarinu, e esta em consonância com o crescimento da cidade. Nos próximos dias a empresa se reunirá com a equipe técnica para discutir as soluções apresentadas e, em Janeiro, temos a 2ª Audiência Pública para apresentação das discussões”, disse Eliane Lorencini, prefeita.

O Plano de Mobilidade Urbana é a principal ferramenta de planejamento da melhoria da mobilidade urbana local, proporcionando às pessoas deslocamentos seguros, confortáveis e em tempo razoável, por modos que atendam a esses critérios e contribuam com uma real promoção do desenvolvimento da cidade, respeitando às diretrizes definidas pela Lei Federal nº 12.587/2012, que institui a Política Nacional de Mobilidade Urbana. O processo de elaboração deste projeto prevê métodos que garantam a participação da população em todas as etapas decisórias. A democratização das decisões é fundamental para transformar o planejamento da ação municipal em algo compartilhado e assumido pelos cidadãos, bem como para assegurar o comprometimento e a responsabilidade de todos no processo de construção e implementação do Plano Diretor, Lei de Parcelamento, Zoneamento e Uso e Ocupação do Solo, Plano de Mobilidade Urbana.

O material de apoio está disponível no site: https://jarinu.sp.gov.br/plano-diretor, desde o dia 25 de outubro de 2019, sexta-feira. Sugestões e dúvidas sobre o diagnóstico técnico poderão ser encaminhadas até o dia 28 de novembro de 2019, quinta-feira, para o e-mail lauanna@geobrasilis.com.br.